O trabalho de Andy Reid desde sua chegada ao Kansas City Chiefs beira a perfeição, mas não é somente nosso amigo bigodudo que merece destaque na liga. A NFL está cheia de playcallers ofensivos talentosos e hoje destacaremos alguns deles.

As vozes da experiência na NFL

Andy Reid

O trabalho de Andy Reid em Kansas beira a perfeição, mas não é somente ele que merece destaque. A NFL está cheia ótimos treinadores:
Foto: Matthew Emmons-USA TODAY Sports

Nada melhor que começar com ele, o mais experiente e bem sucedido no passado recente dentre os nomes que aqui estarão. Uma palavra que, inegavelmente, remete a Andy Reid é agressividade. Isso porque, o técnico dos Chiefs não tem medo de ser ousado e tentar jogadas mais arriscadas sempre que possível.

Dispondo de um ataque que, sem dúvidas, é um dos mais talentosos da NFL, com ninguém menos que o QB Patrick Mahomes, além dos TE Travis Kelce e o WR Tyreek Hill, Reid adora usar matchups favoráveis, buscando sempre buracos nas defesas adversárias, criando grandes avanços no campo. O mesmo é muito criativo, sempre está à procura de jogadas antigas e tentado usa-las na NFL moderna.

Sean Payton

Foto: Brian Blanco/AP

Longevidade, essa é a palavra que define o trabalho de Sean Payton em New Orleans, pois desde 2006 ocupa o cargo de treinador dos Saints. Payton roda a West Coast Offense em seu esquema, tirando sempre o que Drew Brees tem de melhor a oferecer: antecipação e precisão. Os Saints gostam de usar muitas rotas curtas e intermediárias baseadas na sintonia entre Brees e seus recebedores.

Payton é conhecido por ser extremamente inventivo, tentando sempre maximizar seu ataque colocando o “canivete suíço” Taysom Hill, a fim de sempre tentar confundir a defesa adversária.

A próspera juventude

Kyle Shanahan

O trabalho de Andy Reid em Kansas beira a perfeição, mas não é somente ele que merece destaque. A NFL está cheia ótimos treinadores:
Foto: Paul Takigaki Jr.

Kyle Shanahan é um verdadeiro gênio quando o assunto é jogo terrestre, afinal não é qualquer um que na maioria das vezes consegue colocar seus bloqueadores em vantagem para abrir caminho para corridas no lado fraco da defesa. Assim como Andy Reid, Shanahan também dispõe de um dos ataques mais talentosos da liga, além do grande TE George Kittle, conta com os WR Deebo Samuel e Brandon Aiyuk.

Esses nomes citados não foram escolhidos atoa pelo HC dos 49ers. Além de contarem com uma enorme fisicalidade para o jogo terrestre, os três detém grande poder de conseguir muitas jardas após a recepção, buscando grandes avanços. Em suma, no jogo aéreo, Shanahan visa passes mais curtos e intermediários que gerem muitas jardas após a recepção.

Sean McVay

Foto: Divulgação/NFL

Igualmente a Shanahan, McVay adora o uso de motions e playactions, a fim de confundir as defesas, mas o que o diferencia do anterior é o maior uso de bootlegs e rollouts de seu QB Jared Goff, no qual ele usa para sair de múltiplas pressões.

O treinador dos Rams usa muitas rotas cruzadas no meio do campo para fazer seus recebedores ganharem muitas jardas após a recepção. Também é um grande adepto dos screens, já que jogadores como Robert Woods e Cam Akers são mais que capacitados para isso.

Matt LaFleur

O trabalho de Andy Reid em Kansas beira a perfeição, mas não é somente ele que merece destaque. A NFL está cheia ótimos treinadores:
Foto: Associated Press

Ex-companheiro de Shanahan e McVay nos tempos de Washington, Matt LaFleur também roda um esquema similar a ambos no Green Bay Packers. Ou seja, muitas corridas em zona e playactions para todos os lados.

Contando com a presença do grande QB Aaron Rodgers e o (para mim) hoje, melhor WR da NFL, Devante Adams, LaFleur usa a presença deste em rotas curtas e intermediárias puxando a marcação para si, para que Rodgers possa usar seu ainda potente braço para encontrar recebedores livres no fundo do campo. O treinador ainda dá muita liberdade para o seu QB mudar as jogadas na linha de scrimmage da forma que bem entender.

Mas afinal, qual é o melhor?

No futebol americano não existe uma formula secreta para bater qualquer defesa. Todos os treinadores acima tem seus métodos e todos eles são extremamente eficientes à sua própria maneira.

Para ter sucesso na NFL moderna, além do talento propriamente dito, é preciso que os treinadores rodem esquemas que sejam criativos e eficiente, e que se reinventem em todo jogo, pois as defesas estão cada dia mais inteligentes. Ficar dependente de esquemas que sejam totalmente terrestres ou totalmente aéreos é algo totalmente ultrapassado, que só irá facilitar o trabalho da defesa adversária.

Para a realização desse texto contei com a ajuda do Guilherme, do perfil @Wilsontatico no Twitter. Siga o perfil dele em: twitter.com/WilsonTatico

DEIXE UMA RESPOSTA