Após longos 18 anos, os torcedores do Cleveland Browns podem comemorar a volta do time aos Playoffs. Entretanto, a franquia terá um caminho complicado na busca pelo Super Bowl.

O animador começo da era Stefanski

Após longos 17 anos, os torcedores do Cleveland Browns podem comemorar a volta do time aos Playoffs. Mas, o que podemos esperar da franquia?
Foto: Michael Ainsworth/AP

Os Browns chegaram à temporada 2020/21 da NFL com algumas incertezas na posição de HC, e o que não é para menos. Afinal, diversos nomes passaram pela franquia e não conseguiram entregar nada parecido com os tempos de glórias dos Browns nos anos 50 e 60. Stefanski chegou mostrando serviço, levando um time que antes era considerado um “fracasso” para um time de pós-temporada.

Contando com algumas adições pontuais na Free Agency, como o TE Austin Hooper, o talentoso time de Cleveland só precisava de um técnico competente que pudesse lhes guiar a voos mais altos. Assim, o hype criado pelos Browns em 2019 finalmente se pagou, e agora o time pode ser um forte concorrente nos Playoffs. Mas primeiro precisa passar pelo seu rival de divisão Pittsburgh Steelers.

A chegada de Stefanski a Cleveland também foi benéfica para Baker Mayfield, que teve uma considerável melhora em relação ao seu segundo ano na liga. Em 2020, o quarterback lançou 26 touchdowns e oito interceptações, uma marca muito melhor que os 22 TDs e 21 INTs em 2019.

O caminho nos Playoffs para o Cleveland Browns

Após longos 17 anos, os torcedores do Cleveland Browns podem comemorar a volta do time aos Playoffs. Mas, o que podemos esperar da franquia?
Foto: Jamie Sabau/Getty Images

Apesar da derrota para os Jets (no qual os Browns estavam sem seus WRs titulares devido a COVID-19), o time de Cleveland pode fazer uma bagunça na pós temporada e ser uma pedra no sapato dos Steelers. Se conseguir esse feito, a equipe enfrentará o Kansas City Chiefs (atual Campeão) e terá mais uma missão complicada para poder seguir na competição.

Embora os Browns desfrutem de uma defesa com muito talento (sobretudo o EDGE Myles Garett), a unidade treinada pelo primeiranista Joe Woods é somente a 21º melhor defesa da liga. Se a equipe de Cleveland quiser ter chances nessa pós temporada, o ataque liderado pelo QB Baker Mayfield deverá se impor e mostrar que não estão para brincadeira nessa reta final de campeonato.

Vale destacar também que os Browns estão com o departamento médico bem cheio. Jogadores como Odell Beckham Jr, Curtis Weaver e Chris Hubbard estão fora da temporada e no último dia 06/01, os Browns divulgaram o primeiro Injury Report para a partida contra os Steelers. Alguns nomes que inegavelmente são cruciais para os Browns como JC Tretter, Jack Conklin e Sheldon Richardson treinaram de forma limitada. Já o Wide Receiver Donovan People Jones nem chegou a treinar.

Em suma, esse é o jogo da vida para os Browns, pois após ficarem 18 anos sem aparições em Playoffs, a equipe de Kevin Stefanski quer mostrar para sua torcida que essa época dos Browns 0-16 ficou para trás, e essa é uma nova era para o estado de Ohio.

DEIXE UMA RESPOSTA