Trocas por Quarterbacks de alto nível sempre dão o que falar no mundo da NFL, e dessa vez não foi diferente. O Los Angeles Rams trocou duas escolhas de 1º Rodada dos Drafts de 2022 e 2023, uma 3º Rodada de 2021 e o QB Jared Goff. Assim, à partir disso, comentaremos se esse all-win (mais um) por Stafford tem algum risco para os Rams.

Histórico recente de All-Wins.

Foto: Divulgação/NFL

Desde a chegada de Sean McVay, os Rams ainda não draftaram na 1º Rodada do Draft. Embora isso possa parecer um problema (pois os melhores jogadores universitários do país estão nas primeiras rodadas), os Rams sempre se mantiveram competitivos e sob a tutela de McVay nunca chegaram a uma campanha negativa.

Isso acontece primordialmente pois Los Angeles desfruta de muito talento sobretudo em sua defesa. Contando com nomes como Aaron Donald e Jalen Ramsey (esse chegou via trocas no final de 2019), que seguraram as pontas nos momentos mais críticos.

A troca por Stafford.

Foto: Reprodução/Bleacher Report

Os Rams tem um objetivo muito claro desde a chegada de Sean McVay, ganhar o Super Bowl o mais rápido possível; e isso quase foi possível já em sua segunda temporada quando foram derrotados pelos Patriots por 13×3, num jogo onde McVay foi anulado por Bill Belichick.

A chegada de Stafford causa um impacto imediato em mais uma tentativa dos Rams vencerem o Super Bowl. O novo Quarterback é, inegavelmente, melhor que Jared Goff e agora os Rams deixam de ser um time aspirante e passam a ser favoritos. Stafford já provou seu talento diversas vezes num time que era um verdadeiro cemitério de talentos.

Matthew Stafford agora tem a chance de calar a boca daqueles que duvidam de sua capacidade de ser um grande Quarterback e, finalmente, ganhar o anel que tanto merece. Para os Rams é uma troca cara. Mas agora detém um talentoso líder para comandar um ataque mais talentoso ainda, com um playcaller muito inteligente e criativo.

Ainda assim, existem chances dessa troca dar errado, mas as chances são mínimas, pois mesmo que Stafford jogue mal, Los Angeles tem um grande habilidade de se recompor ano após ano.

DEIXE UMA RESPOSTA