A Universidade do Tennessee é uma das maiores universidades, porém a tradicional universidade vive uma grande seca desde 1998, ano do seu ultimo titulo nacional e de conferência, e muito se deve a instabilidade na posição de Quarterback. Tennessee sofre com a posição que , desde Tee Martin, não tem alguém sólido no comando do ataque e sofreu nos últimos anos com nomes como: Rick Clausen, Matt Simms, Nathan Peterman, Quinten Dormady e alguns outros nomes que estavam longe de passar confiança.

Com a saída de Jarrett Guarantano na ultima temporada, três nomes estão cotados para assumir a titularidade: Brian Maurer, JT Shrout e Harrison Bailey. Nomes com bom potencial, mas muito a provar. Com estilos parecidos, ambos são jogadores considerados Pocket Passer, que rende inúmeras criticas ao programa, muitas vezes chamado de retrógrado e atrasado, visto que um estilo de Quarterback mais móvel estava sendo estabelecido nos últimos 5 anos com Joshua Dobbs, e por isso, essa mudança de estilo é considerada um retrocesso. Vamos analisar os 3 candidatos a titularidade.

 

BRIAN MAURER

 Brian Maurer é o nome mais comentado para assumir a titularidade    

O mais cotado para assumir a titularidade em Knoxville, Brian Maurer chegou a ameaçar o posto de titular na ultima temporada. Com atuações e vitórias convincentes, Maurer venceu o Gator Bowl contra Indiana, e sua única derrota foi contra Alabama, que já era esperada. Os números de Maurer não são bons, com 2 Passes para TD e 5 Interceptações, muito se deve ao fato de Maurer não ser o titular em nenhum dos jogos e também ao elenco ser extremamente limitado.

Maurer é um Pocket Passer clássico, com um bom braço e boa precisão. Sua mecânica e visão de jogo também são destaques. Porem, Maurer precisa melhorar seu tempo de release, que muitas vezes compromete seu jogo.

 

JT SHROUT

JT Shrout corre atrás da vaga. 

A situação de JT não é diferente de Maurer, disputou alguns jogos, mas nenhum como titular, porém obteve mais tempo de jogo que Maurer. Participando de 4 Jogos e com 1 Passe para TD, as expectativas em cima de JT não são grandes, mas se JT amadurecer seu jogo com mais rapidez não será surpresa.

JT precisa evoluir sua mecânica, porém é um jogador atlético e com boa visão para o passe. Sua precisão também incomoda, visto que muitas vezes erra passes razoavelmente fáceis e acerta passes difíceis.

HARRISON BAILEY

 

Harrison Bailey durante a coletiva em que anunciou sua ida para Knoxville.

O menos cotado para assumir a titularidade, curiosamente o calouro é o que tem maior teto de desenvolvimento entre os 3. Bailey chega com grandes expectativas e muito bem avaliado por todos os recrutadores, sendo desejado por todas as universidades da SEC.

Bailey possui boa mecânica, sabe distribuir a bola para todos níveis do campo e possui um bom braço. Precisa evoluir sua mobilidade dentro do pocket e muitas vezes erra nas decisões por não correr com a bola. Porém sua maturidade e liderança são invejáveis e num ataque em que tenha uma boa proteção, ele vai evoluir bem.

 

O FUTUTO PROMETE  

 

Como vimos, a posição de Quarterback, ao que tudo indica, é promissora e empolga, ao menos para ser melhor que o passado. Soma-se isso ao fato de ter reforçado sua Linha Ofensiva e ter recrutado bem, sendo ranqueado em 2º. Tudo isso faz com que as expectativas dos fãs sejam grandes em cima do Fututo dos Volunteers.

 

DEIXE UMA RESPOSTA