A missão era difícil, mas não impossível, e o Colts se comportou bem no primeiro tempo contra o Seahawks indo para os vestiários com a vitória, mas como já aconteceu repetidas vezes sobre o comando de Chuck Pagano, voltamos muito mal e cedemos a virada e muitos pontos. Como eu havia alertado no preview passado, o Seahawks não é o Browns, e se baixássemos a guarda contra eles iríamos sofrer as consequências e foi o que aconteceu.

Vida que segue e esta semana o Colts tem um confronto teoricamente mais fácil contra o 49ers em casa. Um jogo que vai ser marcado pela aposentadoria do número 18 no intervalo com a presença do nosso grande ídolo Peyton Manning, jogador que mudou a história não só do Colts, mas da cidade de Indianapolis que costumava ser uma cidade de basquete e corridas e passou a ser também apaixonada pelo futebol americano.

Mas não se enganem, apesar dos 49ers estarem 0-4 neste início de temporada, a maioria de suas derrotas tem sido apertadas. Nas semanas 2,3 e 4 perdeu seus jogos, mas com uma diferença no placar de 3 ou menos pontos. O time tem sido bem mais competitivo este ano no comando de Kyle Shanahan e tem uma promissora DL que tem aterrorizado QBs adversários.

 

ATAQUE DO COLTS (projeção dos titulares)

QB: Jacoby Brissett

RB: Frank Gore

WRs: T.Y. Hilton e Donte Moncrief (Kamar Aiken)

TEs: Brandon Williams e Darrell Daniels

OTs: Anthony Castonzo e Joe Haeg

OGs: Jeremy Vujnovich e Jack Mewhort

C: RYAN KELLY

Na partida contra o 49ers teremos um desfalque muito importante, que será Jack Doyle. O TE tem sido uma das peças mais confiáveis no que diz respeito a mãos seguras no time, desde o ano passado ele tem se destacado nesse quesito e segue desta maneira esse ano tirando os últimos 2 jogos no qual ele dropou 3 bolas. O número 84 acabou sofrendo uma concussão na partida da semana passada e está fora contra São Francisco, Brandon Williams que teve uma recepção contra Seattle deve começar como o TE titular.

Por outro lado, teremos a volta de um dos melhores jogadores do time e um dos mais importantes também, o C Ryan Kelly. Ele que na sua temporada de calouro não cedeu nenhum sack, faz sua estreia na semana 5, e isso deve ajudar muito no crescimento da OL ao longo da temporada. A estreia dele também vem em ótima hora, já que o seu reserva Deyshawn Bond acabou se machucando gravemente no começo da partida contra o Seahawks e vai ficar fora um bom tempo.

Outro destaque ficou para a volta de Andrew Luck aos treinos!! O camisa 12 retornou na quarta-feira aos gramados e voltou a campo na sexta. Ainda são estágios iniciais, mas já é muito bom poder ver o QB do Colts treinando junto com seus companheiros depois de tanto tempo de recuperação de sua cirurgia.

O que esperar do ataque contra o 49ers

O ataque do Colts tem sido o principal problema do Colts nesse início de temporada, apesar de Brissett ser um backup competente, ele ainda está no seu segundo ano e tem algumas coisas para consertar, assim como segurar muito a bola. Ele tem levado muito tempo para lançar e tomar decisões e isso tem feito com que sofra muita pressão, não que a OL não tenha culpa, mas ele tem que ajudar seus companheiros se livrando mais rapidamente da bola. Isso vai ser muito importante contra os niners já que sua DL tem muito talento e vem jogando muito bem, principalmente o DE DeForest Buckner, que tem sido um dos melhores jogadores da NFL na posição este ano.

Por outro lado, a secundária dos niners tem sofrido esse ano, principalmente após a lesão de Eric Reid. Eles cederam um total de 2 tds e mais de 200 jardas recebidas a Watkins e Woods contra o Rams e mais de 100 jardas recebidas a Brown contra o Cardinals. Logo, eu acredito que este seja um ótimo jogo para T.Y. brilhar, já que vem criando uma conexão com Brissett cada vez maior e na semana passada enfrentou uma tarefa dura contra a secundária do Seahawks e deve estar com muita vontade de dar a volta por cima.

Portanto, o segredo para o ataque do Colts se dar bem nessa partida é aproveitar os matchups entre nossos WRs e seus CBs, que não são muito bons, e criar opções de rotas mais curtas em velocidade para T.Y. ganhar na linha de scrimmage como faz muito bem e ajudar Brissett a ter uma opção em que ele não precise segurar muito a bola e acabar sacado por Thomas ou Buckner.

 

DEFESA DO COLTS (projeção dos titulares)

DL: Al Woods, Henry Anderson e Johnathan Hankins

OLBs: John Simon e Jabaal Sheard

ILBs: Jon Bostic, Antonio Morrison

CBs: Vontae Davis e Rashaan Melvin (Quincy Wilson)

Ss: Matthias Farley e Malik Hooker

Na defesa do Colts também teremos uma mudança devido a lesão. Nate Hairston se machucou na última partida, não treinou a semana toda e está fora contra os niners. Ele estava sendo nosso slot corner titular em situações de nickel, ou seja, em que a defesa substitui um DL por um jogador de secundária para ajudar a marcar os recebedores. Com ele fora ainda não é claro quem fica em seu lugar nesta posição, já que a maioria dos outros CBs atua mais no lado do campo.

Outra troca que pode acabar acontecendo é também na posição de CB, já que Melvin treinou limitado na quarta e sexta, e ficou de fora do treino de quinta, ele é questionável para a partida, caso ele não jogue Quincy Wilson que volta esta semana aos gramados é o seu substituto mais provável.

No corpo de LBs nós recebemos um reforço, o calouro Anthony Walker volta ao time e deve brigar com Antonio Morrison pela titularidade, já que Morrison tem tido um começo de temporada muito ruim assim como seu parceiro Jon Bostic, mas Bostic tem pelo menos contribuído contra a corrida, coisa que Morrison não tem feito.

 

O que esperar da defesa contra o 49ers

A defesa apesar de ser a segunda pior em questão de jardas cedidas, tem mostrado algumas coisas bem promissoras, como sua dupla de safetys. Matthias Farley que era um jogador de times especiais ano passado, passou a ser titular este ano com a lesão de Geathers e tem jogado cada vez melhor, conseguindo uma linda interceptação jogo passado. Malik Hooker nossa escolha de 1ª rodada também tem ido muito bem e lidera a liga em interceptações com 3 ao lado do veterano Micah Hyde do Bills.

Mais um ponto em que melhoramos foi no pass rush, Jabaal Sheard que começou mal contra o Rams tem evoluído cada vez mais seu nível de atuação, conseguindo pressionar bastante os QBs, mas também contribuindo muito contra a corrida. Sheard lidera o Colts em pressão aos QBs com 17 e também lidera o time empatado em tackles parando corridas, com 9. Mais uma boa aquisição de Ballard na offseason, QUE HOMEM!

Portanto acredito que Sheard consiga pressionar Hoyer, mas o ataque de São Francisco é muito perigoso pois é comandado por Shanahan, que é uma das melhores mentes ofensivas da NFL atualmente e sempre arruma jeitos para que seu ataque produza bem. Como os LBs do Colts não marcam passe como já disse em textos anteriores e a nossa defesa contra a corrida tem caído de rendimento, cedendo mais de 150 jardas para um ataque corrido fraco do Seahawks, Carlos Hyde deve ter um bom jogo se aproveitando desses fatores, pois tem sido o foco principal desse ataque contribuindo tanto correndo como recebendo a bola.

 

Aposta de placar para Colts x 49ers

49ers 21×24 Colts

Informações sobre a partida

Semana 4

Jogo: São Francisco 49ers x Indianapolis Colts

Data: Domingo, 08 de outubro

Horário: 14:00 de Brasília

Local: Lucas Oil Stadium

Transmissões: NFL GamePass e links obscuros.