O Tampa Bay Buccaneers começou a temporada cercado de expectativas, em primeiro, porque a equipe fez uma campanha boa em 2016 com 9 vitórias e 7 derrotas, e depois pelas aquisições via Free Agency e Draft, como DeSean Jackson, T.J. Ward e O.J.Howard, e contando com um dos promissores QB´s da liga o Bucs tinha tudo para ganhar a divisão e ir ao playoffs, mas não foi isso o que aconteceu e vou explicar alguns motivos.

Vamos começar pela parte mais encantadora do time no papel, o ataque, todos esperavam 4 Touchdowns por jogo, 500 jardas, mas o que aconteceu foram 363 jardas por jogo 9º melhor time, com uma media de 21 pontos por jogo 18º colocação nesse quesito. Winston não jogou todos os jogos é verdade, mas os números dele, também não são animadores, 270 jardas por jogo, 19 TD´s e 11 interceptações,  para quem não sabe um numero aceitável para um quarterback são 2 touchdowns para 1 INT, ele foi o 13º em jardas totais com 3.504, mas o que conta são as decisões que ele tomou em alguns jogos, ele sofreu turnovers de maneiras que não precisava. Outro problema que ataque sofreu foram o drops, Mike Evans,D-Jax e Humphries soltavam a bola em cada jogada crucial que ficou difícil imaginar que algum deles chegaria  a marca de 1000 jardas na temporada, Evans conseguiu o feito, DeSean teve uma desculpa que foi o primeiro ano com o Winston,  porém mesmo assim é uma desculpa que foi valida apenas nas primeiras 3 semanas, Chris Goodwin foi uma grata surpresa, começou tímido, mas foi melhorando conforme a temporada foi passando e teve um grande jogo na ultima semana da temporada regular, Cameron Brate foi tão bem a temporada passada, e nessa foi subaproveitado por Winston, Howard foi bem para um primeira temporada, mas também falhou em momentos chaves com drops em bolas fáceis, Martin ficou suspenso nos 3 primeiros jogos, e quando entrou em campo não correspondeu em nada e precisa ser trocado, o melhor running do Bucs na temporada foi Payton Barber, que foi o único a passar das 100 jardas em um jogo, Jacquizz teve alguns lampejos, e Charles Sims também precisa sair. O Buccaneers foi o 27º time em jardas terrestres por jogo, com uma media de 90 jardas.

Agora vamos ao Gameplan ofensivo, Dirk Koetter e seu coach staff foram ridículos, cada chamada medonha, jogadas sem a menor chance de dar certo, pouca utilização do jogo corrido e quando utilizado de maneira errado forçando o time em muitas ocasiões a terceiras descidas longas, o que novamente forçou o time a fazer jogadas óbvias que as defesas adversárias já sabiam os movimentos e impediam o Buccaneers de fazer o first down, o Bucs teve um aproveitamento de 43% em terceiras descidas, porém muitas conversões foram feitas no famoso garbage time, o que mostra como o time foi muito mal nesse quesito.

Na defesa não era esperada grande coisa e de uma maneira geral foi isso que aconteceu, o time foi o pior em jardas por jogo, o Buccaneers cedeu 378 jardas por jogo,em pontos foi o nono pior cedendo 24 pontos por jogo, cedeu 48 % das 3ªdescidas, foi o pior time derrubando o quarterback adversário, foram somente 22 sacks, foram 13 interceptações e o único quesito bom, foi 18 fumbles forçados. Os destaques individuais ficaram para Lavonte David, Kwon Alexander e Kendell Beckwith, novato, que lidaram o time nos jogos, foram os únicos que se destacaram de forma positiva, menção honrosa a Gerald McCoy e Justin Evans que melhoram muito nos jogos finais. A DL toda precisa melhorar muito para a próxima temporada, e a secundária foi uma piada, T.J.Ward jogou muito mal, Hargreaves foi ruim para ser bem educado. E novamente o gameplan foi definitivo para o time ir mal na defesa, varias jogadas horríveis.

A única unidade que se salvou foi o ST com a chegada de Pat Murray e com Bryan Anger um dos melhores punters da liga.

 

E estaremos trabalhando normalmente na offseason.