As festividades começaram na sexta-feira com o jogo das celebridades. As duas equipes foram comandadas por dois jornalistas da ESPN: Michael Wilbon e Stephen A. Smith, dois grandes nomes do jornalismo na atualidade. Os capitães das duas equipes foram, os rappers de Chicago: Common (capitão da equipe de Wilbon) e Chance The Rapper (capitão da equipe Stephen A).
O Time Wilbon venceu o time Stephen A. por 62 a 47. O prêmio de MVP ficou com Common, que marcou 10 pontos, teve 5 rebotes, 3 assistências e 4 roubos de bola, ganhando a votação do público.

Eua x Mundo

Mais tarde na sexta, o time de calouros e secundaristas dos Estados Unidos venceu o time que contava com jogadores destaques que não tinham a nacionalidade americana, como a estrela Luka Doncic. Apesar de ter começado na frente e ter aberto uma boa vantagem, no fim, a vitória ficou com os americanos por 151 a 131. O MVP da partida foi Miles Bridges, do Charlotte Hornets, que marcou 20 pontos, tendo 5 assistências, 5 rebotes e 3 roubos de bola.

Desafio de Habilidades, bolas de três e enterradas

No sábado, o grande nome (e zebra) foi o pivô Bam Adebayo, do Miami Heat. Adebayo, que tinha acertado apenas uma bola de 3 na temporada, acertou três no Desafio de Habilidades para se sagrar campeão, superando Domantas Sabonis, do Indiana Pacers.

Ainda no sábado, com muita emoção o ala-armador Buddy Hield, do Sacramento Kings, frustrou o astro Devin Booker, do Phoenix Suns, ao superá-lo na última bola do desafio de arremessos de três pontos para se sagrar o campeão da modalidade. Hield teve um ponto a mais que Booker (substituto de Damian Lillard) e venceu a competição por 28 a 27. O terceiro colocado foi Davis Bertans, do Wizards, com 22.

Na última e mais polêmica competição da noite, Aaron Gordon do Orlando Magic, e Derrick Jones Jr, do Miami Heat, decidiram o Torneio de Enterradas após eliminarem Dwight Howard, do Los Angeles Lakers, e Pat Connaughton, do Milwaukee Bucks. Em uma decisão para lá de controversa, os juízes votaram em 47 pontos a enterrada feita por Gordon, na qual ele pula por cima de ninguém mais, ninguém menos, que Tacko Fall. Com os 47 pontos, o jogador do Magic foi derrotado pelo atleta do Miami Heat e avisou que não participaria mais do torneio.

All Star Game

O grande jogo do All Star Weekend aconteceu no domingo no United Center, em ChicagoO evento deste ano contou com um novo formato que foi super bem recebido pelo público e considerado um dos melhores jogos dos últimos tempos. O formato propunha que os três primeiro quartos começariam do zero, ou seja, tendo ganhadores diferentes, e a cada quarta vencido, a equipe vencedora receberia 100 mil dólares para doar para a instituição carente que ele representasse.

No último quarto, seriam somado os placares de cada equipe e somado 24 pontos (em homenagem a Kobe Bryant) a pontuação do time que pontuou mais nos três primeiros, e a equipe que atingisse essa soma primeiro seria o vencedor. Além da boa iniciativa da NBA com as instituições, as mudanças trouxeram mais dinâmica, equilíbrio e emoção para a partida.

No fim, depois de vitórias no primeiro e quarto períodos, o Time LeBron venceu a partida contra o Time Giannis por 157 a 155 e faturou US$ 400 mil para a Chicago Scholars, entidade representada pela equipe; já que, além dos 100 mil de cada quarto, o vencedor geral ainda ganharia mais 200. O time Giannis, por ter vencido um dos quartos, faturo US$ 100 mil que foi destinado a sua respectiva entidade.

Homenagens a Kobe e Gigi

Antes do jogo começar, Magic Johnson fez um discurso lembrando os grandes feitos de Kobe e sua carreira como jogador e pessoa. Após pedir que todos dessem as mãos e ficassem em silêncio por 8 segundos, ele chamou a cantora Jennifer Hudson; que interpretou a música For All We Know enquanto o telão exibia fotos de Kobe e Gianna Bryant.
Até o esquema de pontos foi modificado para o ASG em homenagem a Kobe, como já citado. Os uniformes dos dois times também lembravam a tragédia que sensibilizou o mundo no último mês; o Time Lebron usou uniformes azuis com o número 2 (usado por Gigi no Team Mamba) e o Time Giannis, por sua vez, vestiu uniformes vermelhos com o número 24.

King James também bateu recordes durante o fim de semana, tornando-se o segundo jogador da história com mais participações em All Star Game. Agora ele tem um total de dezesseis aparições, ficando atrás apenas de Kareem Abdul-Jabbar, que conta com 18.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA