Pré-jogo Steelers @ Saints

Salve, salve Nação Steelers!

Alertamos em textos anteriores que torcer para esta franquia era certeza de uma montanha russa de emoções. E que montanha russa que vivemos na última semana.

Caos e confusão, tudo apontando para mais uma derrota fácil contra o Patriots e milagrosamente as coisas dão certo para nós durante a partida. Um caminhão de faltas dos Patriots, uma atuação bem abaixo do esperado do ataque deles (por mérito de nossa defesa e também por demérito do ataque deles). E ainda geramos turnover.

Mas seja lá qual foi a preparação para essa partida é extremamente necessário que mantenhamos ela para o jogo contra o Saints. O Ravens venceu o Chargers no sábado e jogou a pressão para cima de nós. Temos que ganhar!

Para tal missão temos apenas dois problemas. Um deles é James Conner que, com lesão no tornozelo, segue de fora. Além dele Juju Smith-Schuster sentiu lesão na virilha durante a semana e está listado como questionável, embora ele mesmo tenha vindo a público no seu Instagram confirmando que irá pro jogo.

Dito isto aqui vão cinco coisas para ficarmos atentos no próximo jogo:

  • Juju Smith-Schuster

Uma grande preocupação é como estará Juju para a partida desse domingo. Como dito acima durante os treinamentos da semana Juju sentiu a virilha e o alerta foi ligado.

Juju vem sendo peça fundamental do nosso ataque, com recepções mágicas em momentos cruciais da partida. Com toda certeza se tornou para Big Ben um homem de confiança onde, quando as coisas apertam, é a válvula de escape preferida de Ben.

O próprio Juju confirmou que irá para o jogo, mas como será sua atuação? Será na maioria dos snaps como vinha sendo? Terá desenvoltura mesmo tendo sentido a virilha? Vamos conferir como ele se comporta.

  • Big Ben

Falando em pessoas que não sabemos em qual estado estão temos nosso quarterback. A lesão nas costelas não se mostrou muito empecilho para Big Ben na partida contra o Patriots, mas foi nítido que em algumas situações o passe era lançado mais rápido que o de costume para se preservar

Contra um time como o Patriots que não possui um pass rush de tanto respeito mas ama usar blitzes em terceiras descidas foi uma boa estratégia. Contra o Saints será mais difícil, pois eles possuem um pass rush excelente. Será que Ben irá manter o estilo de passes mais rápidos quando sob pressão? Acho que é um bom caminho a seguir.

  • Boswell

Boswell, Boswell.. O que eu falo de você meu jovem?

A paciência da torcida claramente já acabou e, mesmo com o dinheiro que ficaria travado caso cortássemos Boswell, a maioria dos torcedores pede que isso aconteça logo. Um kicker sem confiança numa reta decisiva de playoffs custa jogos e acaba temporadas.

Mas parece que a comissão técnica não pensa o mesmo. Mike Tomlin claramente mantém a confiança no camisa #9 e não irá se desfazer dele.

Se essa é a situação que temos então o melhor a fazer é oferecer apoio e tentar devolver um pouco de confiança ao nosso kicker por meio de incentivo da torcida (ou orações se você achar mais efetivo).

O fato é que Boswell é nosso kicker e temos que ficar de olhos bem abertos para o que ele irá aprontar nessa reta final.

  • Batalha das Trincheiras

A chave para a vitória contra o Saints fica aqui, nas trincheiras. Tanto nossa linha ofensiva quanto nossa linha defensiva e pass rush precisam jogar bem e dominar o lado adversário.

Do lado da nossa linha ofensiva iremos enfrentar um pass rush ótimo que é o 4º melhor da liga com 45 sacks e nossa OL sendo a 4º melhor em sacks cedidos com apenas 20.

Do lado defensivo temos o 3º melhor pass rush da liga com 46 sacks e a OL deles é a melhor da liga com apenas 16 sacks cedidos.

Ambos os lados são excelente e vem fazendo uma temporada sensacional nesses aspectos. A vitória sairá daqui.

  • Jogo Corrido

O ponto anterior nos leva a esse. Com linhas, tanto ofensivas quanto defensivas, tão boas o jogo corrido vira uma fator determinante.

O Saints é o time contra quem menos se corre com a bola na liga pois são o time que menos cederam jardas terrestres, segundo melhor em jardas cedidas por tentativa de corrida e o time que menos cede 1st downs em jogadas de corrida.

Isso encaixa com nossa temporada, pois priorizamos muito mais o jogo aéreo, onde o Saints não domina tanto quanto o jogo corrido. Porém nossa defesa, que no papel é melhor contra o jogo corrido, tem se mostrado melhor nas estatísticas de defesa contra o jogo aéreo na temporada.

Uma hora teremos que usar o jogo corrido e aproveitar a ótima fase vivida pela nossa OL e por Jaylen Samuels. E eles uma hora usarão o jogo aéreo para aproveitar a ótima fase vivida por Michael Thomas. Olho vivo em ambos os aspectos da defesa!

Previsão para a partida: Steelers 24 x 21 Saints

Não esqueçam de nos seguir nas redes sociais para podermos debater Steelers.

Twitter: @blackyellowbr

Instagram: blackyellowbr

E também no twitter em @lopesjsantos e @gabriel_amd.

Um abraço e Here we go!

DEIXE UMA RESPOSTA