Pré-jogo Panthers @ Steelers

Salve, salve Nação Steelers!

Parafraseando o narrado brasileiro  Galvão Bueno: “Ganhar é bom, mas ganhar dos Ravens é muito melhor!”. Com nossa quarta vitória seguida, destas três foram contra rivais de divisão, nos colocamos de vez como o time a ser batido na AFC North.

Com uma semana curta iremos para o que promete ser um dos nossos maiores desafios nesse restante de temporada regular.  A equipe do Carolina Panthers tem sido uma equipe muito equilibrada com um ataque potente, especialmente pelo chão liderado por Cam Newton e Christian McCaffrey, e uma defesa sólida tanto contra o jogo corrido quanto contra o passe.

Para este jogo não poderemos contar com Marcus Gilbert ainda com sua lesão no joelho e Dan McCullers com lesão no tornozelo.

Dito isto aqui vão cinco coisas para ficarmos atentos no próximo jogo:

  • Os três gordos (Heyward, Tuitt e Hargrave)

Com as equipes chegando para o confronto muito semelhantes não é exagero afirmar que o jogo será decidido nas trincheiras.

As defesas tem tido desempenho similar. Contra a corrida somos a 5ª melhor defesa da liga, o Panthers a 6ª. Contra o passe somos a 15ª melhor da liga, o Panthers a 13ª. Só por isso já vemos a importância de realmente estarmos em um bom dia e nos defendermos bem contra a corrida.

Para tal o front seven terá que estar em seus melhores dias, mas especialmente os três gordos que moram no nosso coração: Cameron Heyward, Stephon Tuitt e Javon Hargrave. Eles são essenciais não só para gerar uma pressão pelo meio da linha, a pior para os quarterbacks, bem como para conterem os bloqueios da linha ofensiva de Carolina.

  • Artie Burns

Durante sua entrevista na segunda feira Mike Tomlin foi questionado se Artie Burns havia perdido a condição de titular para Coty Sensabaugh. Tomlin foi categórico em sua responta onde disse que os repórteres deveriam analisar a quantidade de snaps dos dois CBs e tirar suas próprias conclusões.

Pois bem, Sensabaugh teve 60 snaps na defesa e 11 nos times especiais. Já Burns não teve nenhum snap na defesa e apenas 8 nos times especiais. Não há dúvidas que a paciência da comissão técnica com Burns chegou ao fim e provavelmente não irão acionar sua opção de 5º ano no contrato de calouro.

Esse jogo nos mostrará se Burns realmente é carta fora do baralho no elenco ou se ainda é uma punição da comissão técnica devido ao seu atraso na última semana.

  • Greg Olsen

Nossa defesa tem um problema crônico contra tight Ends. Quase nunca conseguimos anulá-los e quase sempre os nossos adversários exploram essa fraqueza quando jogam contra nós.

Não deverá ser diferente contra o Panthers. Com o jogo terrestre sendo difícil pois os Steelers são bons contra a corrida a tendência é que o jogo aéreo seja mais utilizado. Greg Olsen vive ótima fase tendo anotado um TD em cada uma das 3 últimas partidas do Panthers.

É um alvo que com certeza será explorado contra nós na redzone e que devemos ter muita atenção para tentar minimizar seu impacto.

  • Big Ben

Nesta temporada aos poucos Big Ben vem acabando com a mística que tinha ao seu redor de que somente jogava bem dentro do Heinz Field. Nosso quarterback vem fazer partidas sólidas fora de casa, e a prova disso está no nosso retrospecto recente.

Nos últimos 16 jogos fora de casa conseguimos um aproveitamento de 90%. Isso é sensacional, mas nem tudo são flores. Visto que outro lado dessa estatística é de que em casa, nos últimos 16 jogos, tivemos um aproveitamento de apenas 68%.

Precisamos melhorar nesse aspecto. Um bom ponto de partida para isso é a redução do número de faltas. Por muito tempo fomos o líder da NFL em penalidades e em jardas cedidas por penalidades. Neste momento somos o segundo time que mais comete faltas.

Os juízes podem ser questionados? Podem, afinal a arbitragem na NFL está muito inconstante e cometendo diversos erros, mas não é desculpa. Precisamos conter o número de faltas e mesmo assim parar as jogadas adversárias.

  • Antonio Brown

Foi o 6º jogo seguido onde Antonio Brown anota pelo menos um TD. Sua produção vem crescendo jogo após jogo e sua conexão com Big Ben tem funcionado muito bem.

Se nas primeiras partidas da temporada a impressão que tínhamos após as partidas era que Juju havia sido quem carregou o piano pra gente, agora já falamos isso de AB.

Com nosso melhor recebedor vivendo tão boa fase é de se esperar que ele nos traga mais alegrias também nesta partida.

Previsão para a partida: Steelers 27 x 24 Panthers

Não esqueçam de nos seguir nas redes sociais para podermos debater Steelers.

Twitter: @blackyellowbr

Instagram: blackyellowbr

E também no twitter em @lopesjsantos e @gabriel_amd.

Um abraço e Here we go!

DEIXE UMA RESPOSTA