Para a alegria (e tristeza) de todo fã da NFL, é chegado o dia do tão esperado Superbowl LIV, que será disputado no Hard Rock Stadium em Miami, Florida, entre duas das grandes sensações do momento no futebol americano; Kansas City Chiefs e San Francisco 49ers. De um lado, toda a genialidade e habilidade de Patrick Mahomes; do outro, a solidez defensiva e explosão ofensiva dos 49ers, são alguns dos ingredientes para esperar um ótimo espetáculo na noite de hoje. Kansas City e San Francisco batalham logo mais pelo posto mais alto da NFL. Confira o Pré-Jogo Super Bowl LIV e o que podemos esperar das duas equipes.

As campanhas

Começando pela equipe de melhor campanha durante a temporada regular, o 49ers foi dominante durante a primeira fase do torneio. Com 13 vitórias e 3 derrotas, a equipe de San Francisco teve 81,3% de aproveitamento e um crescimento extraordinário em relação a temporada passada; quando obteve apenas quatro vitórias. Após um início sensacional de oito vitórias e nenhuma derrota, a equipe da Califórnia teve um já esperado declínio na temporada, mas que rapidamente foi superado.

Com uma defesa fulminante e um jogo terrestre devastador, a equipe de Kyle Shanahan passou por cima de grandes adversários e com atuações extremamente convincentes, o que dá inúmeros motivos para que sua torcida aposte todas as suas fichas em Jimmy Garoppolo e companhia para levantar o sexto Superbowl de sua franquia e se igualar a New England Patriots e Green Bay Packers como os maiores campeões.

Foto: Bola na Rede

Do outro lado do confronto, a equipe de Kansas passou por algumas turbulências que não foram conhecidas por San Francisco. Após muitas oscilações na temporada, principalmente após a derrota para os Colts e, posteriormente, a lesão de Patrick Mahomes. No entanto, as pedras no caminho foram superadas e o crescimento técnico e tático, principalmente na defesa, do Chiefs foi nítido.

Com os problemas na defesa sanados até certo ponto e a volta por cima de Mahomes, Kansas City chega ao Superbowl como uma equipe que tem seu jogo majoritariamente baseada em seu ataque; mais propriamente dito, nas mãos mágicas e abençoadas de Patrick Mahomes e o jogo aéreo. Comandados por Andy Reid, os Chiefs voltam ao Superbowl 50 anos depois e buscam seu segundo título de Superbowl da história.

O jogo

Para o duelo de logo mais, todos podem esperar um jogo de extrema velocidade, já que os 49ers possuem em seu elenco o grupo de Running Backs mais rápidos da liga, enquanto os Chiefs contam com os Wild Receivers mais rápidos da NFL. Esse dado desenha também como será o jogo ofensivo de ambas as equipes já que, teoricamente, elas devem explorar o que tem de melhor em seu elenco. Além disso, o confronto das trincheiras e o embate entre a OL dos 49ers e Patrick Mahomes e seus defensores devem ser os principais do jogo.

Do lado dos 49ers, as jogadas de ataque devem se concentrar no jogo terrestre que foi o mais fatal da liga até o momento. Com um corpo de corredores muito rápidos e inteligentes, Jimmy G deverá continuar com seu estilo “game manager” e apenas desenhar as jogadas ofensivas, deixando que o estrago seja feito pelos seus corredores. A estratégia que deu certo durante toda a temporada regular e também nos playoffs é a principal arma da equipe da Califórnia para esta partida, já que, por mais que tenha sofrido ajustes pontuais durante o decorrer do campeonato, a defesa dos Chiefs ainda peca bastante nas duas áreas defensivas, seja corrida ou aérea.

No entanto, caso o jogo de trincheiras não seja vencido por San Francisco, nem tudo ainda está perdido (porém complica um pouco). Jimmy Garoppolo tem ótimas opções de recebedores para jogadas de desafogo; a principal delas, o tight end George Kittle, deverá ser a jogada aérea de segurança para Garoppolo em casos de problemas. Além de Kittle, Deebo Samuel também é uma outra boa opção para receber passes do quarterback.

Se as jogadas aéreas podem ser consideradas, até certo ponto, preocupações para Garoppolo e companhia, isso passa longe de ser problema para os Chiefs. Afinal, quem tem Patrick Mahomes nunca temerá não ter um bom ataque aéreo e; justamente por isso, as jogadas ofensivas da equipe de Kansas devem se basear principalmente em Mahomes lançando quantas bolas forem precisas para seus ótimos recebedores.

Com um grupo de recebedores extremamente talentoso que conta com Travis Kelce, Tyreek Hill e Sammy Watkins; o duelo entre eles e a secundária de San Francisco vai pegar fogo. No entanto, caso as jogadas aéreas não funcionem, o Kansas City Chiefs terá problemas na partida; já que seu jogo terrestre não é dos melhores e sua defesa também não é das mais confiáveis. Ou seja, o sucesso da equipe passa diretamente pelas mão de Patrick Mahomes.

Palpite

Essa partida coloca frente a frente dois estilos de jogo bem diferentes e muito interessantes. De um lado as jogadas aéreas e a plasticidade do Quarterback roubam totalmente a cena. Do outro, o jogo corrido e aguerrido das trincheiras é o ponto forte. No entanto, o que pode desequilibrar uma partida de Superbowl é a quantidade de opções em caso de falha da arma principal. E neste caso, o San Francisco 49ers está mais preparado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA