Em uma das partidas mais divertidas da temporada por conta das condições climáticas em Buffalo, o Colts caiu mais uma vez na temporada, agora contra os Bills. A partida ficou marcada pela profunda camada de neve que cobria o gramado nos primeiros minutos de jogo. Somado a isso, os ventos tornavam as chances de ataque aéreo praticamente impossíveis na primeira etapa. Prova disso é que as primeiras 18 jogadas do Colts no ataque, todas foram corridas, alternando entre Mack e Gore. Os ataques pouco produziram como era esperado e na prorrogação, McCoy, que foi o destaque da partida acabou conseguindo um buraco no meio da linha e entrando na endzone para selar a vitória dos donos da casa.

Com 7 derrotas nos últimos 8 jogos, o Colts tenta espantar a má fase contra um dos times que mais temos jogado (fora da AFC South) nos últimos 5 anos, o Denver Broncos. A equipe de Denver vem tendo uma temporada bem ruim este ano em comparação a anteriores, já que é uma das franquias que se mantém sempre brigando na parte de cima da tabela. Eles têm apenas 4 vitórias por enquanto na temporada e já sofreram algumas derrotas feias como nossa equipe este ano. 51 e 46 pontos sofridos para Eagles e Patriots respectivamente e uma derrota de 35-9 para o Miami Dolphins.

A equipe do Broncos esta semana sofreu uma grande perda, já que seu safety Justin Simmons foi colocado na IR, ele vinha fazendo uma boa temporada, sua primeira temporada de titular no lugar de TJ Ward. Porém a equipe tem jogadores que não justificam essa campanha de 4-9. Von Miller, Chris Harris Jr, Aqib Talib, Bradley Roby e outros jogadores importantes formam uma das melhores defesas da NFL no papel e grande parte da defesa que carregou o Broncos para o título há duas temporadas atrás. O problema de Denver nas últimas temporadas tem sido na posição de QB. A equipe tem sofrido muito para encontrar seu franchise QB, alternando entre Siemian, Osweiler e Lynch nesta temporada. A má campanha deste ano deve dar uma chance a equipe de pegar um dos QBs tops no draft, se isso serve de consolo para os torcedores.

Ataque do Colts (projeção dos titulares)

QB: Jacoby Brissett

RBs: Frank Gore e Marlon Mack

WRs: TY Hilton e Chester Rogers

TE: Jack Doyle

OTs: Anthony Castonzo e Denzelle Good

OGs: Jeremy Vujnovich e Joe Haeg

C: Mike Person

Para esta partida teremos os mesmos jogadores formando o time titular. C Ryan Kelly continua no protocolo de concussão, portanto não está liberado para a partida. Mike Person novamente começa no lugar dele, Person teve uma ótima atuação contra o Jaguars, seria bom se mantivesse aquele nível de atuação. Outros desfalques para a partida são Moncrief, que tem um problema no tornozelo, e Darrell Daniels, que fica de fora novamente com um problema muscular.

O que esperar do ataque contra o Broncos

Como já citei acima, a equipe de Denver no papel tem uma defesa muito sólida com excelentes peças. Eles já sofreram 3 derrotas com o adversário pontuando mais de 34 pontos, mas no geral eles ainda se mantêm como uma das melhores defesas da NFL. O time é o primeiro que menos cede jardas totais, o segundo melhor contra o passe e o quarto melhor contra a corrida da NFL. Portanto, mesmo que tenham sofrido uma leve queda este ano, ainda são muito bons.

O grupo de CBs da equipe é o melhor da NFL, com 3 de alto nível, portanto vai ser um dia difícil para o nosso grupo de WRs. Na última vez que tivemos sucesso contra essa defesa, em 2015, tivemos muitas chamadas de passes rápidos pelo meio do campo e acabamos vendo resultado. O caminho é por aí, o Colts tem que usar seus TEs e RBs em rotas rápidas pelo meio para evitarmos as pressões de Von Miller e companhia e explorarmos o setor com menos qualidade do Broncos, o de ILB.

Defesa do Colts (projeção dos titulares)

DL: Al Woods, Johnathan Hankins e Margus Hunt

OLBs: Jabaal Sheard e John Simon

ILBS: Antonio Morrison e Jon Bostic

CBs: Quincy Wilson e Kenny Moore

Ss: TJ Green (Clayton Geathers) e Matthias Farley

Esta semana teremos um desfalque muito importante na posição de CB novamente… desta vez é Nate Hairston que fica de fora. Os 4 principais CBs do Colts na temporada acabaram se machucando, coisa impressionante. Enfim, Milton deve fazer o papel do slot corner na ausência de Hairston com uma concussão. Devemos ver a dupla Moore e Wilson novamente no lado do campo. Wilson que por sinal foi muito bem quando lançaram em sua direção na partida contra o Bills, e simplesmente anulou Kelvin Benjamin na segunda etapa.

Por outro lado, teremos a volta de Ridgeway! O segundo anista ficou de fora por algumas semanas com uma lesão no ombro mas está de volta. Vai ser mais uma boa peça para reforçar a defesa contra a corrida e fortalecer a rotação na DL. Quem está de fora novamente é Melvin. Com uma lesão na mão, o camisa 30 fica de fora. Com um intervalo de 3 dias entre as partidas era improvável que ele voltasse.

O que esperar da defesa contra o Broncos

O ataque de Denver é o ponto fraco do time desde a última temporada de Manning com a equipe, e principalmente nas duas últimas temporadas eles têm sofrido bastante. Sem a referência de Peyton e sua inteligência, ficou claro que o ataque da equipe pecava em muitos aspectos. A linha ofensiva se reforçou esta temporada, mas ainda assim não tem mostrado todo seu potencial, apesar da melhora. Denver tem um bom trio de RBs mas não tem sido efetivo, já que são apenas a décima nona equipe em jardas terrestres. E na posição de QB…é, digamos que precisam se reforçar nesse setor nesta próxima offseason.

Portanto, como seu jogo terrestre não é efetivo e a nossa defesa contra a corrida tem sido o ponto forte do time na temporada, o sucesso do ataque do Broncos vai passar pelas mãos de seu QB, Trevor Siemian. A equipe do Colts está muito desfalcada na posição de CB, então o Broncos deve explorar muito esse setor com seus bons WRs e é provável que tenham sucesso com isso, principalmente pelo lado de Moore. Moore é um CB muito baixo, o que facilita para WRs que são altos ganharem bolas 50/50 contra ele, como aconteceu na partida contra o Bills com Kelvin Benjamin. Portanto, seria inteligente colocar Quincy Wilson para ser a sombra de Demaryius Thomas, que é um WR alto que teria muita facilidade contra Moore.

Um fator que vai contar muito nessa partida é a parte física, a equipe do Colts vem de uma derrota no OT em uma partida muito física e cansativa contra o Bills. Times que foram para o OT no Domingo e em seguida jogaram na quinta estão 1-14 na história da NFL. Além disso, a equipe de Denver ganhou fácil dos Jets, tendo a oportunidade de descansar nos últimos minutos. Portanto, a vantagem física vai estar do lado dos Broncos e isso pode contar muito no resultado final da partida.

Aposta de placar para Colts x Jaguars

Denver Broncos 16-10 Colts

Informações sobre a partida

Semana 14

Jogo: Denver Broncos x Indianapolis Colts

Data: Domingo, 14 de dezembro.

Horário: 23:30 de Brasília.

Local: Lucas Oil Stadium

Transmissões: ESPN, WatchESPN e NFL GamePass.