Um jogo que era extremamente importante para o futuro da NFC WEST teve um final dramático e decepcionante para os fãs do Los Angeles Rams, o time foi batido em casa pelo Seattle Seahawks por 16 x10 e deixou a liderança da divisão escapar.

O Jogo

Os Rams entraram neste jogo como o ataque número 1 da liga, mas o este desempenho apareceu apenas no primeiro quarto e só voltou a aparecer no ultimo drive do jogo com menos de 1 minuto no relógio. O Ataque conseguiu mover bem a bola com Goff e Gurley, que quase conseguiu um TD corrido sofrendo um fumble na entrada da End Zone.
Depois disso? Apagão total.

E é justo começar com o HC Sean McVay, que vinha fazendo uma temporada perfeita, mas que neste jogo não obteve sucesso e perdeu a batalha tática pra Pete Carroll. McVay abandonou o jogo corrido depois do fumble, Gurley tocou na bola apenas 16 vezes, o que não foi uma boa ideia, deixando o ataque unidimensional contra uma das melhores secundáras da liga.

Seattle ainda abusou do ponto fraco do nosso QB, que tem dificuldade em jogar sob pressão, e não o deram paz durante o jogo, Goff estava claramente desconfortável e jogou como o Jared Goff do ano passado: nervoso, forçando jogadas e lançando passes altos e longe dos recebedores, lançando duas interceptações, a segunda totalmente ridícula, e sofrendo um fumble recuperado pelos Seahawks.

O dia foi tão ruim que até a unidade de special teams não ajudou, Greg Zuerlein perdeu um FG de 36 jardas, que fez muita falta no final do jogo, e Austin sofre um fumble.
Mesmo com 5 turnovers no jogo, o Rams ainda teve chances de vencer, graças a uma excelente atuação a defesa. A unidade de Wade Phillips jogou como não havia jogado ainda.

Os Seahawks tiveram 66 jogadas, mas apenas 241 jardas totais, Russel Wilson foi sackado 3 vezes e o Rams tiveram 6 tackles pra perda de jardas e maior corrida deles no dia foi de 9 jardas. Mesmo cedendo 1 TD tivemos duas interceptações e mantemos Wilson sob controle no pocket, com Aaron Donald constantemente no backfield de Seattle e comandando a defesa, os Rams tiveram uma última chance de vencer o jogo.

Ultimo drive da partida, com menos de 1 minuto no relógio e sem tempo pra pedir, mais um erro de McVay no jogo, os Rams demonstraram garra e percorreram todo o campo até chegar à endzone, onde vimos Copper Kupp dropar a bola da vitória e em seguida Goff lançar um passe incompleto contra uma marcação dupla contra o Cooper.

Observações sobre o jogo

Sean McVay precisa melhorar, o plano do jogo não era bom o suficiente e ele precisa fazer um melhor trabalho para não se afastar da corrida (especificamente de Todd), precisa parar de insistir em Tavon Austin retornando punts e queimar timeouts em horas não apropriadas – desta vez este problema nos prejudicou nos deixando sem tempo para pedir no último lance. Tavon Austin definitivamente não pode mais retornar punts, não entendo como McVay ainda não viu isso. Cooper Kupp pra retornador já!

A defesa pode jogar bem, o único TD de Seattle foi cedido pelo rookie John Johnson, que teve bons momentos na partida com grandes tackles e inclusive uma INT. Inclusive a dupla de safeties, que não era a titular com JJ no lugar de Maurice Alexander, excluído por problemas disciplinares, e Cody Davis no lugar do machucado Lamarcus Joyner, tiveram duas interceptações, uma para cada.

O Rams jogou como o time que prevíamos antes do incio da temporada com uma defesa dominante e um ataque com problemas. A Defesa foi muito boa contra o jogo corrido, finalmente parece que Alec Ogletree e Mark Barron estão se adaptando a defesa do Phillips.

Apesar da derrota o time mostrou muita coragem no drive final, Goff botou a cabeça no lugar e repassou essa energia pros companheiros. Foi por pouco.

Winners / Losers

W – DL Aaron Donald:

O melhor defensor da NFL está de volta amigos. Aaron está cada vez mais confortável com essa defesa e com seu papel, e não saiu do backfield de Seattle, ele melhora a cada semana e prova que é praticamente impossível bloquea-lo, se fosse outro QB que não Russell Wilson com certeza teria sofrido vários sacks na partida. O #99 terminou com 10 pressões, 3 QB hits, 3 run stops solo e 2 tackles pra perda de jardas.

W – TE Tyler Higbee:

Tyler andava meio sumido mas nas últimas semanas voltou, e voltou com tudo, já teve uma excelente atuação semana passada e no jogo contra Seattle foi o melhor jogador do ataque. Tyler terminou com 4 recepções para 98 jardas

W – John Johnson e Cody Davis:

Destacarei ambos pela excelente atuação substituindo a dupla de safeties titulares, com ambos tendo uma interceptação na partida, mas vale lembrar que esta foi a primeira partida do rookie JJ como titular que retornou quase 80 jardas com a sua interceptação.

L – Jared Goff

Apesar de entender que Goff foi prejudicado pelo Game Plan, ele fez uma partida muito ruim, talvez até pior do que os jogos ano passado, e quando um QB está associado a 3 turnovers ele definitivamente é um loser. Goff terminou com 22/47 para 288 jardas, 0 TD, 2 INT e 1 Fumble.

L – Sammy Watkins

Mais um jogo ruim de Sammy, dessa vez ele não teve nenhuma recepção em 4 bolas lançadas na sua direção. Watkins e Goff estão claramente fora de sintonia, tirando o jogo contra os 49ers, Watkins soma 1 recepção para 17 jardas nos últimos jogos. McVay precisa dar um jeito de envolve-lo mais no jogo, pois sabemos que ele pode alavancar nosso time a um outro patamar.

L – Tavon Austin

Sim, eu sei, Austin marcou o único TD do time no jogo. Sim, foi um bonito TD de 27 jardas, mas ele teve no total 6 carregadas pra 27 jardas o que significa que 5 carregadas foram inúteis. Além de que, não precisa nem comentar o fumble perdido no retorno do punt que foi patético. Austin mostrou que tem a confiança de McVay mas até onde insistir nele será um erro?

 

Foi uma derrota doída, sem sombra de dúvidas, mas também não é motivo para entrar em pânico, assim como na derrota pra Washington McVay e a comissão técnica consertaram os erros cometidos pra semana seguinte, confio neles, e tenho certeza que iremos melhor semana que vem!

#GoRams #MobSquad