O Tampa Bay Buccaneers foi derrotado em casa pelo New England Patriots por, 14×19. O jogo foi valido pela semana 5 da NFL.

O jogo

A partida começou truncada, com as defesas parando os ataques e forçando alguns punts. O placar só foi aberto com o Kicker Stephen Gostkowski que acertou um Field Goal de 27 jardas no final do primeiro quarto.

Doug Martin, com uma corrida de 1 jarda, após excelente campanha do Bucs, virou o jogo para 7×6. Na campanha seguinte, Brady em passe de 5 jardas achou Hogan na End Zone e TD Patriots, colocou o placar 10×7. Antes do intervalo Gostkowski acertou outro FG, dessa vez de 23 jardas, e o jogo foi para o intervalo com Patriots vencendo por 13×7.

No segundo tempo, as defesas começaram bem novamente, só o New England foi quem pontuou no 3º Quarto com outro FG de 45 jardas. O placar ficou 16×7. No ultimo quarto, Brate recebeu lindo passe de Winston e colocou o Buccaneers de volta ao jogo, 16×14 faltando 2:09 no relógio, então o time tentou um onside kick que foi recuperado pelo Patriots, e o Kicker Gostkowski acertou o FG mais longo do jogo, 48 jardas.

Tampa ainda teve a ultima bola do jogo com 1 minuto e 10 segundos restantes, e com o placar contra de 14×19, o time levou a bola ate a linha de 19 ofensiva faltando 3 segundos, mas um passe precipitado do Winston não conectou ninguém na end zone e o jogo acabou assim.

Análise

O Bucs teve algumas boas surpresas durante o jogo, o S Justin Evans com a 1ª interceptação na carreira, o LB Kendell Beckwith que novamente liderou o time em tackles, com 14 no total, sendo 12 solos, e o pass rush da equipe fez 3 sacks e forçou um fumble de Tom Brady.

Em contrapartida, o gameplan defensivo foi medonho, os CBs do Bucs não marcam pressão, se os times fizerem rotas curtas para o meio do campo ganham todas. O Hargreaves tomou um baile ontem, tenho certeza que ele sonhou com o Amendola e o Hogan, isso se ele dormiu né?!

O DC Mike Smith precisa mudar algumas funções dos DBs no jogo, as jogadas estão muito óbvias, e a posição de campo dos defensores já indica o tipo de defesa que o time está.
O gameplan ofensivo do Bucs foi falho; no texto do pré-jogo coloquei que para ganhar o Buccaneers precisaria correr com a bola. Coisa que fizeram muito pouco. E o maior exemplo disso, é no drive seguinte ao do Touchdown do Martin: Em vez de chamar uma corrida na primeira jogada, Dirk Koetter escolheu uma jogada de passe, e por mais que a defesa do Patriots estivesse ruim, a chamada foi errada e Bucs saiu do drive com um 3-and-out. Outro ponto negativo do ataque foram as não conversões de terceiras descidas, o time teve apenas 30% de aproveitamento nessa situação.

O único ponto positivo no gameplan ofensivo foi o ataque terrestre que jogou muito bem ontem, o running back Doug Martin, que ficou 3 semanas fora, foi muito bem correndo para 74 jardas em 13 carregadas e fez um TD lindo. Winston a partir do segundo tempo melhorou em alguns passes, exceto o ultimo passe do jogo.

O Gameplan ofensivo precisa ser revisto, e alguém precisa chegar no Koetter e chamar a atenção dele sim. E o próprio Koetter precisa chamar a atenção do Winston, o passe dele no final da partida foi horrível.

Outro culpado da derrota do Tampa foi o Kicker Nick Folk, que errou 3 FG, sendo de 56, 49 e 31 jardas. O de 56 jardas eu deixo passar, porque só os Kickers top da NFL acertariam esse chute, mas os outros 2 foram erros grotescos. Folk precisa sair de Tampa, e colocar a cabeça no lugar, treinar ainda mais, e um dia voltar a NFL.

Os desfalques fizeram muita falta, nossos LBs reservas estão 3,4 degraus abaixo dos titulares. A expectativa é que Keith Tandy, T.j.Ward e Kwon Alexander estejam aptos para o próximo confronto.

O nosso próximo jogo é dia 15 de Outubro, contra o Arizona Cardinals fora de casa.