Há aproximadamente 3 anos, em 27 de setembro de 2014, Derrick Deshaun Watson, quarterback recém-chegado da pequena Gainesville High School, Gainesville, Georgia, faria sua estreia como titular na primeira divisão do futebol americano universitário.

Na ocasião, poucos dias após seu aniversário, 14 de setembro, Watson deu um presente aos fãs dos Tigers. Em performance surpreendente, o calouro completou 27 passes em 36 tentativas, conquistando 435 jardas aéreas, 6 touchdowns e 1 interceptação, estabelecendo o recorde da conferência ACC de maior número de touchdowns feitos por um calouro.

O adversário

12ª escolha geral do Draft de 2017, Deshaun Watson fará sua estreia como titular na NFL no Thursday Night Football desta quinta-feira, 14, tentando repetir a boa atuação de seu debute como titular no College Football diante de um frágil Cincinnati Bengals.

Vontaze Burfict, polêmico linebacker da equipe, cumpre suspensão por uma trombada ilegal durante a pré-temporada e faz muita falta na segunda linha. A secundária carece de bons jogadores no elenco e a linha defensiva não consegue pressionar o quarterback, tampouco conter o jogo terrestre. O time foi apático contra o Ravens, cedendo big plays, falhando nas coberturas e perdendo tackles importantes.

Andy Dalton fez possivelmente a pior aparição de sua carreira na liga, lançando 4 interceptações, nenhum touchdown, além de sofrer e perder um fumble. A linha ofensiva dos Bengals perdeu poderio com as saídas de Andrew Whitworth, agora no Los Angeles Rams, e Kevin Zeitler, atualmente no rival Browns. Pelo chão, foram 77 jardas totais em 22 carregadas com 4 jogadores diferentes (Giovani Bernard, Jeremy Hill, Joe Mixon e Andy Dalton). Terrance West, running back do Ravens, conseguiu 80 jardas em 19 tentativas.

Os companheiros

Mesmo que a situação do adversário seja complicada, o Texans não pode relaxar. Ofensivamente a equipe pouco agradou no duelo contra o Jaguars na semana 1. Tom Savage foi completamente sem expressão e já garantiu seu lugar no banco de reservas com apenas meio tempo de temporada regular, mas a culpa não foi somente do veterano.

Se a linha defensiva de Cincinnati é ruim, a linha ofensiva de Houston é trágica. Para ajudar, o left tackle Duane Brown, principal nome do setor, está fora do time por não conseguir chegar a um acordo sobre uma renovação de contrato. Vale lembrar que o time cedeu 10 sacks, além de 15 QB hits. Desta vez, o matchup é mais fácil, mas isso não isenta a necessidade de uma melhor proteção.

Estilo de jogo

O cenário tende a ser positivo para Watson. O tempo para as leituras na NFL são menores que no universitário, e fica visível a dificuldade em algumas jogadas, porém, o novato se mostrou frio e paciente no pocket. Apesar de uma pré-temporada instável, o quarterback do Texans se saiu bem nos minutos que teve em campo contra o Jaguars.

A precisão nos passes ainda preocupa, mas é algo que com o tempo tende a melhorar. A movimentação fora do pocket e a velocidade do QB também impressionam, tornando-o uma ameaça também no jogo terrestre. O wide receiver DeAndre Hopkins é outra chave para o sucesso nesta partida. A conexão deu certo na semana 1, onde a dupla anotou o único touchdown do time. Hopkins é excelente nas rotas e quase sempre está desmarcado.

O estilo de jogo de Deshaun Watson me lembra muito do de Cam Newton. Um atleta alto e com porte físico privilegiado. Além de um bom braço, consegue resolver com as pernas e não tem medo do contato com o adversário. A pontaria não é das melhores, mas a consistência na hora de marchar o campo o tornaram campeão nacional com Clemson.

Watson tem tudo para ser um dos bons nomes da NFL nesta temporada, mas o restante do time do Houston Texans precisa ajudar. A proteção no pocket é primordial para um bom ataque. Se Duane Brown voltar cedo, a tendência é que o time e quarterback evoluam juntos e ameacem novamente uma vaga nos playoffs, já que a divisão está bem equilibrada. Hoje, o calouro que dar novamente um grande presente a seus torcedores, e, se a obra seguir o roteiro já escrito, teremos uma apresentação de gala.