Arranha-céu de Mile High
Faltam 93 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: o momento em que um milagre empurrou uma zebra contra gigantes! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

“Homens acreditam no possível. Deus acredita no impossível”.

Isso foi o que Ray Lewis, LB do Baltimore Ravens disse ao repórter de campo da CBS Solomon Wilcots, no final de um dos jogos mais tensos da temporada 2012 da NFL. E talvez você, querido leitor e torcedor do Baltimore Ravens, não acredite em nenhum deus. Ou talvez acredite em um deus diferente da fé de Ray Lewis. Mas todos nós temos um sentimento em comum: o que foi feito em Denver era praticamente impossível. E quando essas coisas acontecem, a isso damos um nome. Milagre.

Denver Broncos e Baltimore Ravens marcaram um dos confrontos mais marcantes da história da NFL. De um lado, a franquia de Charm City vinha de uma vitória em casa contra o Indianapolis Colts e pegaria o que, talvez, seria seu adversário mais difícil até aquele momento.

Do outro, o primeiro colocado da conferência americana, com uma rodada de descanso e jogando com a vantagem do mando de campo. Ou seja, a 1600 metros de altitude no frio do Colorado.

Mesmo contando com talentos, principalmente na defesa como os dois “Hall of Famers” Ray Lewis e o Safety Ed Reed – e claro, Anquan Boldin, Ray Rice e Torey Smith no ataque -, os Broncos eram o time a ser batido na ocasião. Do outro lado havia o imparável Peyton Manning, um dos melhores de todos os tempos, e uma defesa boa o bastante para conduzir o time a um super bowl no ano seguinte à vitória no SB 50, mesmo com o QB em uma das suas piores fases, já em fim de carreira.

A vitória parecia certa para o time do Colorado. Joe Flacco, apesar de estar em sua melhor forma, não parecia ser capaz de levar o os Ravens ao próximo jogo, e restava a dúvida se uma defesa tão poderosa seria capaz de Peyton Manning.

Lewis e sua trupe fizeram o dever de casa, mas isso não foi suficiente para impedir que os Broncos chegassem ao final do último quarto liderando a partida pela diferença de uma posse de bola. E foi aí que veio o milagre…

Primeiro quarto

 

Possivelmente o mais agitado de todos em termos de placar, muito por conta de falhas defensivas de ambos os times. Uma amostra do quão tenso seria o jogo daqui pra frente.

12:14 TD Denver – Trindon Holliday

Os primeiros sete pontos do jogo vieram dos pés do retornador Trindon Holliday. Em uma falha de cobertura dos especialistas do Baltimore Ravens que deixaria o head coach John Harbaugh desorientado, Holliday correu 90 jardas no campo direto para a endzone. Curiosamente, este foi o primeiro retorno de punt para TD em pós temporada na história da franquia.

Jacoby Jones em seguida dropa a bola do kickoff e os Ravens começam na linha de 5 jardas. O que era dele ainda estaria guardado para o final.

10:31 TD Baltimore – Torrey Smith

Uma campanha que parecia morta já no primeiro drive foi ressuscitada após uma interferência de passe do CB Tony Carter no WR Tender Doss. Em uma 2nd & 2, Flacco acha Torey Smith livre após uma boa separação do marcador Champ Baley e faz um passe de 59 jardas. Tudo igual no Mile High

9:49 TD Baltimore – Corey Graham

Era uma 3rd & 7 para os Broncos e o que parecia uma recepção certeira de mais um passe de Peyton Manning acabou em desastre. Manning lança a bola nas mãos do WR Eric Decker, que a deixa escapar e cai no colo do CB Corey Graham na linha de 40 jardas. Baltimore Ravens vira o jogo.

4:02 TD Denver – Brandon Stokley

Quando tudo parecia mais tranquilo para os Ravens, passe de Peyton Manning na linha de 15 jardas do campo de ataque para o WR Brandon Stokley, que ganhou da marcação do CB Corey Graham para fazer o TD.

Segundo quarto

 

A partir daqui, o jogo começa a ficar tenso. Aqui e no quarto anterior, Flacco lança alguns overthrows para Torrey Smith, já ensaiando o que virá pela frente.

7:32 TD Denver – Knowshon Moreno

Formação shotgun na linha de 14 jardas. Manning faz um passe em uma 1st & 10 recepcionado pelo RB Knowshon Moreno.

0:36 TD Baltimore – Torrey Smith

Já no final do segundo quarto, um passe de Joe Flacco na linha de 32 jardas lançando para o WR Torrey Smith até a endzone ganhando a bola do marcador no alto.

Terceiro quarto

O mais “travado” até aqui. Denver achou a endzone adversária logo no começo e Baltimore fez as pazes com o marcador apenas quase no fim, depois de muita insistência.

14:47 TD Denver – Trindon Holliday

Aquele era um dia muito ruim para os defensores do time de especialistas de Baltimore. Ou um dia muito bom para Trindon Holliday. Retorno de kickoff para o início do terceiro quarto, 104 jardas, para deixar John Harbaughh sem reação.

Primeiro retorno de kickoff para TD em pós temporada na história da franquia. De novo…

0:20 TD Baltimore – Ray Rice

Depois de muito bater ocm a cara no muro durante todo o terceiro quarto, o time finalmente encaixou uma corrida de cinco jardas de Ray Rice por dentro das trincheiras até a Endzone. Quinto TD do jogador em pós temporada.

Último Quarto

Com o jogo completamente aberto, qualquer pontuação ali era fatal.

7:11 TD Denver – Demarius Thomas

1st & 10 na linha de 17 jardas do campo de ataque, passe de Peyton Manning para o WR Demaryius Thomas, quebrando dois takles no caminho, um deles de Ray Lewis.

Com 3:15 faltando no relógio, o Baltimore Ravens devolve a bola para os Broncos após drop de Dennis Pitta em uma tentativa de conversão de uma 4th & 5 na linha de 29 jardas. Créditos ao Safety Mike Adams.

Broncos não capitalizam e devolvem a bola para os Ravens em um punt. Baltimore recebe a bola na linha de 22 jardas, faltando 1:09 para o fim do jogo e sem timeouts para pedir. Bastava o Denver Broncos parar esse último avanço. Porém…

0:31 TD Baltimore – Jacoby Jones e o Milagre de Mile High

Algumas das características mais elogiadas de Joe Flacco sempre foram seu braço forte e sua paciência dentro do pocket. Essa última se perder após a lesão nas costas.

Flacco recebe o snap com 41 segundos no relógio. Faz o dropback e, ao ver o pocket entrar em colapso, se projeta para frente e faz um passe de 70 jardas linha de 30 do campo de defesa em uma 3rd & 3, encontrando o WR Jacob Jones completamente aberto na sideline, que recebe a bola na linha de 20 do campo de defesa e corre praticamente sem marcação para a endzone.

O Strong Safety Mike Adams tenta chegar na cobertura, mas pula adiantado e não consegue alcançar a bola que cai no colo de Jacoby Jones. Touchdown e o jogo termina empatado em 35 a 35.

O overtime ainda propiciou alguns sustos como os vários flertes de Joe Flacco com a interceptação. Coisa que, no fim das contas, acabou acontecendo com Peyton Manning.

 

O drama terminaria com um field Goal de 47 jardas, do então calouro de primeiro ano Justin Tucker, fechando a conta em 38 a 35, levando o Baltimore Ravens à sua segunda final de conferência seguida, a terceira em cinco anos da era John Harbaugh.

Aquele começo de ano de 2013 ainda reservava outros momentos dramáticos e felizes para a torcida dos Ravens, mas essas nós vamos guardar para uma outra hora.

 

Data 12 de Janeiro de, 19:30 BSB
Stadium Sports Authority Field at Mile High, Denver, Colorado
Favorite Broncos por 9.5 pontos
Árbitro Bill Vinovich
Público 76,732

 

DEIXE UMA RESPOSTA