Faltam 84 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: o momento em que uma lesão assustou todo um país! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

Joe Theismann liderou o Washington Redskins ao título do Super Bowl XVII, mas seu potencial nunca foi alcançado, graças a uma lesão assustadora que encerrou sua carreira.

O Redskins enfrentava o rival de divisão New York Giants num Monday Night Football em 18 de Novembro de 1985. Theismann entregou a bola para o seu running back, que a devolveu em uma jogada flea-flicker, quando o linebacker Lawrence Taylor, do Giants, pulou sobre suas costas por trás, em um sack, em uma das lesões mais fortes da história da NFL. No lance, Taylor derrubou o QB no chão, e imediatamente correu gritando por socorro médico para a sideline do Redskins, com as mãos na cabeça, incrédulo. O replay mostra uma das pernas de Theismann se partindo na queda.

“A dor era inacreditável. Tudo aconteceu tão de repente, quebrou como se fosse um palito. O som dos ossos pareceu com dois tiros. Pow, pow!”, disse o ex-Redskins. Em 1985 o Monday Night Football era transmitdo nacionalmente, e milhões de pessoas em todo o país estavam sintonizadas assistindo ao lance, que você pode assistir no vídeo abaixo (CUIDADO, CENAS FORTES!)

DEIXE UMA RESPOSTA