Faltam 74 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: uma jogada fenomenal… pro lado errado! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

O defensive end Jim Marshall teve uma carreira espetacular. Depois de um ano em Cleveland, ele se juntou ao recém-fundado Minnesota Vikings, se tornando uma figura onipresente na defesa pelos 19 anos seguintes, indo ao Pro Bowl duas vezes e 3 eleições para o ALL-NFL Team. Quando se aposentou em 1979, Jim era o jogador com mais jogos disputados em sequência, 282. Mas por uma jogada em um jogo, ele cometeu a maior gafe já vista numa partida.

O Vikings estava visitando o 49ers no Kezar Stadium, em San Francisco, em 25 de Outubro de 1964. No 4º quarto, San Francisco tinha a bola tentando diminuir a vantagem do Vikings, 27-17. O quarterback George Mira lançou para Billy Kilmer (um RB que depois viria a jogar como QB). Kilmer foi tackleado e soltou a bola, rapidamente recuperada por Jim Marshall, que disparou na direção da endzone, 66 jardas. O problema é que durante a jogada ele havia virado, perdido o senso de direção, e estava correndo para o lado errado.

Bruce Bosley, center dos Niners, acompanhou a jogada, imaginando que Marshall iria tentar dar a volta pra direção certa. Quando Jim finalmente cruzou a linha de gol e jogou a bola longe, dando um safety para o 49ers, Bruce foi o primeiro a cumprimentá-lo: “obrigado, ajudaria muito mais algumas dessas”. E se por um acaso Marshall tivesse apenas largado a bola dentro da endzone, um novo fumble teria sido cometido, e Bosley poderia simplesmente agarrar a bola para um touchdown.

Felizmente para Marshall, sua falha não causou a derrota do Vikings. Na verdade, ele ainda teria um sack e um fumble forçado pra garantir a vitória contra o 49ers, que conseguiu apenas o safety e mais um FG, fechando o placar em 27-22 para Minnesota.

O Minnesota Vikings teria a sua primeira temporada com campanha positiva na história da franquia, 8-5-1. Mas aquela corrida errada permanece pra sempre na história da NFL.

DEIXE UMA RESPOSTA