Foto: USA Today Sports
Faltam 86 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: a recepção não marcada mais famosa da história! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

A arbitragem na NFL muitas vezes é desastrosa, isso é consenso geral entre os fãs do esporte. Mas, muitos erros acontecem por conta de regras que não são muito claras e abrem espaço para interpretação polêmicas.

A história de muitas partidas poderiam ter sido completamente diferentes, como o jogo da rodada divisional da NFC entre Dallas Cowboys e Green Bay Packers na temporada de 2014/2015. Faltando 5 minutos para o final da partida, os Cowboys resolveram arriscar a quarta descida, então, o quarterback Tony Romo tentou o passe e o wide receiver Dez Bryant conseguiu a recepção que deixaria Dallas a apenas uma jarda do touchdown da virada.

Porém, esse touchdown não teve nem chance de acontecer. O técnico dos Packers desafiou a marcação de passe completo feita em campo e a arbitragem, após rever a jogada, voltou atrás. Os juízes chegaram à conclusão que Dez Bryant perdeu o controle da bola enquanto ainda estava caindo no chão e por isso seria, de acordo com as regras, um passe incompleto. Os Packers acabaram vencendo o jogo por 26-21.

A discussão em torno da regra e da decisão dos árbitros foi enorme. Em 2017 houve mais uma polêmica parecida em um jogo de temporada regular entre Steelers e Patriots. Hoje em dia, o jogador não precisa mais manter o controle da bola durante todo o processo de recepção. Essa mudança nas regras foi aprovada por unanimidade pelos donos das 32 franquias da NFL, na Reunião Anual da Liga de 2018. Antes tarde o que nunca, não é mesmo?

Enfim, nunca saberemos se o Dallas Cowboys realmente teria ganhado aquele fatídico jogo em 2015, só o que sabemos é que, de fato, Dez Bryant conseguiu a recepção.

DEIXE UMA RESPOSTA