Faltam 27 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: a homenagem de Marquise Goodwin a seu filho. Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

Jogadores, humanos que são, também estão sujeitos às infelicidades da vida. Por vezes nos deparamos com notícias de atletas tendo que superar perdas enormes. Como exemplo temos o caso de Brett Favre jogando um MNF após perder seu pai. Marquise Goodwin, wide receiver do San Francisco 49ers, teve uma perda também incomensurável.

Além do futebol americano, Goodwin se dedica ao atletismo, tendo inclusive participado da Olimpíada de 2012. E foi no esporte que ele encontrou sua parceira. Casou-se com Morgan Snow, que ganhou duas medalhas de ouro também em 2012, mas no Campeonato Mundial sub-20 de Atletismo.

No dia 12 de Novembro de 2017 o 49ers enfrentaria o New York Giants, partida válida pela semana 10. Goodwin, que não vinha tendo uma boa temporada, tinha motivos para sorrir. Sua mulher estava grávida, em breve nasceria o primeiro filho do casal. Horas antes da partida, porém, algo de uma relevância muito maior aconteceu. Morgan teve complicações em sua gravidez e perdeu o bebê.

A notícia obviamente abalou o recebedor, que tinha que decidir entre jogar ou não. Goodwin não apenas foi a campo, ele iniciou a virada de seu time em um touchdown monumental. Mas todo o jogo ficou em segundo plano, pequeno demais se comparado à vida de uma criança. Goodwin então, após seu touchdown de 83 jardas, teve uma das comemorações mais emocionantes da liga.

DEIXE UMA RESPOSTA