Faltam 61 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: A vitória do Cleveland Browns em sua estreia na NFL! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

Imagine uma partida entre o Liverpool, atual campeão da Champions League e o Gama, atual campeão candango. Ou ainda a campeã mundial França contra o time húngaro Ferencváros. Na bola oval, o quase imbatível Patriots num duelo com o Valdosta State, time da segunda divisão do college. Duelos em que o favoritismo salta aos olhos. A única maneira dos azarões saírem vencedores seria um delírio coletivo. Era esse o clima para a partida entre Philadelphia Eagles e Cleveland Browns, a abertura da temporada de 1950.

Olhando em perspectiva, é impensável desprezar uma equipe que contava com Otto Graham, Lou Groza, Marion Motley e Bill Willis (todos Hall of Famers) e ainda tinha o lendário Paul Brown como head coach. Entretanto, 1950 marcava a estreia da equipe na NFL. Paul Brown, inclusive, era tratado como um inferior. “Treinador de high school” eles diziam. Durantes os quatro anos anteriores, a equipe competia na All-America Football Conference (AAFC). Não só chegara a todas as finas como também as vencera. Ainda assim, não era tratada com respeito pelas outras franquias.

A abertura ter sido contra o Eagles não foi mero acaso. A partida reuniu os campeões das duas ligas, e a expectativa era que o campeão da NFL colocasse esses novatos em seu devido lugar. O Eagles vinha de duas conquistas consecutivas na NFL. E ainda contava com quatro jogadores que entrariam para o Hall of Fame, além de seu head coach Greasy Neale. Se tinha um time qualificado para supostamente humilhar o Browns, esse time era o Eagles.

Mais de setenta e uma mil pessoas foram até o Philadelphia Municipal Stadium presenciar uma das maiores zebras da história da NFL. Toda a discrepância entre os times pregada antes da partida se provou real, mas com os polos invertidos. O Browns era rápido demais. Forte demais. Bom demais. O primeiro tempo terminou em 14-3, mas a impressão era de que a partida já estava decidida. E de fato estava. Com mais três touchdowns, o Browns mostrou a que veio e calou os incrédulos e zombadores.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA