Já se passou um quarto da temporada regular, e podemos dizer que ela foi uma verdadeira montanha russa, os torcedores foram da euforia depois de uma boa pré-temporada ao desespero depois dos dois primeiros jogos, e de volta a euforia chegando na bye week. A equipe começou a temporada muito mal, com a defesa apresentando desempenhos terríveis e o ataque sem engrenar, porém, chegando na semana de folga, os fãs podem ficar otimistas, isso porque o ataque parece estar voltando ao normal e a defesa vem em um crescimento exponencial, jogando de forma agressiva e sem se expor, o que culminou com uma vitória na semana 04 sem ceder nenhum ponto para a equipe dos Dolphins, o que não era visto há muito tempo em New Orleans. Agora vou mostrar os pontos positivos e negativos que puderam ser vistos nesses quatro primeiros jogos, com o que se pode esperar no resto da temporada.

Pontos positivos:

  • Show de Calouros:

O que um bom draft não faz?  Dos sete jogadores draftados esse ano, podemos dizer que cinco estão tendo papel fundamental na equipe, Lattimore vem sendo o melhor Cornerback do time, anulando os seus adversários, Ramczyk surpreendeu a todos, ele está dando solidez à linha ofensiva e mostrando versatilidade ao atuar em ambos os lados da linha com regularidade. Marcus Williams vem sendo ótimo Free Safety, cobrindo bem os seus Corners, e aos poucos melhorando no aspecto ‘Tackle’, Alvin Kamara, nas últimas partidas tem sido um fenômeno, dando a Brees uma alternativa que não tem desde Darren Sproles, foi o único jogador da equipe até o momento com um touchdown terrestre e um recebido. Alex Anzalone para mim, ao lado de Ramczyk foi a maior surpresa dos calouros, mostrou ótima visão de jogo e intensidade no acompanhamento das jogadas, vem se destacando nas coberturas de passe, algo que o Saints não tem em um Linebacker há muito tempo, porém, infelizmente Anzalone lesionou o ombro na última partida, ele vinha sendo peça chave no nível intermediário da defesa. Trey Hendrickson mostrou flashes nos momentos em que esteve em campo, e está lutando para se manter saudável, enquanto isso, Al-Quadin Muhammad, que teve ótimo desempenho na pré-temporada, pouco esteve relacionado nos jogos, uma pena, porque gostaria de vê-lo mais em campo, espero que ele consiga mais chances no futuro.

  • Linha Ofensiva:

Antes da temporada começar, a linha ofensiva do Saints já era cotada como uma das melhores da liga, porém Terron Armstead, seu melhor integrante, se lesionou antes da primeira partida, foi quando surgiu a dúvida se o calouro de Wisconsin Ryan Ramczyk iria dar conta do recado, ele surpreendeu a todos e mostrou que pode ser com êxito o sucessor de Zach Strief. Além de Ramczyk, os sempre regulares Max Unger e Strief (antes da lesão) não decepcionaram e tiveram boas performances, a nova contratação, Larry Warford, vem muito bem na proteção da linha, e Andrus Peat manteve seu crescimento da temporada passada e se encontrou como left guard, justificando, finalmente o porquê foi uma escolha de primeira rodada. Além dos cinco titulares, Senio Kelemete, vem cumprindo bem o seu papel de backup.

Ponto Negativo:

  • Jogo Terrestre

O jogo terrestre do Saints vem sendo muito frustrante nesse início de temporada, isso pode ser atribuído a esse rodízio que Sean Payton vem fazendo, não dando muita sequência a nenhum jogador, ou até mesmo ao fato de que os running backs não estão em boa fase. Mark Ingram, titular da equipe, demorou a engrenar, mas vem melhorando, ele vem de sua melhor temporada na liga e é esperado desempenho semelhante em 2017, acredito que ele irá melhorar, isso porque deverá ter mais corridas nesse restante de temporada, o Saints precisa ter um ataque mais equilibrado. Adrian Peterson não mostrou a que veio, muito reclamou que não estava tendo oportunidades, o que é verdade, porém nas oportunidades que teve mostrou desempenho pífio. Kamara foi uma boa surpresa desse grupo e deverá ter mais oportunidades a partir da próxima partida, apesar de estar sendo mais acionado em situações de passe, ele foi bem nos snaps em que teve que correr com a bola.

  • O que esperar para o restante da temporada

Para o restante de temporada, podemos ficar otimistas pois, se na semana 02 o sentimento era de 0-16, agora é possível acreditar em se classificar para os playoffs, isso porque importantes jogadores devem retornar ao time. No setor de ataque, Terron Armstead voltará e caso se mantenha saudável dará um sossego maior para Brees dentro do pocket, Wilie Snead é outro presente para nosso quarterback, o wide receiver é fundamental para esse ataque, e sempre desafoga o time em situações de 3º down. No lado defensivo, teremos por volta da semana 09, o retorno de Delvin Breaux, cornerback #1 da equipe, e um trio com Lattimore e PJ no slot é animador, apesar disso, enquanto ele não volta, Ken Crawley vem cumprindo muito bem o seu papel, e foi estatisticamente um dos melhores jogadores da posição da NFL nas últimas duas semanas. A volta desses jogadores atrelado ao crescimento recente dos calouros faz a torcida imaginar que o time tem tudo para chegar bem e entrosado no final da temporada, e com chances de chegar a pós temporada em uma difícil divisão em que não tem nada definido.