Todos nós da dub nation, lá no fundo,sabíamos que D’angelo Russel seria trocado em algum momento de sua estadia na Califórnia. Eu, particularmente, era defensor árduo disso, mas não imaginei que seria tão cedo, e com somente 4 meses de casa.

Pois é, hoje, 06/02/2020, o Warriors fechou uma trade com o Minnesota Timberwolves, envolvendo D’angelo Russel, Jacob Evans, e Omari Spellmann, por Andrew Wiggins, uma pick de primeiro round 2021 protegida top 3 (que vira uma pick de primeiro round sem proteção em 2022) e uma pick de segundo round de 2022.

O nome de Wiggins a princípio não me agrada pois, apesar de ser um jogador escolha número 1 geral do draft de 2014, nunca mostrou muito na NBA, pelo contrário, é visto como um jogador preguiçoso, e esse ponto é o que me chama atenção.

Antes de chegar ao Warriors, Glenn Robison III era um jogador fraco e teve uma bela transformação aqui. Isso me faz confiar que Wiggins pode seguir pelo mesmo caminho. É indiscutível que ele é talentoso, e talvez falte um Steve kerr em sua vida, para fazer as mudanças adequadas eu seu jogo, talvez falte um Stephen curry, um Klay Thompson no vestiário, alguém em que ele se inspire.

Eu sinceramente estou esperançoso, confio na comissão técnica, no nosso coaching staff, no front office e principalmente em Bob Myers. Vejo que eles sabem o que estão fazendo, e agora é pensar ainda mais em 2021 e no que esse time pode se tornar, o contender que estamos esperando.

Números de Andrew Wiggins
19/2020: 22.4 pontos, 5.2 rebotes, 3.7 assistências
Na carreira: 19.7 pontos, 4.3 rebotes, 2.3 assistências.

Por Abraão Carvalho, do @DrayGreen23

DEIXE UMA RESPOSTA