Draft 2020: BPA, OTs com ótima classe e needs

 

Pegando emprestado o bordão do querido Antonio Cruz, APORANGA nação pele vermelha! NFL Draft 2020 chegando e o Washington Redskins possui a segunda escolha geral. Muitos estão comentando sobre o que pode acontecer com nossa escolha. Veremos abaixo alguns cenários para o draft e com a indefinição de Trent Williams, em Draft 2020: BPA, OTs e needs, exploramos uma das opções neste draft e analisamos os prosectos de OT interessantes neste cenário.

Possibilidade de trade down

Muitos já têm consenso que a melhor opção seja ir de BPA e com Chase Young disponível na #2, a escolha certa seria selecionar o edge de Ohio State. Porém, ainda há a opção de trade down, alguns QBs podem estar disponíveis e isso pode modificar um pouco as coisas, como falamos no artigo anterior, Pensamentos quase acéfalos 2020.

Principalmente pela chance de pegar o QB Tua Tagovailoa, o Miami Dolphins aparece como principal candidato, porém outros times podem estar estudando dar trade up, até para selecionar Chase Young, quem sabe. O importante é aparecer uma possibilidade interessante de escolha (Para mim, no mínimo duas escolhas de 1st round). Portanto, precisamos avaliar este cenário.

Needs, OTs, CB, LB, TE, etc

Nosso time precisa fechar muitos buracos, tanto na defesa, quanto no ataque, a proteção de Haskins e também armas para ele lançar bolas. Dentre as principais, CBs, OT, LB e uma arma sólida de TE que nos falta desde os tempos áureos de Jordan Reed. Porém, para este ataque ter sucesso, é necessário que tenhamos um jogador sólido como LT, e a novela Trent Williams ainda está se arrastando. Vamos então analisar uma possibilidade de trade down por duas picks de primeiro round.

Cenário trade down por duas picks de 1st (top10 e top25)

Nesta situação, trocamos a #2 por duas escolhas de primeira rodada, (Miami possui a #5 e #18 e #26 escolhas, por exemplo) digamos #5 e #18. Neste range de top5, existem alguns prospectos formidáveis, incluindo Isaiah Simmons (LB de Clemson), Jeff Okudah (CB de Ohio St), entre alguns outros. Assim, pegaríamos uma peça defensiva importantíssima e ainda teríamos a #18 para escolher o melhor OT disponível. No Draft 2020: BPA, OTs com uma ótima classe, vamos conferir.

1) Andrew Thomas (Georgia Bulldogs)

OT Andrew Thomas #71, em partida por Georgia Bulldogs

Thomas é um prospecto muito interessante. Com braços medindo 36.13 in, Andrew pode ser aquele OT elite no pass pro. Tem condições de ser titular no dia 1, e sólida chance de Pro Bowl.

Positivo: Ótimo tamanho e boa técnica, com braços longos para proteger bem nas pontas
Negativo: Adaptação ao nível de competição da NFL
Grade: A-

2) Mekhi Becton (Louisville Cardinals)

Draft 2020: BPA, OTs
O tackle Mekhi Becton, em partida pela universidade de Louisville

Com impressionantes 6’7”, tem habilidade atlética muito boa para seu grande tamanho, pode ser uma alternativa muito boa para o jogo corrido por sua boa movimentação.

 

Positivo: Excelente físico, 6’7” e 357 lbs para segurar rushers
Negativo: Falta de mobilidade devido ao grande tamanho
Grade: B+

3) Tristan Wirfs (Iowa Hawkeyes)

Draft 2020: BPA, OTs
Offensive tackle Tristan Wirfs, de Iowa Buckeyes, pode fazer dupla com Scherff nos Redskins

Tristan Wirfs é cotado por alguns analistas com o mais sólido prospecto para OT. Com seu incrível tempo no 40 dash de 4.85 segundos, tem a velociade como ótima opção para esquemas com passes rápios e screens.

 

Positivo: Ótima velocidade para avançar
Negativo: Talvez seja mais eficiente na NFL como guard
Grade: A-

4) Jedrick Wills (Alabama Crimson Tide)

Draft 2020: BPA, OTs
OT Jedrick Wills #74 em ação por Alabama Crimson Tide

Já outros apontam Jedrick Wills como o OT mais técnico deste draft. O tackle protegeu Tua Tagovailoa e vem de uma universidade que prepara bem OLs. É um candidato e tanto para ser franchise LT na NFL.

 

Positivo: Ótima técnica nos bloqueios
Negativo: Bloqueios no segundo nível da defesa
Grade: A

5) Josh Jones (Houston Cougars)

Draft 2020: BPA, OTs
OT Josh Jones #74 em partida pelos Houston Cougars

Josh Jones corre por fora nesta lista. Alguns colocam ele como o quinto OT que será escolhido no draft, apesar de Austin Jackson ser interessante também. Mesmo com menos talento, Jones pode ser um escolha para começar no banco e ir sendo desenvolvido aos poucos. Uma opção para fim de primeira rodada, mas pode sair na segunda rodada.

Positivo: Bom peso (311 lbs)
Negativo: 40 dash lento (5.27 s)
Grade: B-

Menção honrosa: Austin Jackson (OT, USC), Isaiah Wilson (OT, Georgia), Prince Tega Wanogho (OT, Auburn).

Conclusão

Portanto, como vimos, temos várias opções interessantes para a linha ofensiva, caso essa estratégia seja tomada. Uma boa indicação de leitura é a thread do pessoal do @canalzonafa no twitter, thread sobre os OTs de 2020.

E por hora é isto, ao longo da semana iremos trazer mais conteúdo sobre o NFL Draft 2020.

Saudações nação!
#HTTR

texto por Diogo Araujo (tt: @diogoniiiii)

__
“Hail to the Redskins, hail victory! Braves on the warpath, fight for old D.C.!”

DEIXE UMA RESPOSTA