Depois de perder sua sexta partida seguida na temporada e de ter um dos ataques menos eficientes da liga, o Denver Broncos demite Mike McCoy, coordenador ofensivo. Agora Bill Musgrave, técnico de quarterbacks, assume a posição de OC, enquanto Klint Kubiak (um dos filhos de Gary Kubiak, ex-quarterbackhead coach de Denver), substituirá Musgrave como treinador de QBs.

Esta é a segunda demissão de McCoy nos últimos 10 meses: ao fim da temporada 2016 perdeu o cargo de head coach do rival San Diego Chargers (agora Los Angeles). Era a segunda passagem de McCoy com o Broncos, onde foi coordenador ofensivo entre 2010 e 2012 (incluindo o primeiro ano de Peyton Manning na franquia).

O Broncos foi derrotado neste domingo pelo Cincinnati Bengals, e chegou a sua 7ª derrota na temporada, não conseguindo marcar 20 pontos em nenhuma delas. O time se encontra na 18ª posição da liga em jardas totais avançadas (329,8 por jogo), mas apenas em 24º em pontos marcados (18,3 por jogo) e 30º em eficiência de touchdowns marcados (17 TDs do time de ataque).

Bill Musgrave já foi coordenador ofensivo do Oakland Raiders, Minnesota Vikings, Jacksonville Jaguars e Carolina Panthers, e jogou em Denver na época do CEO/GM John Elway. Será dele o papel de ajustar um ataque que continua improdutivo mesmo com trocas de quarterbacks (Trevor Siemian começou o ano, Brock Osweiler assumiu e Paxton Lynch aguarda na fila).