A NBA já passou da metade de sua temporada. Com isso, as equipes já sabem pelo o que brigar, quem já deve pensar no ano que vem e quem já está com a cabeça nos playoffs. Além disso, também está afunilando a briga pelo MVP, e temos um grande favorito, mas será que alguém pode surpreender?

O FAVORITO

– Giannis Antetokounmpo

Back-to-back MVP? O Grego é o favorito até o momento para a conquista da honraria. Com uma temporada extraordinária e liderando os Bucks à melhor campanha não só do Leste, mas de toda NBA com 50 vitórias e apenas oito derrotas, é difícil imaginar que o prêmio seja dado para outro jogador. Seus números são impressionantes e mostram que Antetokounmpo poderá ser o jogador mais dominante da NBA nas próximas temporadas. Se temporada passada alguns acharam injusto o prêmio ter sido do Greek Freak, esse ano não temos duvidas de que ele é o principal favorito.

Médias: 29.7 pontos, 13.7 rebotes, 5.8 assistências, 1.1 de tocos e roubos de bola.

CORREM POR FORA

– James Harden

Harden só não aparece em primeiro na lista pela campanha maravilhosa de Giannis e os Bucks. O Barba é o líder de Houston e sempre coloca sua equipe em boa posição de playoffs e apesar do fraco inicio de temporada dos Rockets, ele sempre esteve entre os favoritos para a honraria. Muitos não gostam de seu estilo de jogo, mas não podemos negar que Harden é um dos maiores e melhores chutadores que a NBA já viu em toda sua história.

Médias: 35.3 pontos (!), 6.4 rebotes, 7.4 assistências, 1.7 roubos de bola e 1.0 tocos.

– LeBron James

LeBron James estaria brigando seriamente pelo MVP caso fosse dois ou três anos atrás ou se a temporada de Giannis e Harden não fossem tão boas. O “King”, após um temporada decepcionante com Lakers na temporada passada, recebeu um presente do front office e agora vê Anthony Davis jogando ao seu lado. É o líder da equipe de L.A, que é a primeiro colocado no Oeste.

Médias: 25.5 pontos, 10.6 assistências, 7.7 rebotes e 1.2 roubos de bola.

– Anthony Davis

O ala-pivô em sua primeira temporada como um Laker parece que sempre esteve por ali. Seu entrosamento com LeBron, sua dominância no garrafão e a campanha de Los Angeles, fazem dele um “outsider” nessa corrida pelo MVP. Completo tanto na defesa como no ataque, será o principal jogador dos Lakers em poucos anos, já que LeBron James é um jogador de 35 anos e deve parar bem antes de A.D. Davis deverá disputar ainda o Defensive Player of Year com Rudy Gobert e Ben Simmons e, até o momento, é o favorito para maior defensor da liga.

Médias: 26.7 pontos, 9.5 rebotes, 3.3 assistências, 2.5 tocos (!) e 1.5 roubos de bola.

OLHO NOS MENINOS

– Luka Doncic

O queridinho de todos torcedores da NBA. Em seu segundo ano, Doncic já se mostra um jogador completo em muitos aspectos. Apesar de seu atleticismo fraco, seu QI de basquete compensa qualquer força física. Inteligente, sabe criar o próprio arremesso e está fazendo dos Mavs um “outsider” na briga pelos playoffs, podendo surpreender algum dos favoritos. Se nenhuma lesão atrapalhar sua carreira, com toda certeza um dia será MVP da NBA.

Médias: 28.8 pontos, 9.5 rebotes, 8.7 assistências e 1.0 roubos de bola.

– Jayson Tatum

Com muitas dúvidas antes da temporada, era difícil imaginar que após perder jogadores importantes como Irving e Horford, o Celtics faria uma temporada tão boa. E grande parte disso, com certeza se deve a grande evolução de Jayson Tatum. Após a partida que resultou na derrota do Celtics diante o rival Lakers, LeBron James fez um post “rasgando a seda” em uma de suas redes sociais para o ala do alviverde, chamando-o de “Menino Problema”. Tatum fez um mês de Fevereiro digno de Superstar e é preciso ficar de olho nele para os próximos anos.

Médias: 23.1 pontos, 6.9 rebotes, 2.9 assistências e 1.1 roubos de bola.

– Trae Young

Caso “Ice” Trae estivesse tendo uma campanha melhor com os Hawks, estaria na briga com os cachorros grandes da liga pelo prêmio de MVP. Titular no All-Star Game e um cestinha-nato, Trae Young é inteligente, ótimo playmaker e tem uma estrela muito grande. Juntamente com os três anteriormente citados, é um jovem que poderá receber a honraria durante seus próximos anos na NBA. E esse é só seu segundo ano.

Médias: 29.9 pontos, 9.2 assistências, 4.4 rebotes e 1.1 roubos de bola.

DEIXE UMA RESPOSTA