Série de postagens sobre as escolhas do Steelers no draft de 2019. Nesta série daremos uma visão geral sobre os jogadores que selecionamos, como podem contribuir já no ano de calouro e qual a nossa previsão quanto sua utilização no roster final.

 

Terceira Rodada – 83rd overall:

JUSTIN LAYNE – CORNERBACK – MICHIGAN STATE

Classe: Junior.
Altura: 6′ 2″ (1.88m).
Peso: 192lbs (87,1kgs)
Idade: 21 anos.

 

  • Pontos Positivos

Tem um excelente frame, braços longos e é bem flexível. Isso o torna um prato cheio de potencial para a posição.

Tem um excelente salto e pode-se ver facilmente na sua tape como tenta usar o pulo uma arma à seu favor. Além disso, embora não tenha boa técnica, não foge do tackle. E quando consegue o tackle o faz com força e firme.

É novo, porém tem experiência e produtividade no tempo que foi titular. Foi versátil no college atuando tanto no inside quanto no outside, mas na NFL deve se fixar jogando no outside.

Parece confortável jogando no esquema de press/man coverage e isso é ótimo pois é um esquema que temos usado bastante. Tanto sempre é solicito para ajudar na defesa contra a corrida e em blitzes.

  • Pontos Negativos

Não é veloz, principalmente na vertical. É facilmente batido por recebedores mais velozes. Além disso não tem uma técnica muito apurada para tackles, as vezes mirando muito embaixo.

Ball skills são quase inexistentes, o que para um WR convertido para CB é péssimo. Produz poucos turnovers.

  • Reação à escolha

Dos CBs que estavam disponíveis era das melhores opções. E nada contra o prospecto em si, mas o casamento não é dos mais perfeitos.

Layne é o protótipo preferido do Steelers para CB, mas temos um histórico terrível desenvolvendo CBs desse protótipo. A escolha é boa, e fica a esperança que Tyrel Austin consiga desenvolver ele.

  • Projeção para o ano de calouro

Justin Layne será um jogador de depth. Os titulares inquestionáveis da posição são Joe Haden e Steven Nelson. Como joga apenas no outside então ainda deve ficar atrás de Mike Hilton e Cam Sutton no depth chart, fazendo com que seja basicamente a última opção na posição.

Vem para ser trabalhado e lapidado para o futuro. Fará parte dos 53 finais com toda certeza.

 

Não esqueçam de nos seguir nas redes sociais para podermos debater Steelers.

Twitter: @blackyellowbr

Instagram: blackyellowbr

E também no twitter em @lopesjsantos e @gabriel_amd.

Um abraço e Here we go!

DEIXE UMA RESPOSTA