PhinsUp, torcida do Miami Dolphins! Chegamos em nosso octogésimo segundo episódio do Phinscast e Rafael Leal (@BRDolphins), ao lado de Marcos Vieira (@MarcosVieiraNFL) vêm comentar sobre a vitória que decretou a varrida contra eles, o New York Jets, por 20 a 3, em partida realizada em Miami. Na soma dos dois jogos, o placar agregado foi de 44 a 3!!! Lindo!

Se a vitória não foi das mais vistosas, vencer é vencer, como diria o filósofo Dominic Toretto. O resultado deixa os Dolphins na sexta colocação da AFC e muito na briga por uma das vagas aos playoffs. Perder aqui seria jogar toda a temporada fora. Então, é inegável que se contentar com a vitória, mesmo em jogar um grande jogo.

Falamos (e muito) sobre os recordes históricos dos Dolphins contra seus rivais de divisão e sobre todos os demais na NFL. E isso agora será algo recorrente no Phinscast para que novos e velhos torcedores do time tenham a real dimensão da história de uma das maiores franquias da liga. Acabou a freguesia para nosso principal rival e isso precisa ser muito valorizado.

E como já é nossa rotina, trazemos o que esperamos para a partida contra o Cincinnati Bengals e nossa previsões, por mais óbvias que elas sejam.

MENCIONADOS NO EPISÓDIO
  • Não existe vitória feia, feio é não vencer os Jets
  • Defesa melhor e ataque inoperante
  • Soluções e problemas para o time
  • Palpites para o jogo contra os Bengals

DEIXE UMA RESPOSTA