Semana 5: Washington Redskins 19 @ 43 New Orleans Saints

O jogo do Monday Night Football de ontem foi um daqueles jogos que tudo deu certo para o adversário(que contou com seu QB fazendo história), e tudo deu errado para nós. Aliás, isso é comum no Primetime de segunda-feira para o Redskins, haja visto nosso pífio desempenho se tratando desses jogos.

Washington Redskins 19 @ 43 New Orleans Saints

Ataque: Análise Geral

Mas o que fizemos de errado? Então, meus caros, a lista é longa. Como você deixa seu melhor jogador recebendo a bola ter apenas 1 recepção no jogo? Jordan Reed simplesmente não foi envolvido no jogo, e não está sendo na temporada toda. Paul Richardson fez uma recepção incrível, e não recebeu mais bolas. Jamison Crowder, que sabemos que podemos confiar, está sendo esquecido.

Jogo Terrestre

Para vocês terem uma noção, Adrian Peterson, que nunca foi um grande recebedor de passes, recebeu mais bolas que o nossos melhores recebedores. Eu sinceramente não entendo nosso gameplan, e o motivo de darmos a bola em excesso para nossos RBs. Tudo bem, Chris Thompson é ótimo recebedor, mas isso se torna um vício, e esquecemos do que temos.

Ausência de Jordan Reed

Qualquer time que contasse com um TE como Reed, o usaria em excesso. Isso é medo de causar uma contusão? Quem vê nossos jogos de antigamente e vê os de hoje fica chocado, quando Reed era alvo várias vezes por jogo (e sempre pegou quase todos os passes), e hoje, parece não confiarem mais nele, sendo que a única bola digna que lançaram em sua direção ele fez uma ótima recepção, para 21 jardas.

Noite infeliz de Alex Smith

Smith, em seu pior jogo como um Redskin, tomou decisões erradas, errou passes demais, e foi interceptado para 76 jardas. O pior, é que em sua interceptação, Crowder passa livre cruzando a parte direita do campo, um TD fácil. Mas ele hesita, demora, e lança quando ele já está marcado, culminando na interceptação.

O que foi algo que Alex Smith raramente faz, pois todos sabemos de sua fama de proteger muito bem a bola. Mas tirando esses erros, infelizmente ele está preso a um playbook limitado, muito diferente do que acontecia em Kansas City, haja visto que ele tinha Andy Reid, simplesmente um gênio se tratando de ataques, que o dava jogadas fabulosas na palma da mão para executar.

Washington Redskins 19 @ 43 New Orleans Saints
Wide receiver Paul Richardson faz uma bonita recepção durante o jogo Washington Redskins e New Orleans Saints, no Mercedes-Benz Superdome, em New Orleans, Lousiana (photo: redskins.com)

Análise Geral Defensiva

Norman em descendente

Falando de defesa agora, Josh Norman se esqueceu como joga futebol americano. Há dois anos atrás, era tido como um dos melhores, senão o melhor CB da liga. Esse ano, porém, na casa dos 30 anos, já foi queimado algumas vezes. Além disso, não teve nenhuma interceptação na última temporada. Apesar dos pesares, ele é melhor que o suplente, já que Stroman entrou no segundo tempo e cedeu uma big play de 55 jardas, após Gruden discutir com J-No.

Lentidão dos LBs

Mason Foster parece fora de ritmo de jogo, e nossos ILBs parecem estar sempre correndo atrasados nas jogadas. Ryan Kerrigan não está conseguindo sacks no QB, apresentando um desempenho abaixo de seu nível. Mas, ele sofre holdings descarados todos os jogos, e a arbitragem não marca nada.

Erros e faltas que custaram caro

Além da equipe não estar no seu melhor nível técnico ontem, também sofreu com a imaturidade. Como no lance do sack de Kerrigan (que havia sido seu primeiro na temporada), e receberíamos  a bola de volta. O jogo ainda estava disputado. E aí Montae Nicholson “garoteou” e deu um empurrão em Mark Ingram, e demos o first down de graça para eles.

Sequência da disputa pela NFC East e próximo duelo

O pior de irmos mal nesses jogos transmitidos é a visão que os torcedores ficam da gente, e como isso evita que consigamos novos torcedores, ficamos com imagem de chacota. Seguimos na liderança da NFC East (que está bem fraca, conosco e Eagles empatados e Cowboys com Giants na lama). Essa liderança pode cair a qualquer momento, lembremos que o Eagles é o campeão atual da liga, e não confiarei em nós se seguirmos com essa irregularidade, que já vem desde o ano passado.

O próximo confronto é com o Carolina Panthers, mais um jogo grande. Qual Redskins vamos ver? Aquele que realmente aciona seus melhores recebedores, impõe o jogo corrido, ou o que toma big play de 50 jardas sem qualquer tipo de marcação? Espero que o primeiro, senão uns ônibus iremos queimar. Presta atenção, time!

#HTTR
#EuSouRedskins

texto por Tales Machado (tt: @RedskinsDepre)
revisão por Diogo Miranda (tt: @diogoniiiii)

Hail, #RedskinsNation! Acompanhe o Podcast Redskins Brasil, assine o feed e não perca nenhum episódio. Siga também nossas redes sociais para ficar por dentro das notícias da franquia. Se gostou ou discordou de algo, deixe sua opinião nos comentários. No próximo domingo enfrentamos o Carolina Panthers no FedEx Field. Seguiremos debatendo sobre os Redskins, sempre na torcida para que este ano seja de muitas vitórias!

__
“Hail to the Redskins, hail victory! Braves on the warpath, fight for old D.C.!”

DEIXE UMA RESPOSTA