Nós já sabemos há muito tempo que os deuses do futebol têm um senso de humor macabro quando se trata de Cleveland Browns, mas nesta temporada eles estão abusando. O exemplo mais recente? O calouro selecionado na primeira rodada Corey Coleman quebrou a mão durante os treinos na quarta-feira e perderá alguns jogos, de acordo com o NFL Network Insider Ian Rapoport, aumentando as estatísticas da tragédia em Cleveland.

Coleman, que pegou cinco passes para 104 jardas e 2 touchdowns semana passada contra o Ravens, foi o ponto focal de um movimento reformulador liderado pelo novo treinador Hue Jackson. Agora, ele se junta ao quarterback Robert Griffin III (que foi colocado na injury reserve – IR – com uma lesão no ombro esquerdo) que ficará fora de 10 a 12 semanas.

E quando o mar de azar parecia ter acabado, o QB2 Josh McCown sofreu uma lesão no ombro durante a derrota para o Baltimore Ravens, desfalcando a equipe por mais algumas semanas. Outros jogadores lesionados são o center Cam Erving e promissor pass rusher Carl Nassib. Antes de iniciar a temporada o torcedor do Browns olhava o ataque com esperança, vendo em RG3 um QB com potencial, Coleman um wide receiver muito talentoso e um outro WR excelente que voltaria na semana 4 devido a suspensão.

Esse segundo wide receiver se chama Josh Gordon e ele não voltará tão cedo, pois o juizado de Ohio emitiu um mandado de prisão contra Gordon depois que ele não respondeu a pena de vários meses de intimações em um caso de paternidade, então depois de resolver suas pendências com a policia terá que ter uma nova conversa com Roger Goodell.

 

Fontes: http://www.cleveland.com/http://www.nfl.com/