Como comentamos no texto de mais cedo, Steelers ainda NÃO fechou seu roster final. No fim da tarde deste domingo, a equipe reforçou seu depth de safety com J.J. Wilcox. A negociação envolveu o Tampa Bay Buccanneers e a troca foi por uma escolha de 6° rodada no draft de 2018. Por sinal, a mesma que Kevin Colbert e cia conseguiram ontem ao negociar o WR Sammie Coates. No negócio com o Bucs ainda foi envolvida uma troca de 7° rodada no draft de 2019.

A posição de safety está enfrentando lesões. Mike Mitchell ficou na sideline durante grande parte do tranining camp, Jordan Dangerfiel está com uma lesão no tornozelo e Sean Davis perdeu alguns dias de treino. Apesar dos problemas, Jeremy Fowler, insider da ESPN, comentou no twitter que a equipe ainda planeja iniciar com Mitchell e Davis como seus titulares na semana 1 contra o Browns. 

Wilcox chegou no Buccanneers em Março depois de passar 4 temporadas no Dallas Cowboys. Por lá ele foi titular em 38 partidas e revezando bons e maus momentos. É um hard hitter, o que já mais do o credencia para ser um safety de Pittsburgh, e precisa só melhorar os ângulos nos tackles, de acordo com relatos da mídia que cobre o Dallas Cowboys.

https://twitter.com/Steel_Curtain4/status/904448863184068608

Mais recentemente, Gerald McCoy, grande astro da defesa de Tampa Bay, deu uma entrevista afirmando que Wilcox foi o jogador que mais atraiu atenção no training camp dele.

“Ele dominou no camp. Eu não sei se vocês falaram muito dele, mas ele dominou nos treinos. Nós na linha de defesa olhavámos para trás pra ver o que estavam fazendo e J.J. ganhava todas. Eles vão achar uma maneira de botá-lo em campo aqui”. 

Com boas credenciais, já podemos ficar animados com a nova adição do Steelers.