Aqui relatamos fatos ocorridos na semana, para facilitar a atualização de informações pelos apurados pelo trabalho.

Nesta semana especialmente, as notícias são um pouco deslocadas, já que temos dois jogos em quintas-feiras de forma sequencial.

Para não deixar o texto sujo, as lesões serão noticiadas somente quando houver alguma repercussão maior.

23/11/2017

Jogo bom, onde ganhamos com uma bela partida no segundo tempo do WR Jamison Crowder (7 recepções de 9 alvos, 141 jardas, 1 TD)  e do RB Samaje Perine (100 jardas corridas).  Fizemos nossa obrigação e nossa defesa deixou o ataque de Nova Iorque limitado a apenas 3 pontos: os demais sete advieram de uma pick six da defesa dos Liliputianos, que não interferiu no jogo apesar de deixa-lo, então, empatado em 10 pontos.  Estamos vivos na temporada, com 4% de chance de classificação, o que aumentará após nossa vitória contra Dallas semana que vem.

Mais importante para a continuidade da temporada: ao final do jogo, o técnico Jay Gruden NÃO TEVE NOVAS LESÕES PARA CONTAR EM SUA COLETIVA APÓS O JOGO!  Aleluia, Glória, Glória, Aleluia!

Resultado: New York Giants 10 @ 20 Washington Redskins

24/11/2017

Algumas estatísticas interessantes de depois do jogo:

– não tivemos fumbles no jogo, o que acabou com uma sequência incômoda, que estava durante toda esta temporada e uma parte da anterior;

– após cedermos apenas 1 sack no jogo anterior, sem Trent Williams e contra uma defesa que ainda é capacitada – ao contrário do ataque –, cedemos 6 sacks novamente, sentindo falta de Trent Williams na rotação da linha ofensiva;

– o LB Ryan Kerrigan fez seu 107º jogo seguido pelos Redskins – ele nunca perdeu um jogo em sua carreira e é agora o líder em jogos consecutivos entre LBs na NFL, além de, com seus dois sacks, somar agora 9 na temporada;

– o LB Junior Gallette registrou seu primeiro sack não dividido na temporada; o outro dos 4 sacks da partida foi feito pelo DL Anthony Lanier II, que também havia conseguido um no jogo anterior, contra os Saints

– mais um TD do WR Josh Doctson, seu 4º na temporada, que apesar de pouco acionado atraiu a marcação o jogo inteiro, terminando o jogo com apenas duas recepções em quatro alvos, para 28 jardas;

– além do grande jogo do RB Samaje Perine no segundo tempo sustentando o jogo corrido, o RB Byron Marshall mostrou que pode conseguir jogar por volta de 20% do que Cris Thompson estava fazendo na temporada: 4 carregadas para 18 jardas e 1 recepção para 12 jardas – esperemos que o “índice CT” do recém-contratado RB aumente com o decorrer dos jogos.

– desta vez, não fizemos pontos na primeira posse do jogo – algo razoavelmente esperado, tendo em vista o duelo dentro da divisão; com isso, fizemos pontos em primeiras posses em oito dos onze confrontos da temporada (só não fizemos pontos na semana um e na semana nove) – lembrando, mais uma vez,  que a primeira posse é onde mais podemos sentir o trabalho do técnico durante a semana de preparação;

Roster move: assinamos com o RB Kapri Bibbs (classe de 2014, undraft free agent de Colorado State), que tem 3 anos de experiência na NFL em practice squads ao redor da liga (Broncos e, em 2017, 49ers).

25/11/2017

Dia de repouso, sem notícias importantes – a não ser que o MVP da partida foi dado ao WR Jamison Crowder.  É a volta do Filho de Tiago Arrasta-multidão ao seu papel proeminente.

26/11/2017

Apesar de domingo, início dos treinos da semana, face à semana deslocada.

Em sua entrevista pré-jogo contra os Cowboys, alguns tópicos abordados pelo melhor QB de todos os tempos porque joga na franquia para a qual torço e é um homão da porra, Kirk Cousins, também conhecido como Kurt Primos, que disse:

– que se sente mais confortável em seu papel de passar experiência aos mais novos, agora que é um starter há três anos, podendo retribuir o papel que Pierre Garçon e DeSean Jackson tiveram para ele em seu início;

– que o primeiro TD do jogo, para o WR Jamison Crowder, onde ele saiu do pocket e achou o recebedor, advém de muito treinamento e confiança em seus recebedores, que é desenvolvida treino a treino;

– que acredita que o playcall de defesa dos Cowboys irá mudar, já que houve várias alterações nos jogadores dos Redskins entre o jogo passado (semana 8) e o próximo (semana 13);

– que não haverá alteração em seu modo de pensar, que é sempre sair 1-0 a cada jogo, até o final da temporada – não importando qual o record do time ou se há ou não chances de playoffs;

27/11/2017

Pequenas notícias da entrevista do HC Jay Gruden após o treino:

– não houve lesões hoje (toc, toc, toc, todos batemos na madeira após escrever ou ler esta frase, leitor!);

– o LB Junior Galette perdeu o treino hoje com algo semelhante a uma gripe, enquanto o S Montae Nicholson continua no protocolo de concussão;

– o CB Quinton Dunbar deve retornar para o jogo que vem;

– quanto ao TE Jordan Reed, ele quer retornar, mas estão sendo cautelosos com seu retorno (trabalhou com os técnicos de condicionamento físico).

– informou que o problema como C Chase Roullier é em sua mão que faz o snap, por isso não pode jogar como ocorre como DL Matt Ioannidis;

– por fim, acredita que o WR Josh Doctson terá um bom papel no jogo contra os Cowboys.

Uma nota necessária: hoje fez 10 anos que o S Sean Taylor nos deixou.  Leiam, vejam vídeos, comovam-se, procurem saber mais sobre esse jogador.  Jogava com paixão e adorava o jogo, perdeu a vida num roubo estúpido que acabou mal, mas está vivo em todos que o viram jogar ou mesmo que aprenderam sobre ele depois.

#21. Eternamente.

28/11/2017

Saíram os Power Rankins: com a vitória, estamos em 11º nos rankings da NFL.com (éramos 15º semana passada), 12º da ESPN (onde éramos 15º), além de 13º no ranking do USA Today (éramos 17º).

Melhor notícia do dia: o DL Jonathan Allen, maior steel do draft, está voltando gradualmente aos treinamentos, recuperando o condicionamento físico.  Esperemos que consiga voltar na semana 15, quando pode voltar a ser ativado!

29/11/2017

Sobre o LT Trent Williams, que não jogou contra os Giants: é esperado que volte a jogar, mesmo com sua lesão.  Ele não jogou em função da semana curta, e por conta disso é necessário que descanse mais que os demais jogadores.

Engatando o narrador esportivo nacional, com a volta desse monstro sagrado, de LT a RT, nossa OL vai de: Trentão, Ataúde, Viking Velho, Xerife e Moisés[1].  Na opinião deste escriba, suficiente contra a defesa sem Sean Lee dos Dallas Cowboys.

30/11/2017

Quarta-feira, excepcionalmente, dia de folga e preparação para o jogo de domingo contra os vaqueiros texanos (não, não vou escrever, mais uma vez, o nome daquele time sem personalidade, que tem um estádio num local com o mesmo nome do local do cemitério de veteranos de guerra, que fica em DC)!

Recomendamos ficar atento à página oficial dos Redskins para saber sobre o efetivo roster para o jogo: lesões demais para ser relatadas aqui…

http://www.redskins.com/team/injury-report.html

#HTTR

Texto por Antonio Cruz

Errata: no Semana anterior, o resultado do jogo contra os Saints foi informado erroneamente.  Não iremos informar o certo (Google está aí para isso), para que o modo full pistola não volte.


[1] Traduzindo: LT Trent Williams, RT Attauyo “Ty” Nsekhe, C  Tony Bergstrom, RG Brandon Scherff e RT Morgan Moses.