Aqui relatamos fatos ocorridos na semana, para facilitar a atualização de informações pelos apurados pelo trabalho.

Para não deixar o texto sujo, as lesões serão noticiadas somente quando houver alguma repercussão maior.

12/11/2017

Dia triste para o mundo pele-vermelha. Em um dia em que nossa defesa não entrou em campo durante praticamente todo o primeiro tempo de jogo, conseguimos levar quatro TDs para o projeto de Brian Hoyer de Minnesota, também conhecido como Case “close” Keenum. Apesar da esperança que brotou de duas interceptações do S DJ Swearinger na segunda etapa, levamos tantos pontos que não pudemos utilizar o jogo corrido de forma constante por estarmos atrás do placar. Outro ponto interessante, Rosa Vitoriosa, nosso kicker, acertou um FG de 55 jardas, o maior da franquia desde 2011. Mas perdemos para um time arrumadinho que vinha de semana bye – a diferença física foi evidente.
Resultado: Minnesota Vikings 38 @ 30 Washington Redskins

13/11/2017

Algumas estatísticas interessantes de depois do jogo:
– fizemos 30 pontos em uma defesa que não tinha cedido mais de 20 pontos para qualquer outra franquia, e está 7-2 na temporada;
– após cedermos 6 sacks no jogo anterior, com a volta da maioria de nossa linha ofensiva titular – com o C Chase Roullier tendo jogado a maioria dos snaps no lugar do C Spencer Long – , ainda que ainda baleada, somente cedeu 1 sack para o bom front seven de Minnesota;
– Ryan Kerrigan fez seu 105º jogo seguido pelos Redskins – ele nunca perdeu um jogo em sua carreira;
– fizemos pontos na primeira posse do jogo mais uma vez; com isso, fizemos pontos em primeiras posses em sete dos nove confrontos da temporada (só não fizemos pontos na semana um e na semana nove) – lembrando que a primeira posse é onde mais podemos sentir o trabalho do técnico durante a semana de preparação.
Roster move: assinamos o LB Otha Peters para o practice squad.

14/11/2017

Lesões, mais uma vez, ocasionando mudanças no roster, onde pusemos o RB “Fat” Rob Kelley (que, na opinião deste escriba, foi criminosamente atacado após um tackle na linha de scrimmage) e o LB Will Compton (que jogou mal enquanto esteve em campo) na injure reserve list.
Com isso, assinamos com os free agents RB Byron Marshall (calouro de 2016 da Univerdade de Oregon, que veio do practice squad de PHI com bons reviews por parte da imprensa especializada de lá – o que não quer dizer muita coisa, já que especialista em time sem anéis é algo meio blasé) e DL Caraun Reid (que tem experiência de 4 na NFL, tendo jogado pelos Lions e pelos Chargers no passado e estava sem time);
Ainda, dispensamos o DL Brandon Banks e, também, do practice squad, o DL Tavaris Barnes.
Saíram os Power Rankins: com a derrota, estamos em º nos rankings da NFL.com (éramos 13º semana passada) e da ESPN (onde éramos 13º), além de º no ranking do USA Today (éramos 10º).
15/11/2017
Mudanças no roster:
a) assinamos com o free agent LB Zach Vigil (três anos de experiência na NFL, com passagem pelos Dolphins como UFA em 2015; esteve conosco entre 20/12/2016 e o corte final dos 53 em 02/09/2017, quando assinou com o practice squad dos Bills, de onde foi dispensado em 31/10/2017) para nosso active roster.
b) assinamos para o practice squad o RB LeShun Daniels (rookie da Universidade de Iowa que passou pelos practice squads de NE e LAC) e o S Orion Stewart (rookie da Universidade de Baylor que passou pelos practice squads de DEN e BUF)
Em sua entrevista pré-jogo contra os Saints, alguns tópicos abordados pelo melhor QB de todos os tempos porque joga na franquia para a qual torço e é um homão da porra, Kirk Cousins, que disse:
– que admira muito Drew Brees, acompanhando-o desde seus tempos na Universidade de Purdue, estudando muito seu jogo para poder melhorar em campo;
– que é bastante difícil simular a pressão no pocket durante os treinos, mas é por isso que treina tanto, para conseguir lançar mesmo em tais situações;
– que confia que o RB Samaje Perine está melhorando seu jogo, atraindo a confiança de técnicos e demais jogadores;
– que a margem de erro entre uma temporada 6-10 e 10-6 é muito pequena, e o time está perseguindo vitórias apesar da extensa lista de lesões;
– que a defesa dos Saints está criando caos para os ataques que eles enfrentam, mas acredita que o time tem as ferramentas para conseguir passar por cima dos Saints.

16/11/2017

Uma boa notícia, mas com moderação, já que é decorrente de lesão: o LT TJ Clemmings, o pano de separação contratado para a reserva da reserva do LT Trent Williams, foi colocado na injury reserve list, e assinamos o G/T Tyler Catalina para seu lugar. Apesar de empolgado por não vermos mais o T TJ Clemmings, vulgo anta gorda, em campo, trata-se de lesão, o que é sempre ruim. Deus escreve certo por linhas tortas, dizem os que crêem – apesar de, como já pontuado, ter mais o que fazer do que pensar em futebol americano…

17/11/2017

Nesta sexta, mais uma vez o LT Trent Williams treinou limitadamente, mas provavelmente irá para o jogo. Estão fora do jogo contra os Saints o TE Jordan Reed, o C Spencer Long e o WR Terrelle Pryor – este último, inclusive, alegou estar com uma lesão desde a semana 2, o que pode mostrar o porque ele não tem alcançado as expectativas de antes da temporada iniciar.
Ficamos na expectativa para o retorno do TE Niles Paul e do DL Matt Ioannidis, ambos questionáveis para o jogo.

18/11/2017

Sábado, dia de folga e preparação para o jogo de domingo contra os Saints!
Recomendamos ficar atento à página oficial dos Redskins para saber sobre o efetivo roster para o jogo: lesões demais para ser relatadas aqui…
http://www.redskins.com/team/injury-report.html

#HTTR

Texto por Antonio Cruz