Redskins Nation, hoje se inicia oficialmente o período de Free Agency da NFL!

Durante os próximos dias, jogadores com contratos expirando ficam livres para assinar com qualquer franquia da liga. E isto desde 2000 vem sendo um período e tanto para os torcedores do Washington Redskins. Um dos times mais ativos nessa fase, e quase sempre com resultados desastrosos para o time.

Existem casos históricos de contratos ruins, na maioria dos casos jogadores veteranos. O problema é que time pagava muito mais do que o mercado indicava, ficando conhecido como ”King of Free Agency”. Todos esses casos foram na administração do seu atual dono, Daniel Snyder. Apesar de nos últimos anos não ter feito muitas loucuras, o passado dele não é nada agradável neste sentido.

Eis aqui os casos mais curiosos

    • CB Deion Sanders: Após ser cortado pelo time do Dallas Cowboys, foi contratado pelo Washington Redskins em um contrato de 7 anos, 56 milhões de dólares. Ficou apenas um ano na franquia e anunciou sua aposentadoria da liga. Tudo isso para decidir voltar à liga 2 anos depois para jogar pelo Baltimore Ravens.
    • Bruce Smith: Lendário defensor do time do Buffalo Bills que foi ao Super Bowl quatro anos seguidos no início dos anos 90. Já em sua 19ª temporada (isso, DÉCIMA NONA!) na liga, foi contratado em 2000 para um contrato de 5 anos, 23 milhões de dólares. Acabou jogando em apenas 3 deles (sem muito destaque), até ser dispensado pelo time em 2004.
    • DT Albert Haynesworth: Em 2008 ele era um dos defensores mais dominantes da liga pelo time do Tennensee Titans. Se tornou agente livre em 2009, e nas primeiras horas do período, o time fechou com ele um contrato de 7 Anos e 100 (CEM!) milhões de dólares. Dos sete anos, ficou apenas DOIS ANOS na equipe. Na maioria dos jogos jogando bem mal, fora de forma e muitas vezes arrumando encrenca no vestiário.
Albert Haynesworth, pior contratação da história dos Redskins
  • QB Donovan McNabb: QB histórico em Philadelphia, chegou a cinco finais de conferência desde 2000. No ano de 2009, tinha tido uma temporada já abaixo de seu nível. Tinha como backup Michael Vick, que era mais jovem, mesmo acabando de retornar a liga apos problemas com a justiça americana. O Philadelphia Eagles colocou ele à disposição para trade e o Redskins acabou dando uma escolha de 2ª rodada de 2010 e uma 4ª rodada de 2011 para contar com o QB. Em sua chegada ao time, brigou várias vezes com o técnico do time na época, Mike Shanahan. Várias vezes foi colocado como reserva. Foi dispensado apenas dois anos depois, após ter assinado uma extensão de 5 anos, 78 milhões de dólares. Jogou apenas mais 3 jogos pelo time após a assinatura do contrato.

Existem também casos que deram muito certo sob a administração Snyder

    • London Fletcher: Vindo do Buffalo Bills, o LB campeão do Super Bowl em 1999 pelo Rams chegou ao time em 2007 e virou um dos grandes defensores do time, sendo importante nas campanhas de 2007 e 2012, que culminaram em idas aos playoffs, ficando no time até sua aposentadoria em 2013.
    • Santana Moss: Veio do New York Jets por trade em 2005 e acabou sendo um ótimo WR até sua aposentadoria em 2015, fazendo anos bem consistentes. O ”Cowboy Killer” é até hoje venerado por torcedores do time.
Santana “Cowboy Killer” Moss, ótimo ex-wide receiver dos Redskins
  • Pierre Garçon: Jé numa epoca que Daniel Snyder não era tão gastador na free agency (muito pelo dead cap nos contratos de Haynesworth e McNabb), o time não poderia mais se dar ao luxo de errar nas contratações. Em 2012, acertaram em cheio. Pierre Garçon chegou a Washington vindo de 3 temporadas muito boas pelo indianapolis Colts. Assinou, então, um contrato de 5 anos, 42 milhões de dólares e que valeram cada centavo. Garçon sempre foi um alvo muito usado no time, em 2013 liderando a liga em recepções (113). Com poucos drops, mostrou ser um alvo confiável, principalmente em terceiras descidas.

O período de Free Agency se inicia hoje, 14 de Março às 18 horas (horário de Brasília). Este torcedor que vos escreve espera que não tenhamos surpresas (ou overpaids como Albert Haynesworth e Donovan McNabb) desta vez em Washington!

#HTTR
#EuSouRedskins

texto por Junior Gomes ( tt: @Junior_Gomes86)
revisão por Diogo Miranda (tt: @diogoniiiii)

DEIXE UMA RESPOSTA