Agora é oficial: o colecionador de anéis Tom Brady está indo pra Houston buscar mais um pra coleção no Super Bowl LI. Para isso, ele terá que passar por cima do Atlanta Falcons, o time mais regular dessa temporada, a equipe de Matt Ryan e seu bonde de recebedores.
Ver o time de Boston chegar a mais uma disputa se tornou quase rotineiro para todos os fãs da bola oval (a torcida dos Patriots agradece), e ninguém questiona a genialidade de Bill Belichick, tão pouco o talendo te Tom Brady, e muito menos a qualidade e competência de New England. Mas será que é só isso mesmo?
Já tem um tempo que venho falando o quanto o nível da AFC anda inferior ao da outra conferência, inclusive até fiz um texto anterior a respeito disso. Mas depois da final da conferência, eu fiquei mais convicto ainda de que as coisas dentro do lado A precisam melhorar, pois se do lado N podemos tirar pelo menos uns 7 times competitivos, fora os candidatos que podem correr por fora eventualmente, aqui o que temos visto são os mesmos de sempre: Broncos, Patriots e Steelers. Também os Colts podem ser incluídos nessa lista, ainda que a casa precise de arrumação de novo.
Olhe para todas as demais quinze equipes nesse ano responda: consegue imaginar alguém fazendo frente de verdade aos Patriots? Se jogarmos Brady e sua patota para a conferência Nacional, encontramos quem possa realmente trazer alguma dificuldade a New England. Inclusive o próprio Atlanta Falcons que as pessoas têm subestimado bastante.
E não, Pittsburgh Steelers não é esse time todo ou do contrário não teria passado sufoco em uma divisão Norte onde basicamente só tem ele e Baltimore Ravens com seu modesto 8-8. Eles foram para a final da conferência porque fizeram o feijão com arroz para classificar em primeiro – e diga-se de passagem que os Ravens foram eliminados por sua própria incompetência – pegaram um time fraco e outro inconstante. Afinal, campanha por campanha, os Chiefs foram melhores, mas vacilaram quando foi mais necessário.
Que na próxima temporada apareçam times competitivos de verdade, e não apenas gente que corre por fora em uma temporada e some depois de um tempo. Disputas são boas não só pro público que assiste mas para a própria franquia