Como será a semana 03 para o Redskins?

Depois da vitória na última semana em Los Angeles, o Washington Redskins volta a campo neste próximo domingo a noite, pela 3ª semana da temporada regular da NFL, contra, talvez, um dos mais fortes times da AFC, o Oakland Raiders, considerado por muitos como um dos contenders que podem bater o New Engrand Patriots na disputa pelo titulo da AFC.

O Redskins vem de um jogo bom contra o Rams, onde conseguiu estabelecer o jogo terrestre, uma das vontades do técnico Jay Gruden durante a offseason. Importante destacar que contra o Philadelphia Eagles o jogo corrido não encaixou (não passamos de 50 jardas), mas neste último jogo contra o Rams o time correu para 229 JARDAS, Maior número de jardas corridas num jogo desde a semana 17 de 2012. Porém, o ataque aéreo continua até certo ponto preocupante, muito pelo bom nível apresentado nos últimos anos pelo QB Kirk Cousins, que ainda não conseguiu reproduzir este nível de atuação neste ano.

Já o Oakland Raiders fez o que era esperado: passou por cima do New York Jets jogando em Oakland com grande apresentação do WR Michael Crabtree, com 3 Touchdowns no último jogo e está com uma campanha 2-0, empatado com o Kansas City Chiefs e com o Denver Broncos na liderança da AFC West.

A equipe de Oakland tem um excelente ataque, com bons nomes nas posições mais importantes, e conta com o craque Khalil Mack (OLB), um dos líderes da defesa, que possui melhores números contra o jogo terrestre do que contra o jogo aéreo.

FIQUE DE OLHO

– RB Chris Thompson: Nos últimos anos ele já vinha sendo muito importante como RB de terceiro down ou entrando em situações de screen pass, mas neste ano ele está se mostrando como um bom RB1 também, como vimos na corrida de 61 Jardas que resultou em seu 2º TD dele no último jogo, e nesse ano vem sendo considerado como o melhor jogador do time no ataque.

– RG Brandon Scherff: Não vem tendo um grande início de temporada (tendo cedido um sack e algumas pressões ao nosso QB) e, contra um dos melhores defensores da liga – Khalil Mack, será preciso conseguir uma atuação muito melhor do que a que ele vem tendo, para que nosso QB tenha tempo suficiente para encontrar nossos WR.

– Josh Norman/Bashuard Breeland: o início da temporada dos 2 é animador, cedendo poucas big plays em suas costas, mas o jogo deste domingo será um grande teste, contra uma das melhores duplas de WR da liga: Cooper e Crabtree.

– AC/DC/MC: Trio que vem jogando muito nos últimos anos e trazendo de volta a esperança de bons tempos ao Raiders. Amari Cooper e Derek Carr vinha sendo um dos melhores duos entre QB/WR da liga em 2015, e ainda tiveram a adição no ano passado de Michael Crabtree, vindo de SF, e juntos os 3 formam um dos melhores ataques aereos da NFL.

– Marshawn Lynch: Após um ano sabático em 2015, Lynch voltou para a liga nesse ano justamente onde queria, em Oakland, onde passou a maior parte de sua vida antes de ir para Seattle, e parece que está feliz da vida, vide a dancinha que o mesmo fez ao final do jogo contra o Jets.

– Khalil Mack: Talvez um dos melhores pass rushers da NFL, junto com Von Miller e JJ Watt, Mack é muito ágil, consegue chegar facilmente no QB e se a OL não estiver em um dia bom, o jogo promete ser longo para Kirk Cousins.

O QUE PRECISAMOS PARA GANHAR O JOGO

O Redskins pode ganhar o jogo se estabelecer o jogo terrestre de novo, mas contando com um pouco mais da ajuda do ataque aéreo, com jogadas em profundidade com Crowder e Pryor, valendo-se da secundária deficitária do Oakland Raiders.

O QUE NÃO PODE ACONTECER

O Redskins pode perder o jogo se a defesa cometer muitos erros e der espaços para Cooper e Crabtree fazerem as big plays. Além disto, temos que cuidar para termos bastante tempo de posse de bola e o ataque não pode sair logo de campo. Temos que dar seguimento as jogadas, como por exemplo com o running game, para deixarmos toda a responsabilidade do jogo na mão do Cousins.

PALAVRA DO ADVERSÁRIO

Nossos  amigos do @OakraidersBr falaram um pouco sobre o jogo do próximo domingo.

“O ataque do Oakland Raiders tem sido praticamente imparável e é difícil destacar apenas uma parte dele. Acho que o que eu posso dizer é que é uma unidade que funciona em conjunto – os jogadores fazem aqueles que estão ao seu redor serem melhores. Derek Carr é ajudado pela linha ofensiva, inteiramente talentosa (exceto na posição de right tackle) e que raramente permite pressões, mas o caminho inverso também é verdadeiro, já que ele é o quarterback que solta mais rápido a bola na NFL (2 segundos após o snap em média, segundo o PFF). A mesma relação vale entre os atletas da OL e os Marshawn Lynch, que é capaz de

quebrar tackles quando os caminhos não estão abertos, ou entre Carr e os recebedores. Até agora, tudo parece funcionar em perfeita sintonia.

O corpo de linebackers é a maior fraqueza dos Raiders. Os titulares hoje são Bruce Irvin (que fez dois jogos abaixo da crítica na temporada), Cory James (escolha de sexta rodada no draft de 2016) e uma variação entre Marquel Lee (calouro de quinta rodada) e Nicholas Morrow (undrafted free agent). Tight ends encontram muito sucesso contra esse grupo e parar o jogo terrestre também pode ser um problema grave.

Acho que os Raiders chegaram em um ponto de evolução que precisam ganhar jogos como esse. Não me entendam errado – os Redskins tem um bom time – mas na primeira semana, fomos a Nashville e tivemos uma atuação quase perfeita contra os Titans, também bastante talentosos, vencendo por dez pontos e não ficando atrás do placar em momento nenhum. Por isso, acredito que também dá pra trazer a vitória de Washington. Aposto em 30 a 22 para o Raidão da massa.”

Palpite (nada otimista): este é um dos jogos mais complicados da temporada. O Raiders é um dos times mais perigosos da liga e um dos maiores desafios do Redskins no ano. Com o coração apostaria em 24-17 para o Redskins, mas com a razão, arrisco um 20-17 para os Raiders.

O jogo será no domingo, dia 24 de Setembro, as 21:30h (horário de Brasília). É o Sunday Night Football, com transmissão ao vivo da ESPN para todo Brasil.

HTTR

Texto por Junior Gomes