Apesar da melhor performance do time na temporada, o Colts novamente perde e agora tem 6 derrotas em 8 jogos na temporada. Alguns jogadores, porém, tiveram ótimas atuações e são uma ponta de esperança para os próximos jogos e futuro. Jack Doyle, que vinha de alguns jogos ruins na temporada conseguiu recuperar sua forma e fez o melhor jogo de sua carreira com 12 recepções, 121 jardas e 1 TD. Henry Anderson também mostrou que está cada vez mais próximo de sua forma antes da lesão, conseguiu um sack, 3 tackles para perda de jardas e ainda bloqueou um FG. Além de outros jogadores que tiveram chance por conta de lesão dos titulares e mostraram qualidade, como Mingo e Basham, que tiveram bom jogos.

Para a próxima rodada enfrentaremos o Houston Texans fora de casa, mais um jogo complicado. Esse jogo poderia ser um dos melhores da rodada, mas infelizmente os dois times estarão sem seus QBs titulares. Watson rompeu o ACL sozinho no treino desta semana e não joga mais este ano, acabando com sua histórica temporada de calouro. Do lado do Colts, Andrew Luck que havia sofrido um setback da lesão no ombro e parado de treinar há 2 semanas foi colocado na IR e também não joga mais este ano. Portanto veremos Brissett x Savage nesta partida, o que não deve ser uma coisa muito agradável.

Apesar de Watson estar fora da partida, o Texans ainda tem outros bons jogadores no ataque e na defesa. No ataque, eles têm um dos melhores recebedores da NFL em Hopkins e um segundo recebedor que vem sendo muito perigoso esta temporada, Will Fuller, além de Lamar Miller no backfield. Na defesa o Texans tem uma variedade de ótimos jogadores, Clowney, Kevin Johnson, McKinney e um calouro que vem sendo bem sólido para a defesa deles em Zach Cunningham. Portanto, apesar das ausências de Watson, JJ Watt e Mercilus, eles ainda têm jogadores que podem fazer jogadas para mudar o rumo da partida.

Ataque do Colts (projeção dos titulares)

QB: Jacoby Brissett

RBs: Frank Gore e Marlon Mack

WRs: TY Hilton e Kamar Aiken

TE: Jack Doyle

OTs: Anthony Castonzo e Joe Haeg

OGs: Jeremy Vujnovich e La’Raven Clark

C: Ryan Kelly

Novamente devemos ter o ataque completo para o jogo contra o Texans, a única dúvida para a partida é Anthony Castonzo. O LT que vem tendo uma temporada muito sólida deixou um treino desta semana carregado por conta de uma lesão no joelho, na sexta treinou com limitações e ainda não está confirmado para a partida, mas devido a profundidade no elenco do Colts e principalmente na OL, não devemos ter jogadores que possam substituí-lo bem. Portanto, mesmo que não esteja 100% é possível que jogue.

A notícia triste da semana no ataque ficou por conta de um jogador que nem estreou na temporada, mas foi colocado na IR, Andrew Luck. O nosso camisa 12 não terá condições físicas de atuar mais este ano após continuar sentindo dores no ombro. Médicos que foram consultados pelo Colts disseram que não é uma lesão com risco de acabar com sua carreira e que ele só precisa descansar para que possa voltar 100% na próxima temporada.

O que esperar do ataque contra o Texans

A defesa do Texans apesar de ainda ter bons jogadores como já dito anteriormente, não vem sendo a mesma defesa dominante da última temporada. Eles são a quarta pior defesa em pontos cedidos e estão entre as 10 defesas que mais cedem jardas aéreas para seus oponentes. Com as ausências de JJ Watt e Mercilus, o pass rush deles não tem sido o mesmo e tem dado oportunidades para que QBs adversários castiguem sua secundária. Portanto, este jogo é mais uma oportunidade para TY brilhar, ele que não vem recebendo muitas bolas nos últimos jogos costuma ir bem contra os Texans e tem boas chances de repetir atuações brilhantes contra o time de Houston em temporadas anteriores.

Outro jogador que vai ser fundamental para o ataque aéreo é Jack Doyle. O camisa 84 teve o melhor jogo de sua carreira contra o Bengals e tem desenvolvido uma química muito boa com Brissett, que confia muito no seu TE. Portanto, em situações de 3ª descida principalmente, Doyle vai ter um papel muito importante ajudando o ataque a seguir caminhando no campo e sendo um porto seguro para seu QB em situações de pressão também.

A defesa do Texans apesar de desfalques tem ido muito bem em um quesito que foi bem importante para a nossa equipe na partida contra o Bengals, o jogo corrido. A defesa de Houston está entre as 10 equipes que menos cedem jardas terrestres, e na última partida limitou os RBs de Seattle a apenas 3 jardas em 17 tentativas. Portanto, esse vai ser um bom teste para nossa OL bloqueando para a corrida, que tem sido a principal qualidade dela na temporada, abrindo bons buracos para Mack e Gore.

Defesa do Colts (projeção dos titulares)

DL: Al Woods, Johnathan Hankins e Henry Anderson

OLBs: Jabaal Sheard e Barkevious Mingo

ILBS: Antonio Morrison e Jon Bostic

CBs: Rashaan Melvin e Pierre Desir

Ss: TJ Green e Matthias Farley

Para a defesa teremos um reforço muito importante, Rashaan Melvin volta a equipe após ter sofrido uma concussão contra o Jaguars. Ele que tem sido um dos nossos melhores jogadores na temporada vai ser uma ajuda enorme para uma secundária precária da nossa equipe. Mas nem tudo são flores, porque apesar da volta de Melvin teremos a ausência de Vontae Davis. O camisa 21 foi uma surpresa, já que treinou a semana inteira. O jornalista Stephen Holder do IndyStar disse que foi informado que a ausência dele não está relacionada com lesão e que foi uma decisão do técnico, já outros falam que ele vai ficar de fora devido a um problema na virilha que ele já vem sofrendo tem tempo. Portanto não se sabe o motivo exato pelo qual ele não atuará contra o Texans, mas o que sabemos é que ele está fora.

Outro jogador que está fora pela segunda semana consecutiva é o OLB John Simon, ele que assim como Melvin é um dos melhores do Colts na temporada tem uma lesão em um nervo na região do pescoço segundo Holder explicou em seu podcast. Logo, devemos ter novamente a dupla Mingo e Basham revezando na rotação. Eles foram muito bem na última partida, Mingo se aproveitou de sua velocidade para estar sempre perto da bola e Basham conseguiu seu primeiro sack na NFL.

O que esperar da defesa contra o Texans

O Texans tem um dos melhores ataques da NFL, melhor em pontos por jogo, terceiro em jardas corridas por partida e também está no top10 em jardas totais por partida. Porém, muitos desses números se devem a temporada maravilhosa que seu QB estava fazendo, Deshaun Watson. Para este jogo, o Texans vai de Tom Savage, que não é um QB móvel no pocket e que não consegue ganhar jardas com a perna como Watson.

Savage na partida em que começou como titular contra o Jaguars e que saiu no intervalo sofreu 6 sacks e 2 fumbles que foram recuperados por Jacksonville, além de também ter sofrido um sack em pouco tempo em campo na partida contra o Titans, em que entrou quando o jogo já estava ganho. Portanto, com Savage como QB e com a perda do seu melhor OL, Duane Brown, este é um jogo muito bom para nossos pass rushers se destacarem e terem mais uma boa partida assim como a última.

Dois matchups interessantes para acompanharmos nesta partida serão Lamar Miller contra nosso front seven e Hopkins contra Melvin. Miller que ano passado castigou nossa equipe nos dois jogos que tivemos contra o time de Houston este ano não deve ter a mesma facilidade. Nossa defesa contra a corrida tem sido o forte da equipe e brilhou no jogo passado contra o Bengals, permitindo apenas 34 jardas em 17 carregadas de seus RBs, uma média de 2 jardas por carregada, que é ótimo para a defesa.

O outro confronto será entre Melvin e Hopkins, Melvin que vem sendo o melhor CB do Colts na temporada e um dos mais sólidos da liga vai ter um desafio enorme contra um dos melhores WRs da liga e que vem fazendo uma temporada excelente, Hopkins. Melvin não deve ficar na sombra de Hopkins o tempo inteiro mas vai ser interessante acompanhar o confronto dos dois quando estiverem alinhados no mesmo lado do campo.

Aposta de placar para Colts x Texans

Colts 17×13 Texans

Informações sobre a partida

Semana 9

Jogo: Indianapolis Colts x Houston Texans

Data: Domingo, 05 de novembro.

Horário: 16:00 de Brasília.

Local: NRG Stadium

Transmissões: NFL GamePass e links obscuros.