No primeiro jogo do Rams no Coliseu de Los Angeles depois de uma longa sequencia de jogos fora de casa o Rams, embora tenham começado jogando mal, conseguiram se sobressair no segundo tempo e chegaram a sétima vitória na temporada com um placar de 33 x 7 contra o Houston Texans e se mantém como o líder da NFC WEST e como sério candidato aos playoffs.

 

O Jogo

Antes do início do jogo o Los Angeles Rams era totalmente favoritos devido ao fato de o time do Texans estar sem vários jogadores chaves inclusive sem a sua estrela JJ Watt e sem o calouro sensação o QB Deshaun Watson, além de incluir o fato de que o time de Los Angeles estar jogando o fino da bola em todas as áreas do Football, mas apesar de tudo isso o time de Houston veio extremamente preparado para interromper a sequencia de vitorias de LA, e como uma surpresa, estavam conseguindo cumprir com seu objetivo  até a metade da partida.

O Texans dominou a primeira metade do jogo na defesa e no ataque, a defesa conseguiu segurar muito bem as corridas de Todd Gurley além de conseguir pressionar o QB Jared Goff como ninguém vinha conseguindo pressionar, a linha ofensiva estava jogando muito mal e o ataque parecia estar fora de sincronia. A defesa do Rams conseguiu pressionar Tom Savage como era esperado e conseguiu um strip sack logo na primeira jogada com Aaron Donald porem a secundaria também parecia estar perdida, principalmente o SS rookie John Johnson que foi batido na jogada no Touchdown de Houston, e até mesmo um QB contestado como Savage conseguiu mover bem a bola durante todo o campo. Graças a nossa defesa que pressionou constantemente o ataque de Houston, o ataque teve ótimas posições para iniciar suas campanhas, mas quem brilhou na verdade, foi o K Greg Zuerlein que marcou 9 pontos.

Porém, algo aconteceu no intervalo assim como aconteceu no jogo contra os Dallas Cowboys, e o HC Sean McVay e sua comissão técnica souberam identificar e corrigir as deficiências do time e voltaram bem mais preparados para a segunda metade da partida.

McVay trocou o jogo conservador que empregou no primeiro tempo correndo com Gurley com os Texans enchendo o box com seus jogadores, para um plano de jogo onde Goff foi o protagonista que lançou 3 touchdowns e mais de 300 jardas no segundo tempo, inclusive lançando 2 em menos de 20 segundos, e com uma grande melhora da linha ofensiva liderada por Andrew Whitwoth e John Sullivan.

Falando em touchdowns o Los Angeles Rams deveria agradecer muito ao Buffalo Bills, pois a dupla de WR Sammy Watkins e Robert Woods tiveram mais um jogo solido, Woods vem jogando como um verdadeiro WR#1 e neste domingo teve seu maior jogo de sua carreira onde passou das 100 jardas e anotou 2 TD, um deles uma big play de 94 jardas, e Watkins também anotou um TD, ganhando mais confiança e sendo cada vez mais importante para esse ataque que tem como um dos seus destaques a variedade de alvos de Jared Goff.

A defesa continuou pressionando Savage que não teve vida fácil durante todo o jogo que além dos sacks do Aaron Donald e Michael Brockers, sofreria mais no segundo tempo com um belo sack do rookie OLB Samson Ebukam que entrou muito bem no lugar de Robert  Quinn, no entanto outro nome que se destacou na partida foi o do FS Lamarcus Joyner que retornou a ser o safety titular após voltar de uma lesão no ombro tendo  outra partida solida, como o WR dos Texans Will Fuller ficou ciente depois de uma grande pancada do nosso defensor de menos de 200 lbs.

Esse time do Los Angeles Rams está dando mais resultado do que todos esperavam em tão pouco tempo, além de estar apresentando e um ataque digno do Greatest Show on Turf porém a principal qualidade desse time que tem sido fundamental para alcançarmos estas vitorias foi a habilidade do time de identificar seus erros e sua capacidade de corrigi-los durante a partida.

 

Winners – Losers

W – QB Jared Goff

Assim como todo o time Jared começou o jogo um pouco impreciso e errando alguns passes mas logo conseguiu encaixar seu jogo e teve uma das suas melhores partidas, e jogou como um verdadeiro franchise quaterback. Goff lançou para 355 jardas, 3 Touchdowns e 0 Int, além de ter lançado o passe mais longo da sua carreira, uma linda big play de 94 jardas, e terminou a partida com um passer rating de 125.4.

Ele já tem até aqui 16 TD, 4 Int e 2.385 jardas na temporada e apesar de ainda ter um grande caminho pela frente ele vem jogando como um dos melhores QBs da NFL, e o melhor de tudo é que ele vem cuidando muito bem da bola, fazendo leituras corretas e evitando fazer passes displicentes.

W – DT Aaron Donald

Parece meio clichê colocar Donald mais uma semana como um dos destaques porém ele é o melhor defensor da liga e parece melhorar ainda mais a cada semana. AD já forçou 4 sacks nos últimos 4 jogos em que 3 foram resultados em fumbles recuperado pelo Rams. Além dos sacks ele teve um passe defendido na linha de scrimmage e teve boa atuação parando Lamar Miller nas corridas, ele tem sido absolutamente incrível na temporada, e esqueça esse papo de melhor defensor da NFL, Aaron Donald é o melhor jogador da NFL independente da posição.

W – DE Michael Brockers

Desde que Brockers foi movido de NT para DE ele vem melhorando a cada jogo, nesta partida ele teve 3 tackles, 1 sack e 1 passe defendido na linha de scrimmage. Como todo personagem principal precisa de um braço direito Donald e Brockers fazem uma dupla perfeita na frente da defesa do Rams.

W – LT Andrew Whitworth

Todos vocês já conhecem Andrew e como ele vem jogando nem precisa ser mencionado, ele vem jogando como um verdadeiro All-Pro, na partida contra o Texans ele não permitiu nenhum  sack além de ter limpado o caminho para o touchdown do Sammy Watkins.

Assim como toda a linha o primeiro tempo do Whitworth foi abaixo do esperado porém ele e o C John Sullivan jogaram como o de costume no segundo tempo e foram fundamentais em mais uma vitória da equipe.

W – WR Robert Woods

Woods teve a melhor partida não apenas com a camisa do Los Angeles Rams, mas sim de toda a sua carreira na liga, ele tem roubado o lugar do seu companheiro Sammy Watkins como o principal alvo do QB Jared Goff lembrando que Woods nunca fui um cara com essa característica. No domingo ele teve 8 recepções para 171 jardas e dois touchdowns, um dos quais foi o TD mais longo da sua carreira com incríveis 94 jardas.

A dupla de WRs vinda de Buffalo ainda marcaram 2 TDs já na Red Zone, o que era um dos problemas do time, obrigado Bills de coração!

L – CB Trumaine Johnson

Johnson teve a difícil tarefa de ter que cobrir um dos melhores WR da NFL, o DeAndre Hopkins, e ele teve um dia dificil apesar de ter defendido dois passes. Ele foi constantemente batido por Hopkins durante o jogo, destaque para um passe de 18 jardas no início do jogo e outro para 32 jardas numa das melhores jogadas dos Texans na partida

Porem da para perdoar o camisa #22 um pouco, porque ele foi encarregado de cobrir um dos melhores recebedores da liga, mas ele certamente teve melhores exibições.

L – CB Kavyon Webster

Eu não quero queimar muito o Kayvon demais pelo jogo de do domingo,pois o Hopkins abusou completamente de toda a nossa secundaria. Hopkins é simplesmente incrivel, e ele queimou os nossos dois cornebacks titulares no mesmo jogo. Porem o principal motivo dele estar aqui é porque ele está tendo uma grande chance de assumir o posto de CB#1 por causa dos problemas contratuais com o Johnson e está desperdiçando, se ele continuar a jogar assim a secundaria será um problema temporada que vem.

 

Considerações Finais

O Los Angeles Rams tem um recorde que nós não víamos a 14 anos e temos uma chance muito real de ir aos playoffs, porém agora entraremos na parte mais difícil da temporada onde enfrentaremos 4 lideres de divisão fora o segundo jogo contra o Seattle Seahawks, e nosso primeiro desafio será contra o Minessota Vikings, que marcará o encontro do Rams com o QB Case Keenum.

O Rams precisará provar agora para todos os céticos do que este time é feito, e dependendo do resultado desses últimos jogos, amigos, podemos sonhar com algo a mais do que simplesmente ir a pós temporada.

#GoRams

DEIXE UMA RESPOSTA