O primeiro jogo do Los Angeles Rams após a bye week não poderia ter sido melhor, o Rams foram até a Nova Jersey e não tomaram conhecimento do time do NY Giants, saindo com uma incrível vitória de 51 x 17 e assumindo a liderança da NFC West, e voltandos para casa agora com um saldo de 6-2 e 5-0 nos jogos fora de casa, e que venha novembro.

 

  • O Jogo:

Todos já sabiam das deficiências do time de Nova York e que eles são um dos piores times da liga nesta temporada mas havia uma certa preocupação em como os Rams iriam para esta partida, se eles começariam a partida desatentos e fora do pique que o time vinha mostrando antes da semana de folga, porem isso não aconteceu e o time dominou todos os lados da bola se dando ao luxo de jogar com o time completamente reserva na maior parte do último quarto.

Nada nesse jogo foi a favor do Giants, a defesa não foi aquela poderiaa ter sido e o ataque já bastante fraco com a ausência de nomes importantes não conseguiu jogar mesmo com Eli Manning como Quaterback. O incio do jogo parecia um pouco problemático para nossa defesa com o Giants dispostos a correr com a bola e com o Rams permitindo boas corridas, porem esse cenário não durou muito tempo e a defesa começou a ser dominante como vinha sendo cedendo apenas 319 jardas e 17 pontos, 7 desses pontos já com o time reserva em campo, além de terem forçados 3 turnovers durante o jogo.

Mas uma vez o esquadrão do Wade Phillips foi liderado por Aaron Donald que conseguiu um dos turnovers em um sack em que Eli soltou a bola e que Connor Barwin a recuperou para o Rams, os outros dois foram uma bela interceptação do Trumaine Johnson e a outra foi Alec Ogletree literalmente arrancando a bola do adversário e Donald recuperando a bola oval, a evolução dessa defesa é notória e nos últimos 4 jogos o Rams sofreram apenas 50 pontos, menos pontos do que marcados apenas nesta partida.

O Los Angeles Rams é um time completo, ao contrário dos últimos anos em que a defesa tinha que levar a equipe nas costas o ataque também está jogando muito bem, e isso se deve ao nosso treinador principal Sean McVay, ele é um gênio ofensivo e o que mais chamou a atenção no último jogo foi o quão fácil ele parecia estar sendo para o time da California, eles foram divertidos, arriscados e fascinantes de se acompanhar e os Giants pareciam não estavar totalmente preparados para isso, com direito a Sean Mannion terminar o jogo como QB do time.

O time soube usar muito bem todas as suas armas ofensivas com Jared Goff e Robert Woods tendo ambos as suas melhores partidas com a camisa dos Rams, Woods já vinha sendo o principal alvo do QB mas ainda não havia anotado nenhum ponto com o time e apenas nessa partida ele anotou 2 touchdows dos 4 passados por Jared Goff. Porém o grande ponto do ataque é exatamente que todos recebem a bola, o primeiro TD anotado do jogo foi do TE Tyler Higbee e outro anotado por Sammy Watkins em um belo passe, algo que vinha sendo cobrado era exatamente essa conexão em bolas mais longas entre Goff e Watkins e nesse jogo, finalmente, parece que os dois se entenderam.

O Rams lidera a NFL em terceiras descidas e esse também é um dos grandes ponto nesse ataque, o time soube aproveitar todas as chances que tiveram na partida, como exemplo o touchdown de 52 jardas do Robert Woods que ocorreu inicialmente em uma 3&52 jardas. E apesar de Todd Gurley não ter feito seu quinto jogo na temporada com mais de 100 jardas corridas, o que não foi sua culpa pois Malcon Brown entrou no terceiro quarto, o RB teve mais uma partida solida, como era esperado dele, Todd anotou 2 touchdowns e terminou com 104 jardas totais e continua a ser uma peça fundamental neste ataque.

Com o ataque se destacando, o que é algo bom, o melhor setor da equipe nos últimos anos acaba não entrando tanto em campo, mas quando entram, entram pegando fogo. O Special Teams tem dado alegria de se assistir com Pharoh Cooper tendo grandes retornos você nunca sabe quando ele fará algo especial, mesmo com a jogada sendo anulada com uma falta, e mais uma vez o LB Corey Littleton bloqueou um punt, o segundo em duas semanas, o que com certeza colocou sal na ferida dos Giants, além de boas atuações dos já consagrados Greg Zuerlein e Johnny Hekker.

O jogo terminou com todos os jogares em campo sendo reservas, prevenindo alguma lesão pois afinal a bruxa está solta na NFL, e foi uma vitória legitima do time californiano o que dará confiança pra enfrentar esse final de calendário complicado.

 

  • Winners/Losers

 

W – QB Jared Goff

Jared teve uma partida de MVP, suas próprias estatísticas já falam por si só (14/22 , 311 jardas, 4 TD, 0 INT) mas ele impressionou ainda mais com sua presença no pocket, precisão e excelentes tomadas de decisões. Goff vem jogando melhor a cada semana e seus números teriam sidos ainda melhor se o time não tivesse tido tantos drops e se ele não tivesse sido substituído por Sean Mannion no último quarto. Goff está jogando como um verdadeiro QB que foi escolhido como primeira escolha geral, e isso é ótimo.

 

W – WR Robert Woods

Essa sem duvida foi a melhor partida de Woods com a camisa dos Rams, apesar de liderar a equipe com 31 recepções para 451 jardas ainda não tinha anotado nenhum touchdown, isso terminou no ultimo domingo onde ele anotou logo 2, inclusive com um belo TD de 52 jardas numa terceira descida. Na partida ele teve 4 recepções para 70 jardas. Até agora sua presença no time tem sido fantástica.

 

W – LB Alec Ogletree

Ogletree realmente jogou bem nas últimas semanas, finalmente se encontrando na defesa 3-4 de Wade Phillips. No domingo, ele estava em todo o campo. Ele teve 8 tackles, além de forçar um fumble que foi recuperado por Aaron Donald. Quando ele joga, essa defesa é levada para outro nível. Ele tem sido fundamental e está fazendo por merecer o seu novo contrato.

 

W – Linha Ofensiva

Perfeita. Toda semana é a mesma história com esses caras. Outro jogo, outro desempenho totalmente espetacular da OL. O jogo corrido do Rams tinha 162 jardas com uma média de 4.2 YPC, e não permitiu um único hit ou sack ou mesmo um cheirinho em Jared Goff a tarde inteira. O quão bem Andrew Withworth vem fazendo ao nosso ataque não cabe nesta coluna e nosso técnico de OL Aaron Kromer é um Deus.

 

L- NT Tanzel Smart

Quando você ganha 51-17, não há muito para se queixar. No entanto, Smart teve uma partida muito abaixo do que vinha jogando. Ele não registrou um único tackle, apesar de ter tido um bom início ele foi dominado pela linha ofensiva dos Giants. Tomara que ele melhore seu desempenho, é um cara que eu pessoalmente gosto bastante.

 

L – OLB Ejuan Price

Sim, Price não foi nem relacionado para o jogo, na verdade ele não foi relacionado para nenhum jogo da temporada mas eu gostaria muito de ver o rookie que veio de Pittsburgh em campo, pelo menos como um teste, especialmente com o time tendo problemas com os seus OLB.

 

  • Considerações finais:

O Los Angeles Rams teve uma grande atuação essa semana e agora provavelmente temos mais atenção da liga como um time que realmente está mirando os playoffs. Agora é focar na próxima partida contra o Houston Texans em Los Angeles, lembrando que eles perderam o QB calouro sensação da temporada Deshaun Watson além das já sabidas ausências de JJ Watt e outros.

#GoRams