Pós-Jogo Giants vs Jaguars

No último domingo, o NY Giants deu início à um novo ciclo da franquia. Com um novo GM, novos coordenadores e novo técnico, os Giants entraram em campo contra o Jacksonville Jaguars em casa pela primeira semana da temporada 2018, partida que analisaremos neste pós-jogo Giants vs Jaguars.

Mesmo com novos esquemas, novas mentalidades e novos jogadores em relação à temporada passada, os erros continuaram os antigos: Linha ofensiva inoperante, principalmente o lado direito, dificuldade no pass rush e dificuldade em capitalizar jogadas cruciais no ataque:

A partida

Como antes previsto no Big Blue Podcast 016, foi um jogo onde as defesas foram mais expressivas que o ataque. Jaguars e Giants não passaram dos 3TDs, e o jogo terminou 20×15 pra equipe da Flórida.

O pass rush dos Jaguars literalmente amassou a linha ofensiva dos Giants. Calais Campbell, Yannick Ngakoue, Malik Jackson e companhia brincaram de pressionar Eli Manning. O lado direito da linha principalmente foi destruída, Patrick Omameh e Ereck Flowers (yic) não tiveram chances contra o pass rush, obrigando Eli Manning a soltar a bola de maneira rápida e consequentemente com menos precisão e confiança.

Com Eli em pressão e Saquon Barkley não conseguindo arrumar um gap para correr, os Giants tiveram muita dificuldade no ataque, porém mesmo assim teve chances de vencer. Barkley, escolha de 1º rodada desse draft, não conseguiu produzir nada no 1º tempo, pois assim que pegava na bola, já havia um defensor em cima. No primeiro tempo, em 8 corridas, Barkley em 5 foi tocado antes da linha de scrimmage, isso mostra a deficiência da linha ofensiva.

No segundo tempo os Giants tentaram mudar o modo de usar Saquon Barkley, com pitchs, corridas laterais, fugindo do contato inicial. A principal jogada dos Giants no jogo veio em uma corrida de Barkley para um TD de 69 jardas. O Running Back ex-Penn State mostrou o porque ter sido a escolha dos Giants no draft. Em uma corrida pro lado direito da linha, Barkley usou toda a sua visão de jogo, seu equilíbrio, sua técnica, força e velocidade para anotar o TD. Foram 5 tackles quebrados, em uma velocidade insana para virar a esquina, uma jogada maiúscula do RB dos Giants que terminou o jogo com 106 jardas e 1 TD.

Outra peça positiva desse ataque foi o WR Odell Beckham Jr, com 11 recepções e 111 jardas. Com novo contrato milionário, OBJ estava leve em campo, e queimou o CB Jalen Ramsey, em uma disputa pessoal, mostrou toda sua velocidade, envergadura e perfeições nas rotas, foi a válvula de escape de Eli no jogo. Isso mostra claramente uma dependência dos Giants nesses dois jogadores, que pro futuro pode ser perigoso.

No lado defensivo, mostramos dificuldades em pressionar o QB e ler read options. Com um ataque leve, os Jaguars conseguiram se mover no ataque e Bortles teve um tempo decente pra lançar a bola. Sem Olivier Vernon, sofremos no pass rush. Leonard Fournette, se machucou o que de certa forma ajudou nossa defesa a parar o jogo terrestre, já que TJ Yeldon não tem a mesma qualidade que o segundo anista de LSU. Nossa secundária foi a mais bem avaliada no jogo. Eli Apple e Janoris Jenkins foram muito bons na cobertura de passes, Janoris teve uma linda interceptação e Apple foi quase perfeito na marcação. Landon Collins, não foi o jogador elite que estamos acostumados a ver, teve alguns erros de leitura importantes. Kareem Martin, BJ Hill e Dalvin Tomlinson foram alguns outros destaques defensivos.

No geral foi uma derrota contra um time muito bom dos Jaguars, mas que deixa uma sensação de que dava pra ganhar o jogo. A partida evidenciou algumas deficiências que devem ser melhoradas para o jogo de domingo contra os Cowboys, no Texas, no SNF. Linha ofensiva e marcação das read options do Dak Prescott precisam melhorar. Temos muitas chances de ganhar o jogo, mas precisamos capitalizar as chances que temos de pontuar.

Destaques positivos: Saquon Barkley, Odell Beckham JR, Janoris Jenkins, Eli Apple, Kareem Martin, BJ Hill e Dalvin Tomlinson.

Destaques Negativos: ERECK FLOWERS, Patrick Omameh, Evan Engram.

DEIXE UMA RESPOSTA