Jogos de semana curta são sempre complicados, ainda mais fora de casa. O Indianapolis Colts foi até Houston enfrentar os Texans e perdeu por 20-17. Com um desempenho fraco de Jacoby Brissett e um elevado número de big plays sofridas na defesa os Colts não seguraram o bom ataque texano. Vamos aos pontos positivos e negativos do jogo da Semana 12.

 

PONTOS POSITIVOS

Jogo terrestre

De longe é a maior virtude deste time. Seja quem for o running back, os Colts vão conseguir correr bem com a bola, muito por conta da linha ofensiva, que melhora a cada jogo. Sendo titular pela primeira vez como jogador do time, Jonathan Williams deu conta do recado. Foram 26 corridas para 104 jardas e um touchdown. Sua manutenção no elenco, muito questionada pela torcida, agora parece ter sentido.

Boa atuação do RB Jonathan Williams.

Além dele, Nyheim Hines contribuiu com 51 jardas em nove corridas e 10 jardas aéreas em duas recepções. O #21, mesmo com um drop, é uma boa válvula de escape em jogadas de passe curto e deveria ser mais envolvido no plano de jogo. Qualquer situação que facilite a vida de Jacoby Brissett é válida.

 

Limitar os Texans a 20 pontos

É fato que o ataque de Houston é muito forte. Deshaun Watson distribuindo bolas para Will Fuller V e DeAndre Hopkins é um terror para qualquer secundária. Mesmo assim, a defesa conseguiu fazer um trabalho sólido. No 2º quarto Kenny Moore II conseguiu uma bela interceptação e deu a possibilidade dos Colts capitalizarem com o touchdown, que de fato aconteceu. Além disso, Carlos Hyde e Duke Johnson somaram apenas 89 jardas terrestres. Desde a temporada 17-18 os Colts não cedem mais de 100 jardas terrestres a um running back adversário (em temporada regular).

Banogu com o único sack da noite.

Não poderíamos deixar de citar Ben Banogu, que conseguiu o único sack dos Colts no jogo e um tackle para perda de jardas. Uma boa contribuição do calouro que vem sendo importante na rotação. Moore e Anthony Walker Jr. somaram oito tackles (cinco solo) cada, sendo que o #23 conseguiu um QB Hit e um tackle para perda de jardas.

 

PONTOS NEGATIVOS

Jacoby Brissett e T.Y. Hilton

Contra o mesmo oponente, na Semana 7, Jacoby Brissett teve os melhores números da carreira. Dessa vez o QB parecia o jogador da temporada 17-18, com muito receio e se apavorando no pocket. Míseras 129 jardas e 16 passes completados de 25 tentados e um touchdown terrestre. É complicado cobrar o Frank Reich por algo que está fugindo de seu controle sendo que o sistema está o mais amigável possível para o QB. Linha ofensiva protegendo bem, RBs conseguindo excelentes marcas e mesmo assim Jacoby Brissett mostra sinais claros de limitação. O play action não está funcionando como deveria e um passe longo é quase uma utopia. Foram apenas quatro passes completados para WRs. Entre os TEs, Eric Ebron liderou o time com 44 jardas, seguido das 28 de Jack Doyle.

O desempenho do QB foi bem abaixo do esperado.

Além da limitação em número de snaps, T.Y. Hilton foi mal quando acionado. Teve três recepções para 18 jardas e dois drops, em bons passes de Brissett, que custaram boas posições de campo aos Colts. Entretanto, ficou claro que os problemas físicos enfrentados não tiveram relação com a má atuação. Esperamos que o WR, com esses 10 dias até o próximo confronto, retorne à sua melhor forma pois será importante para esta reta final de temporada.

 

Big plays cedidas

Como falado anteriormente, os Colts conseguiram limitar os Texans a 20 pontos. Caso a secundária jogasse um pouco melhor Indianapolis fatalmente venceria este jogo. Foram quatro jogadas para mais de 20 jardas para Hopkins e Fuller, além de uma para o TE Darren Fells sendo 24 jardas de ganho. Apesar das big plays, ainda devemos lembrar que num geral, a defesa deu condições para o ataque ganhar o jogo…

O primeiro TD do adversário foi um erro grosseiro de Malik Hooker. O safety entendeu que o snap defensivo teria uma marcação individual, enquanto na realidade era em zona. Com isso o WR deixou Hooker para trás e marcou um dos TDs mais fáceis da carreira. No segundo touchdown, Hopkins bateu Desir com facilidade para dar números finais ao jogo. Além dele, Will Fuller V somou 140 jardas em sete recepções. O calouro Marvell Tell III e Kenny Moore II sofreram quando marcando o WR adversário.

 

ATUALIZAÇÃO DE LESÃO

Eric Ebron entrou no Injury Reserve e provavelmente não vestirá mais a camisa dos Colts. O jogador vinha enfrentando problemas em ambos tornozelos e decidiu pela realização de cirurgia para resolver o problema. O TE teve um ano espetacular com Andrew Luck como QB e foi só. Mesmo na temporada passada o jogador mostrava que os drops prejudicavam seu desempenho e não foi diferente este ano. A declaração do TE para pedir mais passes não caiu bem com a torcida, que via claramente o excesso de erros cometidos pelo jogador. Um dos jogos que mais marcaram as más atuações de Ebron foi contra os Raiders.

T.Y. teve mais treinos limitados enquanto Parris Campbell pode voltar a campo no próximo jogo. Outro WR, Devin Funchess, está confirmado fora do jogo ainda se recuperando da lesão na clavícula desde a Semana 1. Dentre os RBs, Mack ainda está fora de ação após a fratura na mão contra os Jaguars.

 

PRÓXIMO CONFRONTO

Faltando cinco jogos para o fim da temporada regular, o Indianapolis Colts recebe o Tennessee Titans no penúltimo jogo no Lucas Oil Stadium. O jogo só será transmitido no Brasil pelo NFL Game Pass, às 15h. Os Titans, que muitos davam como mortos na temporada, venceram dois jogos seguidos e estão com o mesmo record dos Colts. Ganharam uma sobrevida com Ryan Tannehill como QB e excelentes partidas de Derrick Henry, que soma 347 jardas terrestres nos últimos dois jogos dos Titans.

Para as pretensões de playoffs dos Colts, é essencial uma vitória no domingo. Perder é praticamente dar adeus às chances de jogar em janeiro. Com 10 dias para se preparar para o confronto esperamos que os erros defensivos sejam corrigidos e que o ataque consiga ser mais produtivo. GO COLTS!!! (6-5).

 


Para ver os melhores momentos, mais estatísticas e números do jogo, acesse o Game Center da NFL.

Assine o Feed do Colts Brasil para não perder nenhum episódio! http://fumblenanet.com.br/feed/coltsbrasil

Siga-nos no Instagram! https://www.instagram.com/podcastcoltsbr/

E no Twitter: as notícias e cornetadas no @potrosbr, @horseshoeBR, @CarolVago12 e @pj1992.

 

DEIXE UMA RESPOSTA