Na última quinta-feira vimos mais uma vitória do New England Patriots sobre o Indianapolis Colts. O placar de 38-24 para os donos da casa fica em segundo plano. Várias lesões antes e durante a partida assolaram o time de Indiana, chegando ao ponto de termos 14 titulares fora de combate em algum momento do jogo. Vamos observar que nem tudo foi um desastre para os Colts e que Andrew Luck está melhor do que se imagina.

 

PONTOS POSITIVOS

Vintage Andrew Luck

Sua melhor apresentação contra a franquia de Boston desde que chegou à NFL. Luck terminou o jogo com 38 passes completos de 59 tentados, 365 jardas, 3 TDs e 2 INT (uma por culpa do Zach Pascal). Sua média de jardas por tentativa de passe foi de 8.2 jardas segundo o NFL NextGen Stats.

Sempre estando atrás do placar, Luck teve paciência para conduzir campanhas boas e capitalizar com touchdowns. Mesmo com o erro no final do primeiro tempo, onde lançou uma interceptação nas mãos de Patrick Chung, Andrew se manteve concentrado e levou os Colts a anotarem 21 pontos no segundo tempo. Eric Ebron vem sendo seu alvo favorito. Com 2 TDs no jogo, o camisa #85 liderou a equipe em jardas, com 105. O outro TD foi para o TE Eric Swoope, onde o #86 conseguiu fazer uma linda recepção.

Sofrendo com a ausência de T.Y. Hilton em rotas longas, Luck distribuiu bolas para oito recebedores diferentes. Ao todo foram sete drops no jogo. Não há como vencer tendo tanto erro técnico assim. Luck terminaria o jogo com mais de 450 jardas tranquilamente não fosse isso.

Lançando 121 passes num intervalo de cinco dias, podemos afirmar com toda certeza que Andrew Luck está mais saudável do que nunca. Sua precisão e força estão lá. Mesmo com todos os cenários adversos na partida, ainda conseguimos 24 pontos. Luck é Elite sim!

 

Braden Smith

Quem diria… Em 59 dropbacks Smith não cedeu uma pressão sequer pressão ou sack. Foi o melhor da OL, por muito. Excelente partida do #72 tem tudo para crescer na equipe. Que continue queimando nossa língua. O próprio HC, Frank Reich, comentou após o jogo que Braden excedeu as expectativas no jogo.

 

Ajustes no intervalo

Se no ano passado sofríamos com viradas após o intervalo, neste ano o cenário mudou. Frank Reich e staff tem conseguido mudar o panorama do jogo. Na primeira parte de ontem os Colts perderam por 24-3. Na volta, vencemos por 21-14. Os ajustes estão sendo feitos e estamos observando isso na postura do time. É uma questão de tempo até isso ser concretizado em vitória.

 

Interceptações no Brady

Tudo bem que as duas foram por erros dos recebedores, mas é sempre bom fazer o New England cometer um turnover. Na primeira oportunidade Chris Hogan não segurou a bola e Matthias Farley interceptou o passe. Na segunda Farley apareceu novamente para trombar com Gronkowski que, antes de concluir o football move, soltou a bola nas mãos de Najee Goode. Uma pena nenhuma das duas terem sido capitalizadas pelo ataque. Enquanto a defesa, mesmo desfalcada de inúmeros jogadores, conseguiu incomodar o ataque adversário.

 

PONTOS NEGATIVOS

Linha ofensiva

Os Colts sofreram contra a fraca linha defensiva dos Patriots. O começo de jogo foi um tormento. Pressão vindo de todos os lados e ninguém sabendo quem bloquear. A gota d’água veio no final do primeiro tempo, quando os Patriots mandaram um 2-man rush e chagaram facilmente em Luck. O resultado foi um passe forçado para Hines, que culminou na interceptação de Patrick Chung. Desde o jogo contra os Texans a linha ofensiva vem sofrendo com stunts, e mesmo Quenton Nelson e Ryan Kelly, selecionados em primeiro round dos respectivos drafts, tem sofrido contra defensores mais explosivos. Ainda que com um holding defensivo na jogada, erros gravíssimos têm sido cometidos. Precisamos evoluir pra ontem.

 

Lesões

De início os Colts descartaram seis titulares por lesão: T.Y. Hilton, Marlon Mack, Jack Doyle, Quincy Wilson, Kenny Moore II, Hassan Ridgeway. Denzelle Good ficou de fora pela morte de seu irmão mais novo. Darius Leonard e Nate Hairston chegaram a participar do aquecimento, mas não conseguiram ir para o jogo. Anthony Castonzo ficou uniformizado o jogo inteiro, mas não jogou para não agravar sua lesão. Até aqui já são nove jogadores fora, não perca as contas.

Quando começou o jogo veio o terror:

  • Clayton Geathers: concussão, além de uma lesão no pescoço;
  • Anthony Walker Jr.: concussão;
  • Matthias Farley: lesão no músculo posterior da coxa;
  • Denico Autry: lesão no músculo posterior da coxa;
  • Margus Hunt: lesão no joelho.

Ao todo 14 jogadores sofreram com lesões. É um número muito absurdo e cruel. Uma vitória seria pedir demais para um time que praticamente não tinha seus melhores jogadores na posição. Agora com 10 dias de descanso até a próxima partida, esperamos que todos consigam se recuperar. Ainda assim mais uma má notícia bombardeou o time: Matt Slauson, C/RG, foi colocado no injury reserve. Menos um titular para o restante da temporada.

 

Desde Novembro de 2009 os Colts não sabem o que é vencer os Patriots. Em Foxboro o cenário é pior, se estendendo desde 2006. Desde 2010 em nenhum dos oito embates que se seguiram o ambiente era favorável aos Colts. Seja por lesão, seja por HC e staff incompetentes… O último não foi diferente. O que manteve a perspectiva animadora foi a equipe tentando manter o placar acessível, tanto que chegamos a encostar na pontuação no segundo tempo. Mas os erros aconteceram e foram cruéis. Para vencer o New England Patriots é preciso vencer a batalha dos turnovers. Perdemos a bola três vezes, contra duas dos adversários. Não entraremos no mérito da arbitragem, quem viu o jogo sabe o que rolou.

No dia 14 de Outubro às 14h em New Jersey, o Indianapolis Colts enfrentará o New York Jets. Uma derrota sepulta quaisquer chances de pós-temporada. Os próximos três jogos são para os Colts vencerem. Chegar ao fim de Outubro e ir para a bye-week estando 4-4 seria excelente. GO COLTS!!! (1-4).

Para ver os melhores momentos, mais estatísticas e números do jogo, acesse o Gamebook oficial da NFL, disponível em: https://bit.ly/2IGFZKE

Enquanto isso acompanhem nosso Podcast Colts Brasil, semanalmente no Fumble na Net. As notícias e cornetadas no @potrosbr, @horseshoeBR, @CarolVago12 e @pj1992.

DEIXE UMA RESPOSTA