Como foi o desempenho do Redskins no terceiro jogo da pré-temporada?

Neste último domingo, 27/08/2017, o Washington Redskins fez seu 3º jogo na pre temporada da NFL, novamente em casa, desta vez contra o Cincinatti Bengals.

E pudemos identificar algumas características idênticas do jogo anterior, contra o Green Bay Packers: início do jogo lento do ataque, sem conseguir avançar nas suas campanhas e a defesa cedendo um Touchdown – do Running Back Jeremy Hill – com o ataque de Cincinatti atravessando o campo até com certa facilidade; depois de (mais um) 3 and Out veio um fumble de Andy Dalton, que 3 jogadas depois resultaram num Field Goal de 53 Jardas de Dustin Hopkins, colocando 7-3 Bengals ao final do 1º quarto, no qual o Redskins novamente teve pouquíssimas Jardas – apenas 1 Jarda total positiva.

Já no 2º quarto, o ataque do Redskins estava fazendo um bom drive até  a interceptação do Cousins (num Check Down para o Running Back Chris Thompson), retornado para Touchdown por Vontae Burfict (62 jardas) do time de Cincinatti.

A partir deste momento parece que o time acordou! No drive seguinte talvez o melhor momento do Redskins nessa pre season ate agora. Drive consistente, com boas jogadas de corrida do Kelley, bons passes para Crowder, Thompson e Pryor e finalizado com a corrida de 1 Jarda de Robert Kelley para o Touchdown e deixando o jogo em 14-10 para o Bengals. Ainda no 2º quarto, houve tempo para mais um Field Goal de 44 Jardas de Dustin Hopkins fazendo o jogo ir para o intervalo em 14-13.

No 3º quarto o Redskins optou por deixar o time titular por mais 1 drive, mas após o insucesso, foram retirados de campo e deram a vez para os reservas. Os Bengals, por sua vez, não colocaram os titulares após o intervalo, recomeçando a partida direto com os reservas. E este quarto começou com um FG do Kicker Ryan Bulloch fazendo 17-13 para os Bengals e na sequência veio o segundo turnover do Redskins no jogo: Fumble do Quaterback Colt McCoy, recuperado pela defesa do Bengals que mesmo com a boa posição de campo não conseguiu converter o Field Goal 3 jogadas depois, mantendo o jogo em 17-13.

Depois de uma série de 3 punts seguidos dos dois lados veio o 2º TD do Redskins no jogo. Numa conexão de Colt McCoy para o TE Derek Carrier, para 9 Jardas, colocando o Redskins em vantagem no inicio do 4º período, 20-17 para nós!

No 4º quarto o destaque ficou para a interceptação do QB dos Bengals, AJ Macarron, feita pelo Undrafted Rookie Fish Smithson ja perto da Endzone. No drive seguinte veio novo FG de Dustin Hopkins, de 26 jardas, que deu números finais ao jogo: Redskins 23-17 Bengals.

DESTAQUES DA PARTIDA

Os destaques positivos desta partida ficam para o RB Robert Kelley, que no 2º periodo fez boas corridas, mostrando força para ganhar jardas extras, terminando com uma media de 5.7 jardas pro corrida; e para o Center Chase Roullier, que fez sua estreia na equipe titular e não comprometeu . Destaque também para o CB Brashaud Breeland, que foi muito contestado no ano passado e parece que veio com espírito renovado para 2017, tendo feito um  ótimo jogo. Por fim, destaque para os LB Will Compton, Mason Foster (lideres em Tackles do time no jogo, com 5 cada) e Martrell Spaight, que jogou com muita energia e se mostrou presente em boas jogadas.

Os destaques negativos ficam com Kirk Cousins, que mostrou ainda não estar no ritmo ideal, com um pouco de lentidão na hora dos passes, e com os inúmeros drops dos nossos WR que mataram alguns drives do time, destacando-se nesse grupo o WR Terrelle Pryor, que nunca dropou uma bola em jogos oficiais. Além destes, a OL também merece menção, pois apesar do bom jogo abri do espaço para o jogo corrido, o pass block ainda sofreu as ações feitas pela DL dos Bengals, pressionando o Cousins várias vezes nesse jogo.

 

LESÕES

Tivemos, ainda no 1º quarto da partida, a lesão do NT Phil Taylor Jr, que passará por novos exames nos próximos dias para conhecermos a gravidade da lesão.

Cumpre ainda mencionar que o técnico Jay Gruden afirmou na entrevista coletiva que Josh Doctson não foi a campo neste domingo por ter um problema na perna que ele sentiu no aquecimento do jogo e que Ryan Anderson treinou limitadamente durante toda semana por um problema no abdômen, razão pela qual ainda não estava pronto para jogar. Gruden disse também que não esta feliz com o fato do time começar o jogo muito lentamente e que está trabalhando para melhorar isso no time

 

PRÓXIMA PARTIDA

O último jogo da pré temporada será na quinta feira, dia 31 de Agosto, contra o Tampa Bay Buccaneers.

#HTTR

Texto por: Junior Gomes

  • Cássio M. dos Santos

    Gostei bastante da nossa defesa, acho que em relação ao ano passado que tivemos imensas dificuldades contra o jogo corrido, a equipe se melhorou muito levando a crer que teremos uma defesa mais agressiva e consistente este ano. Porém, confesso que fiquei um pouco preocupado no 1º quarto quando cedemos duas 3ª decidas bem longas lembrando muito o que acontecia na temporada passada. Parabéns ao Junior pela matéria e a toda equipe Redskins Brasil pelo trabalho que vem sendo feito. #HTTR

    • Redskins Brasil

      Valeu! Também ficamos bem preocupados com essas conversões de 3a descida, mas eu particularmente achei que foi mais uma questão de intensidade do que esquema. Tomara que eu esteja certo e que na temporada regular isso não se repita com frequência. Abraços!