Sobrevivemos ao by-halloween/by-pocalipse! Não sem muito sofrer, com a falta de produtividade de Julio Jones. Dez Bryant voltou, e estatisticamente, Jordy Nelson também! Mark Ingram foi bancado depois de soltar a bola quatro vezes em apenas dois jogos, e o velhaco Tim Hightower foi o leading back dos Saints na surpreendente vitória em cima dos Seahawks. O que diabos Russel Wilson tem? Porque o QB parece extremamente debilitado e ineficiente e ainda está jogando? Eifert estreou e todos nós tivemos uma catarse com seus números. Para essas e outras informações sobre a rodada, acompanhe a revisão da semana 8.

Revendo a semana 8

Pontuadores

  • Quarterback – Derek Carr, Oakland Raiders: 35 pontos – 40/59p, 513j, 4 TDs, 1 Fumble contra os Buccaneers

Brett Favre está vivo! Por mais que, o confronto tenha sido contra os Bucs, e o jogo foi para o overtime, Carr nos premiou com uma jóia do fantasy, um jogo de 30 pontos pra mais sem nenhuma interceptação. Eram os bucs, como já destaquei, e esse desempenho não deve significar que Carr será um monstro do fantasy semanalmente, haja v ista seus problemas na segunda metade da temporada em seus 2 anos anteriores, e o schedule complicado com denver e uma bye week, Houston, Panthers e Denver na final dos playoffs do fantasy. Inclusive, ótima hora de vendê-lo, por um QB não tão nomeado, mas que quietamente vem tendo bons números e um schedule molezinha, como Stafford ou Cousins, e ainda conseguir um sólido RB2 ou WR2. Olho no deadline de trocas.

derek-carr

Outros bons resultados:

Aaron Rodgers, Packers: 33 pontos – 28/38p, 246j, 4 TDs, 6 carregadas p/ 60j, 1 conversão de 2pt contra os Falcons

Tom Brady, Patriots: 29 pontos – 22/33p, 315j, 4 TDs, 1carregada p/ 15j contra os Bills

Alguns Maus Resultados:

Russel Wilson, Seahawks: 9 pontos – 22/34p, 253j, 1 INT, 3 carregadas p/ 11j contra os Saints

Cam Newton, Panthers: 12 pontos – 14/27p, 212j, 7 carregadas p/ 43j contra os Cardinals

  • Running Back – Jordan Howard, Chicago Bears: 25 pontos – 26 carregadas p/ 153j, 1 TD, 4 recepções p/ 49j em 4 alvos contra os Vikings

Num milagre de segunda à noite, os Bears pisaram forte nos Vikings. Encabeçando a vitória esteve Howard, que após um jogo fraco em Green Bay devido aos problemas gerais do ataque dos Bears, atuou muito bem na volta de Jay Cutler. Howard inclusive pareceu um novo Matt Forte de Chicago, sendo dinâmico nas corridas por fora dos Tackles e recebendo passes importantes para conversões de terceira descida. Não compre rumores de Ka’Deem Carey ou Jeremy Langford, Howard é o cara para se ter nesse backfield, os Bears adoram Workhorses.

jordan-howard

Outras boas performances:

Jonathan Stewart, Panthers: 21 pontos – 25 carregadas p/ 95j, 2 Tds, 1 recepção p/ 25j em 2 alvos contra os Cardinals

Matt Forte, Jets: 21 pontos – 25 carregadas p/ 82j, 2 TDs, 2 recepções p/ 16j em 3 alvos contra os Browns

Pedestres em campo:

James White, Patriots: 2 pontos – 2 carregadas p/ 15j, 2 recepções p/ 14j em5 alvos contra os Bills

Spencer Ware, Chiefs (Lesão): 3 pontos – 7 carregadas p/ 19j, 2 recepções p/ 28j em 2 alvos contra os Colts

  • Wide Receiver – Amari Cooper, Oakland Raiders: 23 pontos – 12 recepções p/ 173j, 1 TD em 15 alvos contra os Buccaneers

Se o desempenho de Carr não é nenhum indicativo de alto nível pelo resto do ano, a performance de Cooper só prova o quão dominante o recebedor está sendo toda semana. Álias, cooper está em 6º lugar em pontos de Wide Receivers, atrás do companheiro de equipe Michael Crabtree, que apesar de ter menos recepções e jardas, tem 4 Touchdowns a mais. Ambos recebedores vêm sendo extremamente dominantes técnica e fisicamente em campo, o que resulta, é claro, nos resultados viáveis também para o fantasy. Cooper tem sim um schedule complicado, mas o talento do recebedor é notável. Ótimo alvo de trocas para quem precisa de um WR estável após perder Vincent Jackson, Kevin White, Keenan Allen ou mesmo para quem perdeu a paciência com Edelman ou Allen Robinson.

amari-cooper

Boas mãos, boas rotas, outros bons pontuadores:

J.J. Nelson, Cardinals: 19 pontos – 8 recepções p/ 79j, 2 TDs em 12 alvos contra os Panthers

Dez Bryant, Cowboys: 17 pontos – 4 recepções p/113j, 1 TD em 14 alvos contra os Eagles

Mãos de cone da semana:

Julio Jones, Falcons: 2 pontos – 3 recepções p/ 29j em 5 alvos contra os Packers

T.Y. Hilton, Colts: 2 pontos – 1 recepção p/ 20j em 6 alvos contra os Chiefs

  • Tight End – Tyler Eifert, Cincinnati Bengals: 16 pontos – 9 recepções p/ 102j, 1 TD em 12 alvos contra Washington

Ah que felicidade uma coluna semanal com pelo menos 5 TEs fazendo 10 pontos ou mais! A hora da volta do menino prodígio de vênus Eifert estrear chegou, e como todos esperávamos, seu envolvimento nesse ataque dos Bengals tem impactos gigantescos. Eifert foi o segundo em alvos, com 12, e empatou com A.J Green em recepções, com 9. São números de um TE1 semana a semana, e o envolvimento do garoto na Redzone é algo que salva os Bengals (e nós managers), pode ajudar os donos de Jeremy Hill e Gio Bernard, e aumentar o valor de Andy Dalton significativamente. Basicamente, com Eifert, e um playcalling mais astuto, os Bengals são um ataque top 5 na liga. Quem o draftou lá pelo round 12 e o guardou no bolso todo esse tempo é um manager inteligente que soube avaliar valores. No caso, quase ninguém fez isso, como eu por exemplo, que o draftei na 5º rodada em vez de escolher o menino Matt Ryan, mas vida que segue.

tyler-eifert

Bloqueia, recebe, chuta com as duas, outros bons ‘faz-tudo’:

Rob Gronkowski, Patriots: 16 pontos – 5 recepções p/ 109j, 1 TD em 7 alvos contra os Bills

Travis Kelce, Chiefs: 16 pontos – 7 recepções p/ 101j, 1 TD em 10 alvos contra os Colts

Faltou feijão da semana:

Greg Olsen, Panthers: 1 ponto – 1 recepção p/ 11j em 3 alvos contra os Cardinals

Jimmy Graham, Seahawks: 3 pontos – 3 recepções p/ 34j em 5 alvos contra os Saints

  • (Especial) KICKERS – O que tá acontecendo galera? Vamos calibrar essas pernas? Cairinho, até você, zika das bicudas?
  • Defesa/Special Team – Carolina Panthers: 18 pontos – 8 sacks, 1 INT, 1 Fumble Forçado, 1 TD, 20 pontos cedidos

carolina-panthers

Os Panthers são PÉSSIMOS defensivamente. Você pode colocar essa performance nos erros claros de Carson Palmer, e na fraca OL dos Cardinals que cedeu 18 pressões e 8 sacks!!! Star Lotulelei com 3 sacks merece uma bola do jogo, já que a pressão interna do menino de 142 quilos também anulou o efeito David Johnson completamente.