Com a semana 7 registrada, tivemos algumas surpresas. O que dizer do excitante jogo defensivo entre os Cards e os Seahawks? Nada, por que para o Fantasy, esse tipo de jogo é a morte. A situação do backfield dos Packers ocorreu como previ, com Ty Montgomery recebendo o grosso das oportunidades, com algumas carregadas de Knile Davis, Randall Cobb e Don Jackson. Andrew Luck continua a pontuar pelo menos 17 pontos por 4 semanas, mesmo diante de toda turbulência na equipe. Melvin Gordon novamente se provou pertencer ao topo das pontuações nessa temporada, e Jay Ajayi repetiu a performance de 200 jardas que TODO MUNDO disse ser impossível, em cima da boa defesa dos Bills. Odell Beckham Jr. deixou seus donos de cara no chão, após perder em jardas para Victor Cruz, mesmo liderando o time em alvos. A semana foi cheia e confusa, nem por isso menos interessante.

Pontuadores

  • Quarterback – Andrew Luck, Indianapolis Colts: 27 pontos – 27/39p, 353j, 3 TDs contra os Titans

6_4895444

Luck tem queimado minha língua toda semana. O QB se encontra no pior time desde que esteve na liga, com uma dezena de lesões na sua unidade ofensiva, e sem uma defesa competente. Mesmo assim, o jovem signal caller está na melhor temporada da carreira, estatisticamente, postando uma precisão de 64.95% nos passes e apenas 4 interceptações até aqui. Contra a defesa sólida contra a corrida dos Titans, Luck passou de forma consciente, eficiente e segura, controlando o jogo desde o início.

Outros bons resultados:
  • Tyrod Taylor, Bills: 23 pontos – 14/28p, 221j, 1 TD, 7 carregadas p/ 35j, 1 TD, 1 conversão de 2 pontos contra os Dolphins
  • Aaron Rodgers, Packers: 23 pontos – 39/56p, 326j, 3 TDs, 1 Fumble contra os Bears
Alguns Maus Resultados:
  • Carson Wentz, Eagles: 5 pontos – 16/28p, 138j, 1 TD, 2 INTs, 1 conversão de 2 pontos, 1 fumble contra os Vikings
  • Brock Osweiler, Texans: 4 pontos – 22/41p, 131j, 1 Fumble contra os Broncos

 

  • Running Back – Melvin Gordon, San Diego Chargers: 29 pontos – 22 carregadas p/ 68j, 2 TDs, 6 recepções p/ 53j, 1 TD em 7 alvos contra os Falcons

9629578-melvin-gordon-deion-jones-nfl-san-diego-chargers-atlanta-falcons-850x560

Quem é o líder em touchdowns totais na temporada? Ele mesmo, o Running Back que ano passado foi o Titular e não entrou na endzone NENHUMA vez em 16 jogos. Gordon tem, nesse ano, 93% dos snaps do backfield dos Chargers, uma predominância que o estabelece como um top 5 em números a temporada inteira. Contra os Falcons, Gordon foi bem em jardas, mas o que saltou os olhos foi seu aproveitamento na redzone. O RB foi acionado 6 vezes, e entrou na linha do gol 3 delas. É uma pena que o RB dos Cardinals David Johnson esteja tendo uma temporada ainda melhor que a de Gordon, porque a ressurgência do jogador dos Chargers é impressionante.

Outras boas performances:
  • Jay Ajayi, Dolphins: 27 pontos – 28 carregadas p/ 214j, 1 TD, 1 recepção p/ 2j em 1 alvo, contra os Bills
  • Matt Forte, Jets: 25 pontos – 30 carregadas p/ 100j, 1 TD, 4 recepções p/ 54j, 1 TD em 4 alvos, 1 Fumble contra os Ravens
Pedestres em campo:
  • Christine Michael, Seahawks: 5 pontos – 16 carregadas p/ 52j, 3 recepções p/ 3j em 3 alvos contra os Cardinals
  • Terrance West, Ravens: 1 ponto – 8 carregadas p/ 10j contra os Jets

 

  • Wide Receiver – Davante Adams, Green Bay Packers: 25 pontos – 13 recpções p/ 132j, 2 TDs em 16 alvos contra os Bears

NFL: Chicago Bears at Green Bay Packers

Quando Aaron Rodgers passa 39 vezes para 326 jardas e 3 TDs, imaginamos um jogo de 20 pontos para Jordy Nelson. Dessa vez, foi o terceiranista Adams quem consumiu a maioria dos alvos dos Packers, 13 recepções e 16 alvos (liderando o time em ambas categorias). Nelson teve ainda 9 alvos, mas só conseguiu 1 recepção para 9 jardas. Qualquer que seja o problema do ataque dos Packers, nessa semana A-Rod conseguiu queimar a fraca secundária dos Bears. É difícil prever a produção de Adams,  mas é seguro dizer que o recebedor é um WR3 com um bom upside em termos de fantasy.

Boas mãos, boas rotas, outros bons pontuadores:
  • Mike Evans, Buccaneers: 21 pontos – 8 recepções p/ 96j, 2 TDs em 13 alvos contra os 49ers
  • T.Y Hilton, Colts: 19 pontos – 7 recepções p/ 133j, 1 TD em 12 alvos contra os Titans
Mãos de cone da semana:
  • Stefon Diggs, Vikings: 1 ponto – 2 recepções p/ 18j, em 5 alvos contra os Eagles
  • Alshon Jeffery, Bears: 3 pontos – 3 recepções p/ 33j em11 alvos contra os Packers

 

  • Tight End – Jack Doyle, Indianapolis Colts: 13 pontos – 9 recepções p/ 78j, 1 TD em 10 alvos contra os Titans

Indianapolis Colts tight end Jack Doyle (84) catches a pass in the end zone ahead of Tennessee Titans linebacker Avery Williamson (54) to score a touchdown on a 7-yard pass play in the second half of an NFL football game Sunday, Oct. 23, 2016, in Nashville, Tenn. (AP Photo/Mark Zaleski)

O que dizer para os Donos de Dwayne Allen? Peguem Doyle! Enquanto Allen não voltar, Doyle é um TE1, sendo o segundo em alvos no ataque dos Colts. Nessa posição cada vez mais difícil de prever, Doyle é uma grata surpresa. Nessa semana contra os Titans, Doyle quebrou as expectativas contra a boa defesa dos Titans, que havia cedido apenas 1 TD para TEs a temporada toda.

Bloqueia, recebe, chuta com as duas, outros bons ‘faz-tudo’:
  • Delanie Walker, Titans: 14 pontos – 7 recepções p/ 84j, 1 TD em 8 alvos contra os Colts
  • Rob Gronkowski, Patriots: 15 pontos – 4 recepções p/ 93j, 1 TD em4 alvos contra os Steelers
Faltou feijão da semana:
  • Zach Ertz, Eagles: 1 ponto – 1 recepção p/ 14j em 3 alvos contra os Vikings
  • Travis Kelce, Chiefs: 2 pontos – 2 recepções p/ 24j em3 alvos contra os Saints

 

  • Defesa/Special Teams – Philadelphia Eagles: 25 pontos – 10 pontos cedidos, 1 interceptação, 3 fumbles forçados, 1 TD contra os Vikings

9627781-brandon-graham-sam-bradford-nfl-minnesota-vikings-philadelphia-eagles-850x560

O CAAAAAAAOS! Num jogo de 7 turnovers, os Eagles prevaleceram contra seu ex-QB Sam Bradford. O pass rush do time de Philly está feroz e eficiente, forçando os QBs adversários a saírem do pocket com frequência. A secundária surpreende produzindo turnovers e cedendo poucas big plays. Numa batalha defensiva (muito mais divertida que a dos Cardinals contra os Seahawks) os Eagles conseguiram controlar o campo de jogo e salvar a má performance de seu ataque. Os Eagles estão perto de ser uma defesa mantível semana à semana para o Fantasy.