Roster Ravens 2018

Com o fim da pré-temporada após o triunfo sobre o Redskins na noite da última quinta-feira, o Baltimore Ravens segue para o final da sua preparação para a temporada de 2018. A próxima etapa será o corte do elenco. Os times terão até as 17h de sábado, dia 01/09, para reduzirem seus plantéis de 90 para 53 jogadores. Dessa forma, a equipe da Casa do Corvo se juntou para realizar uma modesta previsão de como ficará o Roster Ravens 2018 para o começo do campeonato.

Vale ressaltar que depois da redução do elenco, a chance dele permanecer intacto beira o zero, com mudanças ainda sendo possíveis com trocas e contratações dos cortes dos outros times. Dito isso, vamos aos palpites.

QB (3): Joe Flacco, Lamar Jackson e Robert Griffin III

Com Flacco e Jackson como partes óbvias do elenco, a surpresa aqui fica por conta da permanência de RG3, que fez uma pré-temporada muito sólida pela equipe e mostrou que ainda tem espaço na NFL. Dessa forma, fará o Ravens carregar três QBs para a temporada, algo que não acontecia desde 2009. No entanto, não dá para descartar a possibilidade de uma troca envolvendo Griffin até o prazo limite para os cortes.

RB (4): Alex Collins, Javorius Allen, Kenneth Dixon e Pat Ricard (FB)

As vagas de Collins e Allen já estavam consolidadas, mas Dixon precisou superar algumas barreiras para chegar nesse ponto. Depois de perder a temporada de 2017, ele tinha que se provar ao longo dos treinos, mas sofreu com lesões e só estreou na pré-temporada na semana 3. Lá fez o suficiente para garantir sua vaga. Enquanto isso, Ricard seguirá com sua função dupla de FB e DL.

WR (5): Michael Crabtree, John Brown, Willie Snead, Chris Moore e Jordan Lasley

Os veteranos que chegaram na offseason logo marcaram território e dominarão os snaps ao longo do ano. Moore mostrou seu valor e terá importância como reserva. Já Lasley teve diversos problemas de inconsistência, mas é um jogador jovem e talentoso, o que deve lhe render uma chance. Já o outro escolhido no Draft, Jaleel Scott aparenta ter se salvado ao ser colocado na IR. Por fim, em uma das principais batalhas do elenco, Janarion Grant parece ter a vantagem no duelo contra Tim White pelo posto de retornador, mas nenhum deles impressionou o suficiente e devem acabar cortados, com chances de serem contratados para o Practice Squad. Além disso, tudo indica que este é o fim da trajetória de Breshad Perriman em Baltimore.

TE (4): Hayden Hurst, Mark Andrews, Nick Boyle e Maxx Williams

Com a lesão de Hurst que o tirará dos primeiros jogos, o que já estava razoavelmente claro se tornou evidente e Maxx Williams manteve sua posição no elenco.

OL (8): Ronnie Stanley, Marshal Yanda, James Hurst, Alex Lewis, Orlando Brown, Matt Skura, Bradley Bozeman e Jermaine Eluemunor

Não existe nenhuma dificuldade para apontar Stanley, Yanda, Hurst, Lewis, Brown e Skura como certezas no roster. No entanto, as últimas vagas estão mais disputadas. O calouro Greg Senat deve acabar na IR, o que torna esta uma corrida de três cavalos entre Bozeman, Eluemunor e Siragusa, com vantagem para os dois primeiros, já que o último ainda não mostrou estar totalmente recuperado da lesão que o tirou de toda a temporada passada. Também não se espante caso o time vá atrás de uma nova peça para o setor no mercado de trocas ou entre os cortes das outras equipes.

DL (6): Brandon Williams, Michael Pierce, Willie Henry, Brent Urban, Chris Wormley e Zach Sieler

Williams, Pierce, Henry e Urban são peças garantidas no elenco. A disputa cresce a seguir, mas Wormley deve manter seu posto graças ao status de escolha de terceira rodada do ano passado. Já Sieler briga com Carl Davis e Bronson Kaufusi por mais uma vaga. Esta ainda parece uma incógnita, com o calouro podendo ser cortado com o intuito de assiná-lo para o practice squad, mas a expectativa é que ele seja o sobrevivente.

OLB (5): Terrell Suggs, Matt Judon, Tyus Bowser, Tim Williams e Za’Darius Smith

Nenhum drama aqui, sobretudo após a troca de Kamalei Correa para o Titans.

ILB (5): CJ Mosley, Patrick Onwuasor, Kenny Young, Chris Board e Albert McClellan

Os três primeiros ILBs são manutenções óbvias. Contudo, como Young sofreu uma lesão na perna e Onwuasor perdeu alguns treinos ultimamente, a diretoria da franquia deve tomar uma abordagem mais cautelosa e levar Board e McClellan nos 53 finais. Entretanto, espere mudanças nesse grupo até o início da temporada.

CB (5): Marlon Humphrey, Brandon Carr, Tavon Young, Maurice Canady e Anthony Averett

Humphrey, Carr, Young, Canady e Averett já eram certezas. Com Jaylen Hill na lista PUP e Jimmy Smith suspenso pelos quatro primeiros jogos, Stanley Jean-Baptiste estava bem cotado após fazer boas exibições durante a pré-temporada, mas uma lesão no último jogo deve mandá-lo para a IR ou torná-lo mais um dos cortes.

S (5): Eric Weddle, Tony Jefferson, Chuck Clark, Anthony Levine e Kai Nacua

Weddle e Jefferson jogarão praticamente todos os snaps, com Clark e Levine se dedicando quase que exclusivamente aos especialistas. A lesão do calouro Deshon Elliott deixou tudo mais fácil e ele deve acabar na IR. Além disso, Kai Nacua deve conseguir sua vaga após a lesão de Jean-Baptiste e um bom jogo na semana 4.

ST (3): Justin Tucker, Sam Koch e Morgan Cox

Setor muito fácil de prever, está entre os melhores grupos da NFL. Vale ficar de olho no futuro de Kaare Vedvik, que pode acabar trocado antes do prazo limite para os cortes e tem grandes chances de ser titular em algum outro time na temporada.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo artigo, só fico em dúvida sobre o Mcllean / Kaufusi / Davis, não acho que o Mcllean fica…

DEIXE UMA RESPOSTA