Neste final de semana, além dos confrontos dos semifinalistas pelo título do campeonato universitário, também foram divulgados a relação dos Bowl Games. Entre 17/12 a 09/01/2017, excluindo as 2 partidas semifinais e final do College Football que também são denominados Bowl Games, teremos pelo país mais 39 jogos com este mesmo nome. Mas afinal, o que é realmente este jogo? E como faz para participar dele? Ele é importante? Como funciona a College Football Bowl Season?

São estas perguntas que iremos responder abaixo, além de indicar melhores partidas para você acompanhar.

Mas afinal, o que é um Bowl Game?

Les Miles, técnico de LSU Tigers
Les Miles, técnico de LSU Tigers

Podemos definir estes jogos como amistosos patrocinados por grandes empresas ou prefeituras que são realizados pelo país todos os anos. Estes “amistosos” são disputados pelas universidades que obtiveram boas campanhas durante o ano, e estes bons resultados os qualificaram para participar desta grande festa.

Vamos pegar como exemplo, o Outback Bowl deste ano. Anualmente este jogo é disputado em Tampa na Flórida, por equipes que conseguiram estar colocadas entre as melhores campanhas das conferências Big Ten e SEC.  Nesta temporada este confronto será disputado por Florida Gators, que obteve a segunda colocação na SEC, e Iowa, que alcançou o sexto melhor resultado da Big Ten durante o ano. Como o nome auto explica, este confronto tem o patrocínio do Outback, um dos restaurantes mais importantes em seu ramo de atuação no mundo.

Além proporcionar aos fãs, um espetáculo entre as melhores equipes da temporada. Os Bowls, também dão um bom aporte lucrativo aos envolvidos. Assim como a premiação, é mais uma oportunidade de lucrar com receitas de televisão, ingressos, material esportivo ou produtos licenciados. É também um consolo as universidades que não atingiram os playoffs.

Quais são os melhores Bowls?

National Funding Holiday Bowl- Qualcomm Stadium, San Diego, CA – Minnesota Vs. Washington State – 27/12

Será uma boa chance para vermos um dos quarterbacks que mais me fascinaram nestes últimos anos. Luke Falk, possui um excelente braço e é aquele clássico pocket passer que trouxe Washington State muito longe. Já pelo lado de Minnesota, veremos uma defesa talentosa que produziu para suprir um fraco ataque. Possui nomes como Steven Richardson e Blake Cashman, que juntos formam um pass rush agressivo e pressionaram muito Falk.

Motel 6 Cactus Bowl – Chase Field, Phoenix, AZ – Boise State Vs. Baylor – 27/12

Boise State possui um ataque preciso que vai enfrentar a fraca defesa de Baylor Bears. Porém Baylor, além da defesa tem mais problemas para este jogo: Seth Russell não joga. Portanto, o que torna este jogo interessante é que os Bears, mesmo com os desfalques, possuem uma equipe mais forte do que tudo que Boise State enfrentou durante a temporada. Pelo lado de Baylor, após um ano cheio de escândalos, incertezas e remodelações, ganhar esta partida seria um alivio e um ótimo resultado para 2017.

kaaya-brad-102415-usnews-getty-ftr_t4w778yymatz1fr9vacd7cbm2

Russell Athletic Bowl – Camping World Stadium, Orlando, FL – West Virginia Vs. Miami, FL – 28/12

Como já destaquei aqui há algum tempo, West Virginia me impressionou. A terceira melhor campanha da Big 12 e estar entre as 25 melhores universidades do país este ano, brindam o trabalho e a montagem deste time competitivo e vencedor. Dana Holgorsen é um head coach que em pouco tempo, pode deixar a Virgínia Ocidental para brilhar na NFL, em uma função de coordenador. Já Miami tem a chance de se despedir de seu QB Brad Kaaya em grande estilo. Embora a irregularidade este ano, muitas vezes dominou Kaaya, é um jogador de muito talento. E com tempo e um treinador paciente, as coisas possam ser muito boas para este jovem.

Valero Alamo Bowl – Alamodome, San Antonio, TX – Oklahoma State Vs. Colorado – 29/12

Outro bom jogo. O QB Mason Rudolph de Oklahoma State tem a dura missão de enfrentar o pass rusher de Colorado Jimmie Gilbert, que está encerrando sua carreira universitária. Com 10.5 sacks e 6 fumbles Forçados, Gilbert lidera o forte setor defensivo de Colorado que faz uma excelente temporada em anos. Já Rudolph tem a chance de mostrar que Oklahoma State, que pode liderar um ataque contra uma defesa tão consolidada como esta.

101515-cfb-christian-mccaffrey-ln-pi-vresize-1200-675-high_-61-1

Hyundai Sun Bowl – Sun Bowl, El Paso, TX – Stanford Vs. North Carolina – 30/12

Duas equipes que iniciaram a temporada com as expectativas lá em cima. Enquanto Stanford brigaria pelo título, North Carolina estaria como um dos únicos times a tirar a hegemonia de Clemson e Florida State na ACC. Mas estes dois cenários não aconteceram. E este jogo, é uma partida de frustrados, porém boas equipes. Outra a se destacar desta partida, talvez seja despedida universitária do lendário e fantástico RB de Stanford, o nobre Christian McCaffrey. Ele fez de tudo, enquanto esteve na Califórnia. Outra fera que também se despede, é Mitch Trubisky. Mesmo sem muitas oportunidades em North Carolina, quando entrou se mostrou um jogador diferenciado e foi o QB que mostrou uma evolução arrasadora, esta temporada. Muitos o cogitam inclusive como primeira escolha geral, na frente de Deshaun Watson de Clemson.

Franklin Amer. Mort. Music City Bowl – Nissan Stadium, Nashville, TN – Nebraska Vs. Tennessee – 30/12

Duas equipes que durante a temporada apresentaram ataques inconsistentes, que esperamos muitos mais. E ambos os times se complicaram, em partidas nas quais esperávamos mais deles. Mas estas duas equipes possuem jogadores muito bons e que podem oferecer um espetáculo interessante durante a partida. Gostaria, contudo, de trazer aqui uma menção especial a Derek Barnett, que é outro excelente jogador que deixa a carreira universitária rumo a NFL. Este defensive end teve 31 sacks durante seus três anos em Tennessee, e mostrou-se um dos defensores mais talentosos e completos. Com certeza será um TOP 5 do próximo draft.

usatsi_8868768_168381531_lowres

Capital One Orange Bowl – Hard Rock Stadium, Miami Gardens, FL – Michigan Vs. Florida State – 30/12

Com certeza esta é a melhor partida entre estes “amistosos de luxo” e tem uma cara de final de campeonato. Tem tantos fatores para destacar que ficaria aqui horas. Pelo lado de Michigan, temos uma defesa sensacional, que não canso de elogiar. Setor este liderado por um dos jogadores mais extraordinários e versáteis deste campeonato, Jabrill Peppers. É mais uma chance que nós, fãs de futebol americano, temos de acompanhar as peripécias de Jim Harbaugh e suas feras. Já por Flórida State, é mais uma possibilidade de assistir Dalvin Cook carregando a bola, e destruindo as linhas defensivas adversárias. Também é um jogo interessantíssimo para observamos o quanto o QB Deondre François é dono de sua posição. Quando o ano começou, havia uma grande lacuna na vaga de quarterback, que aos poucos este freshman vai tomando conta desta vaguinha.

Buffalo Wild Wings Citrus Bowl – Camping World Stadium, Orlando, FL – LSU Vs. Louisville – 31/12

Destaquei este jogo por causa destes dois nomes, Lamar Jackson por Louisville e Leonard Fournette pelos Tigers da Lousiana. Jackson vive a expectativa pelo Heisman Trophy e este jogo vem para brindar este quarterback sensacional, que tem muito a evoluir, mas se bem trabalhado e mais forte, pode ser o jogador do futuro da NFL. Já Fournette, não vive o ano dos seus sonhos, em sua última temporada por LSU, viveu um ano de lesões e a turbulência que custou o emprego de Les Miles. Mas nas sete partidas que esteve em campo, mostrou que é um running back de grande futuro. Gostaria muito que neste jogo ele corresse para 200 jardas e 3 TDs, e sua ida a NFL fosse marcada por esta atuação de gala. Nos resta torcer. Mas esta partida tem tudo para ser um jogão.