O último rodeio de Peyton Manning
Faltam 94 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: a despedida épica de um dos maiores da história! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

“Este pode ser meu último rodeio. Então, com certeza foi um prazer.” Foi o que Peyton Manning disse ao técnico rival Bill Belichick após a final da AFC na temporada 2015/2016.

O Denver Broncos de Manning venceu o New England Patriots de Belichick e Tom Brady pelo placar de 20 a 18, mas essa declaração flagrada pelas câmeras na hora dos cumprimentos finais acabou sendo o momento mais marcante da partida. Afinal, já haviam rumores sobre a aposentadoria do quarterback e esse foi mais um forte indicio.

Peyton Manning após a final da AFC – Charlie Riedel/AP

Infelizmente para qualquer fã de futebol americano, os rumores se confirmaram, de fato. Peyton Manning venceu o Super Bowl 50 pelo Denver Broncos contra o Carolina Panthers por 24 a 10, encerrando com chave de outro uma carreira lendária na NFL, e depois, no dia 7 de março de 2016, anunciou oficialmente sua aposentadoria aos 39 anos e 18 temporadas disputadas.

“18 temporadas é um bom número. E hoje eu me aposento do futebol americano (…) O timing foi perfeito, talvez eu arremesse bem, mas perdi um pouco da minha habilidade atlética.”

Nessas 18 temporadas Manning jogou no Indianapolis Colts e nos Broncos e conquistou um Super Bowl com cada um dos times. Entre número incríveis alcançados, Peyton Manning Foi eleito MVP da temporada por 5 vezes, fez 15 aparições nos playoffs da liga, chegando ao Super Bowl 4 vezes, e lançou para 71.940 jardas e 539 touchdowns na carreira. Ele lançou para mais de 4000 jardas na temporada por 14 vezes. Manning ainda é o dono do recorde de maior número de jardas passadas e touchdowns em uma única temporada, 5.477 e 55 respectivamente, na temporada de 2013.

Enfim, está claro o porque da aposentadoria de Peyton Manning ter sido tão marcante, o cara é uma lenda vida do futebol americano e um dos melhores quarterbacks da história, aliás, para muitos ele é o melhor de todos os tempos mesmo, mas não vamos entrar nessa famigerada discussão agora.

Saudades, Peyton Manning!

DEIXE UMA RESPOSTA