Milagre de Minnesota
Faltam 88 dias para a 100ª temporada da NFL e hoje relembramos mais uma grande história da liga: o milagre que incendiou uma cidade! Acesse fumblenanet.com.br/nfl100 para conferir outras histórias épicas!

Divisional round da temporada 2017, US Bank Stadium, o Minnesota Vikings recebendo o New Orleans Saints. 3ª pra 10 na linha de 39 de defesa de Minnesota, com 10s no relógio, o Vikings perdia 24-23. O Vikings só precisava levar a bola pra uma posição confortável de field goal para Kai Forbath (mesmo com o histórico recente de Minnesota com field goals – o time havia sido eliminado no ano anterior por um field goal errado). Era necessário um passe longo e que o recebedor saísse pela linha lateral para parar o relógio. Mal sabiam os espectadores que veriam o Milagre de Minnesota.

A rota combinada envolvia Kyle Rudolph numa rota curta pra fora, Jarius Wright numa rota um pouco profunda e Stefon Diggs correndo em direção à endzone numa rota em diagonal pro fundo do campo. Os três alinhariam do lado direito da formação, enquanto Adam Thielen alinharia do lado esquerdo, também com rota na direção da sideline. O playbook do Vikings batiza essa jogada como “Buffalo Right-Seven Heaven”, pois se a bola chegar a quem corre a rota 7 (Diggs, no caso), boas coisas devem acontecer.

As rotas da jogada: Adam Thielen é o X, Kyle Rudolph é o Y, Stefon Diggs é o Z e Jarius Wright é o F. Via Wikipedia

Wright disse depois do jogo que nos treinamentos, normalmente o homem da rota longa não recebe a bola. “Nunca foi naquela direção, pelo que eu me lembro”. Dessa vez foi. Case Keenum foi pra bola longa e Diggs correspondeu.

O passe de Case Keenum foi um pouco alto, então Diggs precisou saltar pra fazer a recepção. Tentando tacklear o recebedor, Marcus Williams, free safety do Saints, errou a mira e acabou colidindo com o cornerback Ken Crawley, tirando a chance deste de parar a jogada. O objetivo da jogada era, lembrem, receber a bola e sair pela lateral. Mas após se equilibrar e perceber que não havia mais defensores do Saints entre ele e a endzone, Diggs se virou e disparou para o touchdown enquanto o cronômetro zerava.

DEIXE UMA RESPOSTA