John Brown, o melhor Brown da AFC North

Você que é ouvinte da Casa Do Corvo, o melhor único podcast em língua portuguesa dedicado ao Baltimore Ravens no Brasil, com certeza já ouviu essa afirmação de nosso querido Giba Perez a respeito de John Brown:

“Nós temos o melhor Brown da AFC”

Não entrarei no mérito da NFL inteira para me poupar o trabalho de pesquisa, mas a argumentação é interessante quando lembramos que dentro da nossa divisão existe um Brown que, mesmo com notáveis talentos como A.J. Green e Juju Smith-Schuster, companheiro de time aliás, sempre reinou quase que absoluto: Antonio.

Contudo, estamos atualmente prestes a abrir a quarta semana da NFL e, por mais que os números dele ainda estejam bons, parece que falta alguma coisa para afirmarmos de vez que Antonio Brown está de volta à NFL.

Atenção: não estamos afirmando que o WR dos Steelers está jogando mal. A afirmação é: ainda não é o nível que nos acostumamos a ver.

Se por um lado o membro dos Killer B’s aparentemente ainda não demonstrou todo seu potencial na Pensilvânia, em Maryland um de nossos Free Agents está pedindo passagem!

John Brown, que em seu segundo de calouro pelo Arizona Cardinals bateu a marca das 1000 jardas totais, neste momento lidera o grupo de recebedores do Baltimore Ravens em jardas totais, com 222. Se ele mantiver essa média até o fim da temporada regular, este pode ser o melhor ano da carreira de John Brown, com 1184 jardas totais.

Esses números ficam mais interessantes quando olhamos a distribuição de bola de Joe Flacco. Atualmente, John Brown é o terceiro em número de recepções por jogo, ao lado de Snead: média de quatro. À frente deles temos Javorius Allen, com 4,3 recepções por jogo, e Michael Crabtree, com cinco.

Já o rival de divisão ostenta números um pouco mais modestos nessas três primeiras semanas. Sendo basicamente o segundo carregador do time, ficando atrás de Juju Smith-Schuster, AB neste momento tem um total de 24 recepções para 214 jardas.

O que isso significa? Bom, até o momento, não muita coisa. Estamos ainda nos encaminhando para a quarta semana na NFL. É interessante esperarmos para ver como as coisas irão progredir da semana cinco em diante, sem falar que logo em breve teremos o Sunday Night em campo, o que talvez seja o maior teste dos Ravens até aqui: prime time fora de casa em um jogo equilibrado contra o maior rival de divisão.

Contudo, não dá para negar que, com esses números, a temporada do Baltimore Ravens parece bastante promissora. Depois de amargar gente como Mike Wallace e Breshad Perriman no time, pode-se dizer que o torcedor dos Ravens está com o coração aquecido vendo as armas ofensivas que o time dispõe em campo. O Sunday Night pode ser a prova dos nove do que esse time pode ser capaz de fazer nessa temporada!

Game On!

DEIXE UMA RESPOSTA