Depois de fazer um Draft 2016 quase que completamente voltado para defesa, o Jacksonville Jaguars volta a reforçar ativamente o setor com três dos nomes mais badalados entre os agentes livres: o edge rusher Calais Campbell, o cornerback A. J. Bouye e o safety Barry Church.

Jaguars contrata Calais Campbell

Depois de já ter contratado o melhor free agent de linha defensiva em 2016 (Malik Jackson), o Jaguars resolveu investir novamente no mesmo setor com o mesmo nível de qualidade ao trazer o defensive end ex-Cardinals, Calais Campbell. Com 2,03m de altura e 127 kg, Campbell deu ao Cardinals 53 tackles e 8 sacks na temporada 2016 e se junta a Malik Jackson e à escolha de primeira rodada do Draft 2015, Dante Fowler Jr para formar uma linha defensiva que, no papel, se mostra de alto calibre. O contrato dado a Campbell será de 4 anos, US$ 60 milhões, dos quais metade é garantido.

Jaguars contrata A. J. Bouye

Depois de uma temporada de destaque no Houston Texans, o cornerback A. J. Bouye, de 25 anos, se transferiu para um rival de divisão ao assinar com Jacksonville um contrato de 5 anos no valor de US$ 67,5 milhões, sendo US$ 26 milhões garantidos. Entretanto, devido ao valor de dead money cair de 21 milhões no segundo ano para apenas 6 no terceiro, é provável que o Jaguars tenha estruturado o contrato para que fosse possível cortar o jogador antes do ano 3, caso o seu desempenho esteja abaixo do esperado. Em 2016, Bouye atingiu a sua melhor temporada na carreira ao registrar 63 tackles e 16 passes defendidos. No ranking do site Pro Football Focus, ficou na 6ª colocação ao ceder apenas dois touchdowns durante o ano.

Jaguars contrata Barry Church

Para acrescentar ainda mais valor à secundária que já tinha os dois recém chegados Jalen Ramsey (cornerback, escolha de 1º round do Draft 2016) e Tashaun Gipson (safety, contratado na última free agency), o Jaguars foi atrás do safety de 29 anos Barry Church, ex-Dallas Cowboys. O contrato será de 4 anos, US$26 milhões (12 milhões garantidos).